Por apartamento de R$ 2,6 mi, Geddel brigou com banqueiro e vereadores


predio

A explosiva entrevista do ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero à Folha, onde atribuiu a sua saída do Governo às pressões que sofreu para revogar um parecer contrário a um empreendimento imobiliário em Salvador vai levantar muita poeira e jogar lama não apenas em Michel Temer, mas também no reeleito prefeito da capital baiana, ACM Neto.

O prédio em questão é este que aparece aí em cima: o La Vue , um espigão de 30 andares na Ladeira da Barra, com um apartamento por andar e estrutura completa de lazer e serviços. São unidades de 260 metros quadrados, com quatro suítes  e quatro vagas de garagem, além de uma cobertura de 450 metros quadrados.

A construção, que chegou a ser suspensa por uma liminar judicial, é contestada pelo Instituto dos Arquitetos da Bahia, que acusa a Prefeitura de Salvador de ter liberado irregularmente a obra, de 106 metros de altura, o que seria proibido, por exceder a altura permitida para não provocar o sombreamento na Praia do Porto da Barra e ferir a paisagem da Ladeira, onde existem monumentos tombados pelo Patrimônio Histórico.

Geddel – segundo o próprio ex-ministro da Cultura – indicou  o superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) na Bahia, Carlos Amorim, que já ocupara o cargo e fora demitido por Juca Ferreira ano passado, que voltou ao cargo, noticiou-se, por sua “a boa relação com o prefeito ACM Neto

No último dia 10, o procurador Pablo Coutinho Barreto pediu ao juiz da 4ª Vara Federal da Bahia a suspensão definitiva da obra, com o depósito judicial de tudo o que a construtora Cosbat Engenharia e sua parceira Viva Ambiental e Serviços (que atua em  coleta de lixo em várias cidades nordestinas) já recebeu pelas vendas. O empreendimento era contestado há muito tempo e já havia sido objeto de confronto de Geddel, pelo Twitter, com vereadores da capital, a quem acusou de trabalharem contra a construção influenciados pelo  banqueiro Marcos Mariani, filho de Clemente Mariani, cuja casa fica nas proximidades.

Geddel, que já estava às voltas com a Lava Jato, dificilmente terá condições de continuar no Governo, agora como “ministro do espigão”. A acusação de calero é muito direta e específica e configura advocacia administrativa (art.321 do Código Penal) “na veia”.

Folha de são paulo

#IMPRESSIONANTE: Homem é completamente dissolvido por águas ácidas em parque.


1200px-grand_prismatic_spring

Um relatório oficial recém-divulgado pela emissora de TV norte-americana KULR, da CNN, confirma que um homem de 23 anos que desapareceu no parque de Yellowstone, no norte dos Estados Unidos, na verdade se dissolveu completamente após cair nas águas termais ácidas de uma área de acesso restrito em 7 de junho deste ano. A reserva natural é famosa pelos gêiseres e a atividade vulcânica — ou seja, contém enxofre, que forma os ácidos sulfídrico e sulfúrico.

Colin Nathaniel Scott, do Oregon, visitava o parque com a irmã, que filmou a cena. Segundo ela, quando caiu o rapaz não tinha intenções de entrar, e pôs as mãos na água apenas para verificar a temperatura. De acordo com o livro Death in Yellowstone: Accidents and Foolhardiness in the First National Park, do historiador Lee Whittlesey, desde 1870 pelo menos 22 pessoas morreram nos corpos d’água do parque, que alcançam até 121º C.

Segundo o jornal O Globo, quando a equipe de resgate chegou à piscina natural, o corpoainda era visível, mas as operações de recuperação precisaram ser interrompidas por causa de uma tempestade elétrica. No dia seguinte, quando voltaram para completar a tarefa com segurança, restavam apenas os chinelos da vítima.

“O local fica cercado para evitar acidentes e proteger os recursos naturais, que são muito frágeis”, disse o subdiretor dos guardas florestais de Yellowstone, Lorant Veress, ao canal KULR.

O parque fica sobre um supervulcão que não deverá, segundo a maior parte das previsões científicas, entrar em erupção pelos próximos dois ou três milênios. Segundo o Outside Online, sua área, que abrange três estados americanos, abriga metade de todos os gêiseres do mundo e pelo menos 10 mil fontes hidrotermais. Na maior parte delas, a composição química não permite sequer por um dedo na água.

+ Leia também: Cientistas descobrem vida no lugar mais seco do planeta

+ Leia também: Cientistas decodificam arma biológica usada pela URSS em 1979

*Com supervisão de Nathan Fernandes.

