Orçamento prevê salário mínimo de R$ 945,80 no próximo ano.


Business man showing you brazilian money.
Business man showing you brazilian money.

O salário mínimo para o ano que vem ficará em R$ 945,80, anunciou há pouco o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira. O valor consta do projeto do Orçamento Geral da União de 2017, enviado nesta quarta-feira (31) pelo governo ao Congresso Nacional. A proposta foi entregue por Oliveira e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ao presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL).
O texto foi enviado ao Congresso logo após a cerimônia de posse do presidente Michel Temer, no Senado. Os demais parâmetros para a economia no próximo ano, que haviam sido divulgados pela equipe econômica no último dia 17, foram mantidos. A estimativa de inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 4,8% para 2017.

A previsão para o Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos em um país) ficou em 1,6%. O projeto prevê taxa de câmbio média de R$ 3,40 no dólar para o próximo ano, contra R$ 3,50 em 2015, e de taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada de 12,1% ao ano em 2017, contra 14% neste ano.

 

Polêmica no aumento dos salários dos vereadores do Prado.


vereadores_camara_municipal_do_prado-696x310

A repercussão negativa da aprovação do aumento dos salários dos vereadores causou desconforto entre os parlamentardes que votaram favoráveis ao projeto do  aumento.

A polêmica surgiu, segundo esses parlamentares, porque tres dos quatro vereadores que votaram contra (Paulo Monte, Professora Bruna e Gilvan Produções) pertencem às comissões permanentes e aprovaram o projeto na fase de recebimento na Mesa Diretoria.

Na comissão de Justiça e Redação, os três vereadores (Augusto, Bruna e Paulo Monte) concordaram com o projeto. Mesma posição tomaram os membros da comissão de Finanças, Fiscalização e Orçamento (Alfredinho, Gilvan e Robertinho).

Durante a votação, em plenário, Paulo Monte, Bruna, Gilvan e Tavares se levantaram contrários ao aumento. Esse posicionamento, segundo os colegas parlamentares, seria eleitoreiro.

votacao_projeto_aumento_de_salarios_do_prado-2

 

Por: Diógenes Cnha

Podem morrer: Alunos isolados estão tendo que passar dentro de rio pra estudar em Jucuruçu


docaciod-1200x545_c

 No início da manhã desta terça-feira, dia 30 de agosto, moradores da Farinha Lavada, no interior de Jucuruçu, entraram em contato com o Teixeira News, pra denunciar uma ponte destruída desde o início desse ano de 2016, impossibilitando o escoamento da produção agrícola, o direito de ir e vir da comunidade e deixando o alunado sem o transporte escolar.

A ponte que se refere a população fica sobre o rio Jucuruçu e liga o distrito de Coqueiro, o maior do município, às comunidades da Barcelona e Farinha Lavada. Essa estrada é também a que dá acesso à Cachoeira de Farinha Lavada, onde anualmente acontece um piquenique, tradicional evento daquela região.

O mais grave porém, segundo os moradores, é que os alunos, sem transporte e ao menos condição de passagem a pé por cima da estrutura de madeira da ponte, que pode ruir a qualquer momento, estariam arriscando suas vidas fazendo a travessia por dentro do rio. Nas épocas chuvosas, com o aumento do volume de água e correntezas, as crianças estariam correndo risco de morte. O Ministério Público (MP), deve ser acionado nos próximos dias.

docaciod1

Logo após receber a denúncia o Teixeira News tentou falar com a prefeita Uberlândia Pereira (PSD), que não estava na Prefeitura no momento. Informações dão conta que a chefe do executivo, que é candidata à reeleição, estaria em campanha fora da sede.

(Por Ronildo Brito)

Em uma nova votação os vereadores Aprovam aumento de Salário em Prado.


vereadores_camara_municipal_do_prado-696x310

Já dizia o ditado: “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. Uma semana após a derrota da proposta em aumentar os salários, os vereadores do Prado votaram um novo projeto nesta terça-feira (30). O aumento vai beneficiar aqueles que forem eleitos para o mandato de 2017-2020.

A reapresentação do mesmo tema resultou do inconformismo de alguns vereadores com a reprovação do aumento do salário, que eles esperam ser deles mesmos, já que apostam suas fichas numa vitória nas eleições de 2016.

O projeto reprovado há uma semana atrás, na terça-feira (23), propunha salários dos vereadores no valor que poderia chegar até 30% sobre o salário dos deputados baianos. O novo projeto trouxe a proposta de 29% sobre o valor recebido por deputados na Bahia (R$ 25.322,25).

Na prática, os vereadores pradenses enxergam um salário que saltaria de R$ 5 mil reais para até R$ 7.343,45.

