Porto: Gritou para alertar traficantes e acabou presa com 60 pedras de crack escondidas na genitália


genid-1200x545_c

Policiais do 8ª Batalhão de Porto Seguro (BPM), durante rondas no Bairro Campinho, que fica próximo ao centro da cidade, abordaram Bárbara  Moreira de Jesus, que estava em atitude suspeita na Rua Santa Catarina. A acusada, segundo os militares, estava numa esquina e assim que avistou a aproximação da viatura, começou a gritar e gesticular, ação que teria o objetivo de alertar traficantes de drogas.

Diante da ação a mulher recebeu voz de prisão e logo em seguida foi encaminhada à Delegacia Territorial de Porto Seguro (DT), onde uma agente realizou uma busca pessoal na acusada, que foi flagrada em posse de uma sacola plástica, contendo 60 pedras de crack, entorpecente que estava escondido em suas partes íntimas.

Logo após a descoberta, Bárbara recebeu voz de prisão e acabou sendo encaminhada à carceragem da unidade policial, onde permanece custodiada à disposição da Justiça.