Fortes chuvas causa transtornos em Teixeira de Freitas.


chuva_em_teixiera_de_freitas-696x326

Uma imagem que se repete todos os anos: a cidade de Teixeira de Freitas tomada pelas águas das chuvas. construída numa imensa área de planície e com pouca permeabilidade e sem drenagem, as águas das chuvas causam estragados incalculáveis. A Defesa Civil do município providenciou o Ginásio de Esporte para abrigar as pessoas que se sentirem em situação de risco.

chuva_em_teixiera_de_freitas4-896x420

Pouca gente conseguiu dormir na noite desta sexta-feira (18) na cidade, tudo porque a força da água e os estragos assustaram e revoltaram muitos dos moradores. Ruas alagadas, móveis e muitos carros destruídos, além de ruas se abrindo.

Vários pontos de alagamento, além do tradicional piscinão que se forma na região central da cidade, onde fica localizado o Shopping Teixeira Mall Center. Desta vez, até os pacientes do Hospital Municipal teve o transtorno da água invadindo o leito da UTI.

chuva_em_teixiera_de_freitas0-896x420

Diógenes Cunha

 

CAEMA prende irmãos que vendiam drogas na BA 001 em Prado com “crack” e eletrônicos


0pu1

Prado: Na noite da última quinta-feira, 17 de novembro, policiais da CIPE/MA (CAEMA) receberam uma denúncia anônima que pessoas estariam comercializando drogas na BA 001, em Prado/BA. Uma guarnição da CAEMA, com auxílio de um cão farejador, se deslocou até o local denunciado, onde montaram cerco e iniciaram buscas. Os militares lograram êxito e encontraram no quintal do imóvel denunciado, 74 pedras de “crack”.

0pu2

Então, os responsáveis pelo local receberam voz de prisão e foram identificados como sendo, Aldeir Ricardo de Jesus, 24 anos de idade, natural do Prado/BA e Valdicleia Ricardo de Jesus, 22 anos de idade, natural do Prado/BA e, ambos residem na Rua dos Imigrantes, no Bairro Kaikan Sul, em Teixeira de Freitas. Além das 74 pedras de “crack”, foram encontradas 02 buchas de “maconha”, 01 touca preta, 07 aparelhos celulares, 01 DVD, 04 receptadores de antena parabólica, a quantia de R$ 169,00 (cento e sessenta e nove reais), 01 garrucha de fabricação caseira, 01 recipiente com chumbo, e outros com pólvora e espoletas.

0pu3

Os irmãos receberam voz de prisão e foram conduzidos à sede da 8ª COORPIN, onde o caso foi registrado e apresentado ao delegado titular da unidade Manoel Andreetta. O delegado ouviu os militares e encaminhou o procedimento para o delegado titular do Prado, Júlio César Telles, que ouviu os suspeitos e, com base nos depoimentos colhidos e nas provas apresentadas, flagranteou Aldeir e Valdicleia por  crime de tráfico de drogas (artigo 33) e associação ao tráfico (artigo 35). Nossa equipe tentou ouvir os irmãos, mas, ambos não quiseram falar, alegando estarem abalados.

Por: Rafael Vedra/Liberdadenews

Com exemplo de honestidade mototaxista devolve Celular Perdido em Prado.


joeli_oliveira_mototaxista_de_prado

Se você encontrasse um celular novinho, perdido em uma calçada, tentaria encontrar o dono ou trocaria o chip e ficaria com o aparelho? Um mototaxista da cidade do Prado respondeu essa pergunta com honestidade.

Joeli Oliveira procurou a dona de um celular para devolver, depois de ter perdido o aparelho que tinha ganhado de presente, há cerca de três meses. Aline Alcântara publicou em sua página na rede social a felicidade com o gesto do mototaxista. “Minha filha perdeu o celular, que ganhou de presente de aniversario ha apenas 3 meses e ficou desesperada. Para a nossa surpresa o mototaxista Joeli Oliveira achou e foi até o meu local de trabalho [PSF1, no centro da cidade] devolver o aparelho. Meu muito obrigada e que Deus lhe abençoe, parabéns pela atitude. Esse homem deu uma mostra de que nem tudo está perdido nesse mundo”, disse.

O mototaxista é um exemplo de honestidade. Ao invés de se apropriar do bem alheio, preferiu ser honesto. Como a história seria outra se exemplos como ele se espalhasse pelo país, certamente, não teríamos estampado nas capas dos jornais imagens de pessoas como de deputados, senadores, ex-governadores e outros tantos envolvidos em tanta maracutaia. Parabéns Joeli Oliveira. Um exemplo de Prado para os caras de pau, espalhados por esse país.