Para evitar o que ocorreu no projeto anterior, o vereador Mário Júnior – que não participou da sessão em que aconteceu a reprovação – propôs que houvesse uma única votação. Não deu outra. Seis vereadores (Mário Júnior, Tadeu, Alfredinho, Robertinho, Moreia e Augusto) disseram sim à proposta de aumento, contra a posição de quatro vereadores (Paulo Monte, Felipe Tavares, Profesora Bruna e Gilvan Produções), contrários ao projeto.

O vereador Paulo Monte chegou a fazer leitura de uma carta em que manifestou repúdio e indignação com o posicionamento dos demais colegas parlamentares, diante da crise econômica enfrentada no país.

 

por: Diógenes cunha

Jovem de 22 anos é estuprada e tem seios mordidos por bandido.


14182179_1221644817900055_229112455_n-4562329

Uma jovem de 22 foi estuprada na própria casa na tarde dessa segunda-feira (29), em Cariacica. A vítima foi obrigada a fazer sexo oral com o bandido e foi levada ao hospital com os bicos dos seios sangrando em razão de mordidas que levou do agressor.
Ainda no hospital passando por exames, a jovem contou que foi abordada pelo estuprador quando esperava um ônibus para ir para o trabalho. “Ele estava de moto, aí parou a moto e sentou do meu lado. Foi quando ele mostrou uma parte da arma”, disse a vítima, ainda abalada.
Ela informou que o criminoso anunciou um assalto. “Mostrei a bolsa, disse que só tinha documentos e R$ 2, mas que ele podia levar se quisesse.”
Momentos de horror
Chegando à casa da vítima, o homem mexeu nas coisas e revirou móveis. “Acho que ele não achou nada do interesse dele. Então, começou a falar que eu era gostosa e me jogou na cama”, declarou.
A jovem disse que o homem a deitou de bruços, rasgou sua roupa e tentou abusar dela, mas não conseguiu.
“Eu tentei me desvencilhar, virei de frente, chutava ele. Ele me ameaçava com um canivete. Foi quando ele me deu dois socos. Aquilo doeu muito”, descreveu a jovem, que continuou o relato.
“Escorreguei da cama e abracei as pernas dele, chorando muito, pedindo pelo amor de Deus para ele parar. Disse que eu era mãe, que eu não tinha nada, só trabalhava, mas ele não mostrou misericórdia”, disse a vítima.
Com a arma contra a cabeça da jovem, o criminoso ordenou que ela fizesse sexo oral nele e, depois da violência, deixou a casa. Ela foi socorrida duas horas depois por vizinhos e levada ao Pronto Atendimento de Cariacica, de onde foi encaminhada para Hospital São Lucas. Ela foi examinada por um neurologista, medicada para dor e tomou coquetéis contra doenças sexualmente transmissíveis.
14117811_1098508883566104_105892979064934085_n-4562357

Prefeitura realiza mais um mutirão de saúde e Cidadania.


A prefeitura municipal de Prado através das secretárias de saúde e assistência social vem realizando diversas ações nas comunidades.

IMG-20160829-WA0105

O mutirão conta com profissionais da área de saúde como Médicos, Enfermeiro, Farmacêutico, Fisioterapeuta e Técnicos.

IMG-20160829-WA0107

O mutirão realiza exames laboratóriais, triagem de identidade, carteira do idoso, cadastro do bolsa família, cartão do sus, teste rápido de sífiles, preventivo e HIV.

 

IMG-20160829-WA0101

Além destas ações são realizadas palestras educativas e de prevenção de Doenças.

IMG-20160829-WA0102

Crise na Educação: Professores de Alcobaça ocupam Câmara Municipal.


IMG-20160830-WA0004

Nesta Segunda feira dia 29/08/2016 Professores ocuparam a câmara municipal de Alcobaça.

Vários professores reivindicam o pagamento de salários atrasados, melhoria na merenda escolar, no transporte e dos itens básicos de trabalho.

Os Professores protestam desde o dia 23 quando nossa equipe de reportagem foi até o trevo de alcobaça entrevistar os professores que cobravam o prefeito Bernardo Olívio uma solução para o grave problema.

IMG-20160829-WA0197

Uma das revindicações é a melhoria na merenda escolar, já que, segundo os profissionais, na maior parte das vezes o que tinha para ser servido era biscoito ou achocolatado. Outra reclamação é o mau estado dos transportes de estudantes, sobretudo na Zona Rural, além da falta de materiais.

A presidente da APLB de Alcobaça, Telma Rocha, informou que o município vem enfrentando diversos problemas. “Nós temos alunos na zona rural que já estão à mais de 90 dias sem poder ir a escola por falta de transporte escolar”. disse.

 

Jovem é executado com vários tiros no quintal de casa em Prado


O jovem Elenilson Teles dos Santos, vulgo “Gugu”, 24 anos, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo, na tarde desta segunda-feira (29), por volta das 16h, no bairro Portal do Prado.

