Saúde: Coca-Cola brasileira é a mais cancerígena do mundo, aponta estudo


coca-cola-brasil_02-1024x500

Segundo uma pesquisa realizada pelo IDEC (Instituto de Defesa do Consumidor) foi apresentado que a Coca-Cola brasileira apresenta vários índices de produtos cancerígenos.

A substância em destaque é 4-metil-imidazol, também conhecida como 4-MI. Presente no corante de caramelo IV, seu uso foi proibido até nos Estados Unidos. O limite máximo do uso do corante nos Estados Unidos é 10 vezes menor do que os utilizados no Brasil, tal medida obriga a empresa a adicionar no máximo 39 ml da substância que contém o 4-MI na bebida.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, ativistas na Inglaterra tentam fazer com que a medida também seja implantada no país. O Idec Brasil fez um levantamento que 267 cmg de MI-4 está presentem em 350 ml do produto. No Quênia, país que ficou em segundo lugar, a bebida apontou 177 cmg em 355 ml.

O Centro de Pesquisa CSPI (Center for Science in the Public Interest) em Washington realizou um teste das quantidades de latas vendidas no Canadá e em outros 4 países. Entre eles se encontram México, Grã-Bretanha e Brasil, mas ainda não se manifestou sobre o resultado.

Em nota, a empresa disse que a quantidade de MI-4 no Brasil é “altamente segura”, e segundo a nota do Idec está correspondendo aos padrões pré-estabelecidos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A empresa ainda afirma que não pretende mudar sua composição e que qualquer alteração no caramelo IV mudaria a cor e o sabor da bebida. Complementa que, com o passar dos anos, alguns processos de fabricação foram alterados, porém sem alterar a “fórmula secreta”.

Há hipóteses de que a Coca-Cola Brasil ande em busca de informações para convencer os consumidores de que os produtos produzidos pela marca são absolutamente seguros e que os mesmos estão dentro das normas da Anvisa. Em nota final: “A qualidade e a segurança de nossos produtos permanecerão sendo as mais altas possíveis”, afirma a empresa.

MP promove devassa em nomeações de parentes na Prefeitura de Itamaraju


promotord1-1200x545_c

O ministério Público Estadual (MPE), por intermédio da 1ª Promotoria de Justiça de Itamaraju, representado pelo promotor Tarcísio Robslei França, instaurou no último dia 27 de janeiro, um procedimento preparatório de inquérito civil, visando apurar casos de possível prática de nepotismo e que contrariam a Súmula Vinculante 13, atribuídos ao prefeito do município, Marcelo Angência (PSDB).

Primeiro o representante do Ministério Público (MP), pede explicação ao chefe do executivo itamarajuense, para que o mesmo forneça todas as informações acerca das nomeações da sua esposa, Fabiana Angênica, para o cargo de secretária municipal de Assistência Social e da esposa do vice-prefeito Téa Pires, Juciara Pereira, para a titularidade da secretaria de Educação, Esporte e Cultura.

Logo em seguida o promotor Tarcísio Robslei França, ainda cita o Decreto 67/2017, que nomeou o advogado Bruno Leonardo de Macedo, para o cargo de assistente judiciário. Bruno é sobrinho do secretário municipal de Finanças, Luiz Fábio Lopes Santos. “A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha direta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica, investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para exercício do cargo em comissão ou de confiança, ou, ainda, de função de gratificação da administração pública direta ou indireta, em qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios, compreendido em ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal”, escreveu.

Entre as justificativas para instaurar o procedimento preparatório de inquérito civil, o promotor cita a necessidade de apuração de possível prática de nepotismo no âmbito do município de Itamaraju e pede uma série de diligências, entre elas, que a Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores, forneçam cópias de vários decretos, inclusive os que nomearam as esposas do prefeito e do vice-prefeito, Marcelo Angêrnica e Téa Pires, respectivamente e estabeleceu prazo de dez dias para o chefe do executivo municipal informe os nomes completos de todos o seu secretariado, bem como, cópia do ato de nomeação/contratação dos parentes, bem como certidão de casamento ou união estável ou outro documento que demonstre o parentesco com o prefeito, vice-prefeito, secretários municipais, os dirigentes dos entes da Administração Pública Indireta, os membros da Casa Legislativa Municipal (vereadores) ou os servidores ocupantes de cargos em comissão ou confiança.

