PM mata esposa e atira em sogro ao desconfiar de traição com outra mulher


1

Um policial militar da reserva foi preso em flagrante após matar a esposa e tentar matar o sogro na cidade de Inhambupe, no Nordeste da Bahia. Segundo informações da Polícia Civil, o crime ocorreu por volta das 12h de quarta-feira (21), na Praça Jota Maia.
O sargento aposentado Manoel de Jesus Fagundes (58 anos), atirou na cabeça da esposa, Maria Vilma da Conceição Oliveira (43), que morreu na hora.
O pai de Maria Vilma, Francisco Arestides Oliveira, também foi baleado, mas não morreu. O estado de saúde dele não foi divulgado.
De acordo com a polícia, o crime teria sido motivado por ciúmes.
   Manoel teria visto no celular de Maria Vilma mensagens para outra mulher que teriam levado o sargento a acreditar que estava sendo traído.
Ainda segundo a Polícia Civil, quando os policiais chegaram para atender a ocorrência encontraram Manoel de Jesus com a arma apontada contra a própria cabeça e as vítimas caídas no chão. Uma policial militar conseguiu convencê-lo a se entregar.

20160222_56cb037c242c4-e1482525854514

Minutos depois, o sargento aposentado começou a passar mal.
   Ele informou que havia ingerido o veneno de rato conhecido como “chumbinho“.
Após ser lavrado o flagrante, Manoel foi encaminhado para o Hospital Dantas Bião, onde permanece internado. O estado de saúde dele não foi divulgado.
Em nota, a Polícia Militar informou que instaurará um Processo Administrativo Disciplinar para apurar a conduta do sargento da reserva na esfera administrativa. Já na esfera penal, o crime será investigado pela Polícia Civil.