Empreendimento: Parque Bella Vista promete ser conceito em moradia


15078607_1151288034962116_8500190881726725090_n

É esse o conceito que norteará a concepção do projeto que está sendo desenvolvido pelo Parque Bella Vista para a nova área de expansão urbana localizado na região do povoado de Canta Galo, no município de Alcobaça.

15037263_1151288014962118_7825093769910198220_n

O empreendimento irá contar com clube privativo (campo de futebol, quadra de vôlei, playground infantil, Lago artificial, trilha ecológica, dentre outras opções de lazer e entretenimento).

15036431_1151288151628771_672519440890378475_n

As chácaras têm 1.000 metros quadras e podem ser adquiridos com entradas a partir de R$ 6.000,00 e mais 50 parcelas fixas de R$ 600,00. Os empresários Brenio Pires e Agnaldo da Saúde, convidam a todos para a visitarem o Parque Bella Vista, no povoado do Canta Galo, no município de Alcobaça.

“171” se passa por “Loira Perfeita” da internet e “arranca” R$ 17 mil de namorado virtual apaixonado em Teixeira de Freitas


maelyd-1200x545_c

Nesta última quarta-feira, dia 16 de novembro, a Polícia Civil de Teixeira de Freitas, após denúncia da própria vítima, desencadeou uma ação coordenada pelo delegado Manoel Andreetta, titular do município, que com o apoio de agentes da 8ª Coorpin, conseguiu prender uma mulher acusada de estelionato. A sabichona, segundo as investigações, há mais de 11 meses, vinha se passando por uma mulher de nome Fabielle, uma loira de corpo escultural e que vivia um relacionamento virtual com um jovem teixeirense.

A autora do golpe acabou presa na Rua Massanori Nagao, no centro e foi identificada como Maely Lima Costa, de 20 anos, moradora da Rua André Medeiros, no Bairro São Lourenço. Maely era amiga da vítima e os dois se conheceram na igreja, e após alguns anos, ela voltou a se aproximar do jovem, que teria falado com a acusada sobre sua procura por uma mulher para manter um relacionamento sério. Então, a mesma usou uma foto de internet e disse à vítima que a pessoa que ali estava era sua amiga, e isso despertou no rapaz, que demonstrara interesse pela falsa loira Fabielle.

Então, Maely começou a se passar por Fabielle e, usando da carência e inocência da vítima, relatava que vivia dificuldades financeiras e precisava comprar remédios. O mesmo então passou a entregar valores para Maely, acreditando que o dinheiro era para Fabielle. Mas na verdade, o dinheiro era usado por Maely, que entre outras coisas conseguiu alongar os cabelos e pagou todas as suas contas. Vendo que a vítima estava encantada pela pessoa que na verdade não existia, ele disse ao jovem que teria comprado uma casa em Teixeira de Freitas, e precisava adquirir um portão e fazer alguns ajustes no imóvel, conseguindo “arrancar” do homem a quantia de R$ 8 mil.

Segundo o delegado Manoel Andreeta, com o dinheiro a espertalhona comprou aparelho de TV, celular, fogão, cama Box de casal, painel com suporte para TV e dois ventiladores.

A vítima do golpe disse à polícia que em alguns momentos chegou a desconfiar dos pedidos da namorada virtual, mas Fabielle sempre lhe enviava novas fotos em eventos sociais, inclusive algumas de biquíni.

Mais recente a acusada, sabendo que tinha controle sobre o jovem, fez um novo pedido de R$ 4 mil, para supostamente comprar parte do enxoval do futuro casamento entre os dois e custear uma cirurgia que estava precisando fazer. A partir dessa nova solicitação a vítima desconfiou e procurou a polícia.

Em depoimento ao delegado Manoel Andreeta o homem contou tudo, relatando que no total já teria dado à amada da internet, cerca de R$ 17 mil, quando ficou acertado que os contatos seriam mantidos até o dia do “bote” da polícia. A vítima seguiu as orientações e ao contrário de dinheiro, entregou para Maely, que era sempre a portadora para entregar os valores para a tal loira que nunca existiu, um envelope recheado de papel, quando a mesma acabou abordada e presa em flagrante. Logo depois a estelionatária levou os policiais até sua casa, onde estavam todos os produtos comprados com o dinheiro do jovem apaixonado.

Levada presa à sede da 8ª Coorpin, Maely Lima Costa, de 20 anos, admitiu os sequentes golpes e contou que tirar dinheiro do rapaz foi fácil, dado ao seu estado de fragilidade e paixão. Ela foi indiciada por estelionato, Artigo 171 do Código Penal Brasileiro (CPB) e permanece presa à disposição da Justiça.