O posicionamento do promotor Tarcísio Robslei França, foi o mais comentado nesses últimos dias em Itamaraju e o fato repercutiu tanto, que o secretário municipal de Governo, Dalvadísio Lima, se adiantou e pediu a demissão de sua esposa, Sophia Lima, do cargo de chefe do Setor de Higienização do Hospital Municipal (HMI). Em seu perfil no Facebook, Lima, considerada uma das lideranças mais importantes para a vitória de Marcelo Angênica, comentou a saída da esposa. “Parabéns Sophia pelo profissionalismo e dedicação que exerceu à frente do serviço de higienização do Hospital Municipal. Nestes poucos dias que lá permaneceu conquistou a confiança e respeito tanto dos seus subordinados, como daqueles aos quais era subordinada. Estamos muito orgulhosos de você”.

Comenta-se que na lista de possíveis demissões, constam os nomes de outros nomeados por Angênica, como Luciana Bonisenha Favaratto, esposa de Ivan Favarato Filho, secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Jucenilza Favalessa, irmã de criação do secretário de Administração Leo Oss, que trabalha no gabinete do prefeito e o advogado Bruno Leonardo de Macedo,  sobrinho do secretário de finanças Luiz Fábio Lopes.

Leo Oss foi acusado recentemente de abrir uma empresa em nomes de “laranjas”, tendo como sócios um sobrinho e um empregado seu, para prestar serviço à Prefeitura. Alheio às questões legais, o prefeito Marcelo Angênica contratou a tal empresa (Vimolas) pelo valor de R$ 79.200,00 por um período de dois meses, usando o subterfúgio de um “Estado de Emergência” decretado por ele sem justificativa lógica.

No dia seguinte à denúncia, Angênica concedeu uma entrevista a um emissora de rádio da cidade e mentiu ao falar que não havia contratado a empresa do seu secretário, mesmo com a publicação tendo sido feita oficialmente. Ele tentou atribuir a contratação ao ex-prefeito Pedro da Campineira (PSD), que terminou o mandato em 31 de dezembro de 2016. A Vimolas foi aberta em 9 de janeiro de 2017. (Por Ronildo Brito)

Mucuri: Homem é flagrado mantendo relações sexuais com uma jega e é suspeito de assassinar jovem que fez a filmagem


jegad-1200x545_c

Um flagrante de zoofilia, sexo com animais, foi a causa do assassinato do jovem José Carlos Souza Costa, 18 anos, crime ocorrido durante a madrugada do dia 10 de janeiro na comunidade de Nova Brasília, interior de Mucuri. Essa é a conclusão do inquérito policial presidido pelo delegado Samuel Martins, titular da Delegacia de Polícia Civil de Mucuri.

O delegado narra que após diversas diligências e depoimentos  colhidos com a comunidade durante o inquérito que apura o homicídio do jovem José Carlos Souza Costa, 18 anos, foi informado que circulava um vídeo feito pela vítima que flagrava um elemento conhecido por Zélio mantendo relações sexuais com uma jega, em plena praça pública. Toda a filmagem foi realizada com José Carlos escondido atrás de alguns arbustos e o suspeito nada percebeu.

Posteriormente a filmagem começou a circular entre as pessoas da comunidade de Nova Brasília, em Mucuri, através de celulares e o Zélio foi até José Carlos, autor da filmagem, para tomar satisfações. Além de tomar satisfações, o suspeito do crime também teria agredido fisicamente a vítima e jurou que iria terminar o “serviço”.

Diante das ameaças sofridas, José Carlos deixou de sair do seu quarto até mesmo para realizar suas necessidades fisiológicas.

Dias depois o jovem José Carlos Souza Costa, 18 anos, foi encontrado morto e, apesar de negar, todas as evidências apontam para o zoófilo  Zélio como o autor do crime, até porque, aponta o inquérito, José Carlos nunca registrou nenhuma passagem pela polícia, bem como não tinha nenhum tipo de vício ou envolvimento com ilícitos. Há a suspeita da participação de um segundo envolvido que, provavelmente, convenceu o jovem ameaçado a deixar o quarto de casa.

O delegado informou que o inquérito policial já está em fase de conclusão para ser remetido à justiça. (Informações: Fala Meu Nobre – Samuca Macedo e Beto Ramos)

Jovem pradense perde a vida em acidente de moto na BA 001 que liga Alcobaça a Prado


9562d1c5709adb22e78c2580d012fb289bd8afb7

Um acidente envolvendo uma motocicleta CG, placa NTG e um veículo Fiat Uno de placa OUC 2404, ambos licenciados na cidade do Prado, por volta de 16h30 deste domingo (12) na BA 001 que liga a cidade do Prado a Alcobaça, tirou a vida do jovem Romeu Pires, morador do Prado.