DSC_0043

De acordo com informações, Elenilson estava no quintal de casa, no momento em que foi surpreendido por dois homens que teriam pulado a cerca da residência e o alvejado com os tiros. Depois do crime, os assassinos fugiram tomando rumo ignorado.

DSC_0044

A PM informou que capsulas de munições foram apreendidas próximas ao corpo da vítima. De acordo com a polícia, o assassinato pode estar relacionado a acerto de contas.

DSC_0040

O corpo do jovem foi encaminhado para o Instituto Médico (IML) de Itamaraju, o caso será investigado pelo Delegado de Policia, Dr. Julio Cesar Telles.

Por: Claydson Mota

Nove jovens foram assassinados no fim de semana em Camaçari


IMAGEM_NOTICIA_5

Morto a tiros na tarde deste domingo (28), por volta das 13h30, Elielton da Paixão Gomes, 19 anos, é o nono jovem assassinado em Camaçari, na região metropolitana de Salvador, somente neste fim de semana.

O caso soma-se ao de três adolescentes mortas em uma casa do bairro, que gerou grande repercussão: Emile Lampanche Rocha, 17, Rentana Carneiro Cruz, 16, e Vitória Nataline Carneiro Cruz, 17.

Além dessas três vítimas, outro jovem, Jackson de Jesus dos Santos, 21, morreu em decorrência do mesma situação das garotas. Ele foi sequestrado na residência onde estavam às três menores e seu corpo foi encontrado no início da tarde de sábado (27), no bairro Jardim Limoeiro, próximo ao Hospital Geral de Camaçari, para onde foi socorrido outro menor, baleado no ouvido durante este crime.

Morreram também Yves Ribeiro Santos de Jesus, 17 anos; Josilândia de Jesus Santos, 22; Anderson de Almeida Santos, 26 anos; e um homem ainda não identificado. Boa parte dos crimes ocorreu no bairro Nova Vitória.

 

Bahia Noticias

Dilma discursa no julgamento final do processo de impeachment no Senado.


Brazil's President Dilma Rousseff gestures during the welcome ceremony of the the MERCOSUR Summit of Heads of State and Associated States at Itamaraty Palace in Brasilia, Brazil, on July 17, 2015. AFP PHOTO/EVARISTO SA        (Photo credit should read EVARISTO SA/AFP/Getty Images)

 

A presidente afastada Dilma Rousseff começou a discursar às 9h53 desta segunda-feira (29)  em defesa própria no julgamento final no processo de impeachment.

Dilma iniciou o discurso fazendo referência à tortura que sofreu como presa política durante a ditadura militar e dizendo que, em seu mandato, defendeu a Constituição e que jamais agiria contra a democracia.

“Sempre acreditei na democracia e no estado de direito. Jamais atentarei contra o que acredito ou praticaria atos contra os interesses daaqueles que me elegeram”, afirmou a presidente afastada na parte inicial de sua fala.

A sessão foi aberta às 9h38. Depois disso, o presidente do julgamento, ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, pediu ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para introduzir a presidente afastada no recinto. Dilma sentou-se no extremo da mesa, à esquerda de Lewandowski.

As regras do julgamento estabeleceram 30 minutos para o pronunciamento de Dilma – período que poderá ser prorrogado. Em seguida, ela será interrogada pelos senadores, pela acusação e pela defesa.

Até a última atualização desta reportagem, 47 senadores estavam inscritos para fazer perguntas, pelo tempo de 5 minutos cada. Dilma terá o tempo que for necessário para responder as questões.

A presença de Dilma no julgamento marca a fase final do processo, iniciado em dezembro do ano passado, quando o então presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aceitou uma denúncia apresentada pelo advogado Hélio Bicudo, pela professora Janaína Paschoal e pelo jurista Miguel Reale Jr.

A decisão final, pela condenação ou absolvição da petista, deve ocorrer entre terça e quarta-feira (31), após debate entre acusação e defesa e novas manifestações do senadores. São necessários 54 votos entre os 81 senadores para o afastamento definitivo da petista.

Para a sessão desta segunda, Dilma convidou 18 ex-ministros, entre os quais Ricardo Berzoíni, Carlos Gabas, Jaques Wagner e Juca Ferreira, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o cantor e compositor Chico Buarque de Hollanda. Os convidados ficaram na galeria do Senado, acima do plenário.

A cada quatro horas, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que comanda o julgamento, poderá interromper a sessão para intervalos de cerca de 30 minutos, conforme roteiro estabelecido previamente com os senadores.

Nos intervalos, Dilma poderá se dirigir para a sala de audiências da presidência do Senado, anexo ao gabinete do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). No local, a presidente afastada poderá estar acompanhada de quem desejar com lanches e refeições.

Na semana passada, entre quinta (25) e sábado (27), os senadores ouviram as testemunhas de defesa e de acusação no processo. Ao longo de três dias, os parlamentares fizeram inúmeros questionamentos aos depoentes, colheram informações e pediram esclarecimentos.

 

G1