(Por Ronildo Brito)

SAÚDE: Fazer xixi após a relação sexual pode diminuir o risco de infecção urinária


banheiropublico

Poucas mulheres gostam de falar sobre o assunto, mas a grande maioria delas sente ou já sentiu ardência ou dor na região genital. Entre as principais causas desse desconforto, está a infecção urinária, mais comum nelas por causa do tamanho da uretra feminina, menor que o da uretra masculina, o que facilita a chegada da bactérias na bexiga, como explicaram o ginecologista José Bento e o urologista Leonardo Lima Borges no Bem Estar desta quinta-feira (20).

Uma das maneiras de diminuir o risco de infecção é fazer xixi logo após a relação sexual, para “lavar” a uretra e eliminar as bactérias que possam ter entrado. Segundo os médicos, segurar o xixi por muito tempo é um fator de risco para infecção, assim como a baixa imunidade, o atrito na relação sexual e a gravidez.

Fora esses fatores, a infecção urinária pode ser provocada ainda por outras infecções, como a candidíase, por exemplo.

Causada por fungos, ela acontece quando a mulher está fraca ou usa biquíni ou roupas molhadas por muito tempo, como explicou a infectologista Rosana Richtmann na reportagem da Daiana Garbin.

Assim como a infecção urinária, ela também pode causar ardência na região genital e, por isso, em qualquer caso de incômodo, é fundamental procurar um médico.

 

Eleito Prefeito gari se prepara para tomar posse.


Joabe de Almeida foi eleito prefeito de Santo Afonso (MT), com 1.088 votos.
Ele já foi garimpeiro, coveiro, vereador e agora deve chefiar o Executivo.

prefeito2_1700

Joabe de Almeida, que atuava como gari em Santo Afonso, a 266 km de Cuiabá, passará a comandar a prefeitura do município a partir do dia 1º de janeiro do ano que vem. O trabalhador de 46 anos foi eleito prefeito do município de pouco mais de 2 mil habitantes, com 1.088 votos. Ele deixou a profissão há um ano.

Antes de trabalhar como gari, Joabe já exerceu a função de coveiro e a de garimpeiro. Ele não se envergonha nem um pouco das funções que exerceu e disse se orgulhar das conquistas depois das dficuldades enfrentadas no trabalho como gari. “Ia atrás pegando tambor, sacola de lixo e jogando tudo no caminhão”, lembra.

Quando não estava atrás do veículo ajudando na coleta, Joabe estava em cima do caminhão recebendo os detritos e organizando-os na caçamba. O carro usado para retirar o lixo não é adequado para o trabalho, segundo ele. “Tinha colega que não tinha estômago para subir, mas eu ficava”, disse.

A função, para ele, é o menos importante. “Independentemente do que se faz, tem que se fazer bem feito”, afirmou. Enquanto era contratado somente para coletar o lixo, Joabe passou a limpar as ruas e capinar terrenos baldios do município.

Joabe já chegou a exercer a função de gari e coveiro ao mesmo tempo. De acordo com ele, um certo dia o coveiro do município teve que se ausentar e ele começou a abrir as covas, a mando do então prefeito. Por dois anos, ele exerceu as duas funções.

prefeito_bicicleta

Como vereador, de 2004 a 2008, ele afirmou que começou a ganhar a confiança da população e resolveu se candidatar ao cargo de prefeito nas últimas eleições. Joabe disse que, ao todo, gastou R$ 5 mil na campanha eleitoral. “[A campanha] foi tudo muito humilde. No ‘boca a boca’, na confiança”, explicou.

Antes de ser empossado no cargo, Joabe contou que já começou a cuidar da cidade e convocou um mutirão de limpeza nos bairros. Com a ajuda de amigos, retirou entulhos, limpou terrenos e calçadas. “Sou um homem humilde, tenho garra e determinação. Creio que foi por isso que o povo se aproximou de mim”, afirmou.

No dia 1º de janeiro de 2017, ele deve tomar posse. Em caso da necessidade de um gari ou coveiro, ele enfatizou que poderá atuar nessas funções. “Nem que seja para ir com o sapato brilhoso de prefeito, mas irei”, disse. O próximo projeto de Joabe a ser realizado é concluir o ensino superior.

Ele começou a fazer sociologia em uma universidade à distância, mas trancou o curso. Agora, disse que pretende concluí-lo.

À Justiça Eleitoral, Joabe declarou como ocupação motorista de veículos de transporte de cargo e um patrimônio de R$ 293.217,04. O maior bem móvel é uma casa de alvenaria, localizada no Centro da cidade, avaliada em R$ 200 mil.

G1