84740f3338095b160998cd8bf86e73d02f66f2ed

Segundo informações, a motocicleta guiada por Romeu colidiu na lateral do veiculo. Com várias fraturas pelo corpo, o motociclista morreu no local antes da chegada do socorro.

acfafd9d2514e073a900e56dafd693eb16b8da3b

Romeu trabalhava de açougueiro em um supermercado na cidade e era tido como um jovem alegre e extrovertido, sempre tratando os clientes com educação e bom humor. O motorista do Uno ainda não foi identificado.

Polícia Civil e PM garantem recorde de 30 dias sem mortes por arma de fogo em Teixeira


ria1

Teixeira de Freitas: Nesta sexta-feira, 10 de fevereiro, a cidade de Teixeira de Freitas atinge um número histórico: 30 dias sem nenhuma morte provocada por disparos de arma de fogo, e sem homicídios com ligações com o tráfico de drogas. O último homicídio provocado por disparos de arma de fogo ocorreu no dia 11 de Janeiro, onde o jovem Douglas Silva Galvão, de 18 anos de idade, foi executado a tiros dentro de sua casa, no Bairro Castelinho. Após esse crime, a nova coordenadora da 8ª COORPIN chegou à Teixeira de Freitas, e juntamente com o Major Sílvio Nunes, comandante da 87ª CIPM iniciaram e executaram diversas ações e operações, tendo apoio da CIPE/MA (CAEMA), RONDESP SUL, PRE e PRF.

Nas ações, houve uma intensificação ao combate ao tráfico de drogas, prática responsável por cerca de 90% dos homicídios que ocorreram em Teixeira de Freitas nos últimos anos. Dentre as ações, houve os A.R (Autos de Resistência), onde em confrontos com a CAEMA, PETO e RONDESP, tombaram  Ebio Batista, o “Ebão”; Alex, o “Lekinha” e Patrick e Max; nomes que segundo a Polícia eram peças importantes em grupos que comandavam o tráfico de drogas, que tiveram toda a sua logística prejudicada. A 87ª CIPM intensificou as abordagens e blitze pela cidade, e com a chegada da delegada Valéria Chaves, o Núcleo de Homicídio foi assumido pelo delegado Manoel Andreetta, que montou uma equipe super operacional, que colocou novamente a Polícia Civil nas ruas, realizando ações de repressão.

Nessas ações, a Polícia Civil efetuou prisões, elucidou homicídios, e em um dos casos evitou um homicídio que seria realizado e ainda conseguiu recuperar uma moto roubada. O Núcleo de Homicídio nas ruas conseguiu prender Ivanildo, o “Negão”, que segundo as investigações é responsável por mais de 14 homicídios ocorridos em Teixeira. Outros homicidas presos pela equipe do Núcleo de Homicídio da 8ª COORPIN foram “Paulinho” e Taniel, que segundo a Polícia são autores de diversos homicídios consumados e tentados.

ria2

Paralelamente o PETO, CAEMA, RONDESP, 1°, 2°, 3° e 4° Pelotões continuaram suas rondas e ações de rotina por toda Teixeira de Freitas e seus distritos, tendo em muitas abordagens logrado êxitos, e prendido indivíduos com armas e drogas, além de retirar foragidos da Justiça de circulação. A Polícia Rodoviária Estadual e a Polícia Rodoviária Federal realizaram, além de ações na BA 290 e BR 101, fizeram campanhas educativas e repressivas. Nestes 30 dias, houve dois homicídios, sendo um causado por objeto contundente (pedaço de pau), no dia 31, e um crime passional, onde Erly em posse de uma faca, ceifou a vida da ex-companheira Leidiane, mas, ambos os crimes foram elucidados, com os autores prendidos.

Nossa equipe esteve em diversos bairros de Teixeira na noite da última quinta-feira, e acompanhamos a Polícia Militar nas suas rondas de rotina, e a equipe do Núcleo de Homicídio em ação, abordando diversos veículos e pedestres, além de buscas em bares e pontos de risco. “Esperamos que a paz continue reinando em nossa cidade, e que se estenda por toda a região, onde existem combates incessantes a todas as práticas criminosas”, disse um internauta.

A polícia garante que haverá mais atuações da 88ª CIPM, sob o comando do Major Dantas e da 89ª CIPM, comandada pelo Major Anilton, além das ações da Polícia Civil, CAEMA e RONDESP. Em cidades com índices elevados de crimes, já houve ações, a exemplo de Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa, que teve operação da 8ª COORPIN, liderada pelo Núcleo de Homicídio, que buscou dar uma resposta à sociedade acerca dos últimos homicídios. Em conversa com a coordenadora da 8ª COORPIN, Valéria Chaves, a mesma garantiu que o trabalho irá continuar, e disse esta feliz em ver que as atuações das polícias, obtiveram êxito, com a diminuição dos homicídios, chegando a 30 dias históricos, sem haver mortes causadas por disparos de arma de fogo, e também sem mortes ligadas à disputa pelo tráfico de drogas. A coordenadora ainda garantiu, que todos os esforços estão e serão feitos para manter a intensificação por parte da Polícia Civil, e dividiu os méritos com a sua equipe de trabalho e com a 87ª CIPM, a CAEMA e a RONDESP.

Por: Rafael Vedra/ Liberdadenews

 

Motorista é preso em posse de “oitão” em Itamaraju


oitaodd-1200x545_c

Na tarde desta quinta-feira, dia 9 de fevereiro, policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), da 43ª Companhia Independente de Itamaraju (CIPM), abordaram na rodovia BR-101, Fabrício Pereira, de 38 anos, que conduzia um veículo Chevrolet Corsa, de cor prata.

Logo após a abordagem os militares fizeram buscas no interior do veículo, onde localizaram um revólver calibre 38, com cinco munições intactas, além de uma cerca quantia em dinheiro.

Com a descoberta o acusado recebeu voz de prisão e acabou sendo conduzido e apresentado à Delegacia da Polícia Civil de Itamaraju (DEPOL), onde terá a oportunidade de explicar os motivos de andar armado.

Como o crime de posse ilegal de arma de fogo é afiançável, será arbitrado um valor, que se for pago, dará o direito ao acusado de responder em liberdade. (Por Ronildo Brito)

ES chega ao 8º dia sem PM nas ruas e soma 137 mortes, diz sindicato


caixao

A onda de violência no Espírito Santo deixou 137 mortos até as 10h desta sábado (11), segundo o Sindicato dos Políciais Civis do Espírito Santo (Sindipol). Desde o início da crise, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp-ES) não divulga números de homicídios.

Na madrugada desta sexta, as mulheres de PMs não entraram em acordo governo do estado e seguem ocupando a frente dos batalhões no estado e impedindo a saída do policiais. Os protestos chegaram ao 8º dia.

Para reforçar a segurança das ruas, estão sendo empregados 3.130 homens, mais de 180 veículos, 3 helicópteros, 7 blindados, segungo o ministro da Defesa Raul Jungmann, em visita ao estado.

Roubos e prejuízos: A Federação do Comércio atualizou os números do prejuízo com a crise. E, até esta sexta-feira, o prejuízo com o comércio fechado desde segunda-feira (6), chega a R$ 300 milhões.

Mais de 300 lojas foram saqueadas no estado, sendo 200 só na Grande Vitória. O presidente da Federação, José Lino Sepulcri acredita que 20% das lojas abriram nesta sexta-feira na Grande Vitória.

Desde a saída dos PMs das ruas, a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Vitória contabiliza mais de 170 veículos roubados. Só na segunda-feira (6), foram abertas mais de 200 ocorrências naquela delegacia.

Nesta sexta-feira, policiais civis do Espírito Santo participam de uma megaoperação para recuperar carros que foram roubados e estão abandonados na região metropolitana.

Jovem de 14 anos mata o pai com tiro de espingarda após ser estuprada


Laudo confirmou a conjunção carnal; abusos duraram 2 anos, diz PM.
Menor recebe acompanhamento psicológico, segundo Conselho Tutelar.

adolescente1

Uma adolescente de 14 anos matou o pai de 34 anos com um tiro de espingarda alegando que por dois anos foi abusada sexualmente, segundo a Polícia Militar (PM-AC). A morte teria ocorrido na noite de terça-feira (7), mas, somente nesta nesta quarta (8), a polícia se deslocou para atender a ocorrência no Ramal da Cachoeira, na zona rural de Tarauacá, distante 400 km da capital Rio Branco.

A Polícia Civil informou que a adolescente passou por um exame de conjunção carnal, onde o laudo médico comprovou o estupro. Conforme o órgão, a menor agiu em legítima defesa e não deve ficar apreendida. O inquérito do caso deve ser encaminhado para a Justiça.

Ao chegar no local,  a PM encontrou a adolescente com a mãe. A menor confessou o crime e afirmou que era abusada desde os 12 anos. Ela relatou à polícia que estava cansada de sofrer ameaças do pai ao lado dos irmãos e da mãe.

Na noite do crime, os pais da adolescente estariam bebendo e, por volta de 23h, a mãe da menor teria ido dormir, momento em que o pai pegou uma faca, foi até o local onde a jovem estava e a obrigou a manter relações sexuais com ele. O pai teria dito ainda que se a menor não cedesse ele mataria todos da família.

A adolescente relatou à polícia que resistiu. A mãe disse que acordou para ir ao banheiro e viu o pai violentando a filha. Nesse momento, o homem teria dito que iria matar todos para que não houvessem testemunhas do abuso. Os pais iniciaram uma luta corporal, a menor pegou uma espingarda e efetuou o disparo contra o pai. O corpo do homem chegou a ser transportado por vizinhos até a zona urbana, mas ele não resistiu.

Ao G1, José Carlos Bezerra, presidente do Conselho Tutelar de Tarauacá, informou que a menina ainda estava prestando depoimento na delegacia, mas que já haviam tomado conhecimento do caso e aguardavam o encaminhamento dela para que tomassem as medida necessárias. “Ela vai precisar de acompanhamento psicológico e também vamos ver para onde deve ser encaminhada e como vamos dar assistência à ela”, explicou.

 

MST cumpre ordem judicial e desocupa a Prefeitura de Prado.


Na tarde desta sexta feira dia 10 de fevereiro a oficial de justiça entregou uma ordem judicial concedida pelo Juiz de Direito Leonardo Coelho para desocupar a Prefeitura Municipal de Prado.

16667683_1368793729867814_1224730597_o

A policia militar acompanhou de perto as negociações conduzidas pelo Major Dantas,  Advogado Dr Gideão,  e a oficial de justiça Zenaide.

16729934_1368797443200776_158651719_n

Depois de 1 hora a desapropriação ocorreu sem violência, não houve resistência por parte das famílias acampadas, que deixaram o local até o final da tarde do mesmo dia.

16699741_1368793706534483_1611356233_n

De acordo com o advogado Dr. Gideão Barreto, a ação era para cumprir uma determinação da justiça, que concedeu na última quarta-feira (08), a liminar que pedia a imediata reintegração de posse para que a prefeitura voltasse a sua normalidade.

Os integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), afirmaram que mesmo com a saída do prédio da Prefeitura, eles irão ocupar a praça de eventos, no centro de Prado.

Em visita a alcobaça governador critica MST por ocupação da Prefeitura de Prado.


9f670679-3b7a-454b-ae85-1e2fb438d6f5

O governador da Bahia Ruy Costa esteve no município de Alcobaça nesta sexta feira de 10 de fevereiro.

Na ocasião entregou 14 novas viaturas para a segurança de Teixeira de Freitas, Itamaraju, Medeiros Neto, Mucuri, Itanhém e Prado. O objetivo é a renovação da frota da corporação, garantindo, assim, melhores condições de trabalho para os policiais e mais segurança para a população. O investimento na ordem de R$ 1,27 milhão.

6955d422-4223-4781-adeb-444fea7b0edf

Depois de ser recebido com música pela Orquestra do projeto Dona Flora e pela Filarmônica Lira São Bernardo, de Alcobaça, o governador Rui Costa realizou as entregas no centro de Alcobaça. Os policiais receberam as chaves das mãos do governador, que comemorou aquele que considera um dos investimentos prioritários de sua gestão, a segurança pública. “Nosso objetivo é melhorar a eficiência, mas também economizar na manutenção desses veículos. Porque valorizamos o trabalho desses homens e mulheres que, todos os dias, colocam suas vidas à disposição da sociedade por uma Bahia mais segura”.

Para o extremo sul, foram quatro motos, sete Rangers, um Spin e dois Palio Adventure. Essas viaturas estão entre as mais de 1.600 viaturas entregues para as polícias Civil e Militar, entre 2015 e 2017, com investimentos na ordem de R$ 200 milhões. Para o major Edmar Leão, da 44ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), de Medeiros Netos, a nova viatura é um reforço importante para que a população tenha uma resposta ainda mais efetiva da PM. “Essa viatura se soma àquelas que já temos para aumentar ainda mais o nosso raio de atuação dentro da área de jurisdição da Companhia, são vários distritos e uma zona rural bastante extenso. Vamos ampliar as nossas ações e trabalhar para que a população se sinta ainda mais segura”, contou o major.

bah

No palanque o Governador Rui costa criticou a postura do MST “Movimento Sem Terra” que ocupa a Prefeitura Municipal de Prado desde o dia 06.

O MST está tendo um atitude errada, e este jeito de fazer cobrança é arcaico, uma polícia velha e antiga, e que se tivesse seu gabinete invadido não atendia nenhuma reivindicação.

O governador orientou que o MST desocupasse a Prefeitura Imediatamente.