A casa caiu: Geddel Vieira Lima é preso na Bahia pela Polícia Federal


geddel-vieira-lima-como-625x467

O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) foi preso nesta segunda-feira (3) pela Polícia Federal. A prisão ocorreu na Bahia, onde ele reside. Geddel foi citado nas delações da JBS como interlocutor do presidente Michel Temer para assuntos relacionados à empresa. Até novembro de 2016, o peemedebista ocupava a Secretaria de Governo, porém pediu demissão após se envolver em uma polêmica com o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, que o acusou de tráfico de influência para a liberação de obras do condomínio La Vue, na Ladeira da Barra, em Salvador – as obras eram em um trecho que exigia autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Não há detalhes sobre a prisão, porém Geddel também foi citado nas delações premiadas da Odebrecht.

Prado: Vento forte derruba torre de transmissão de TV em residência.


torre-de-transmissão-de-televisão-do-prado-696x326

Os fortes ventos e a ação do tempo podem ter contribuído para o acidente ocorrido nesta segunda-feira, dia 03. A haste caiu sobre uma residência. O telhado e o forro interno de um dos quartos foram danificados. Ninguém ficou ferido.

torre-de-transmissão-de-televisão-do-prado2

A torre de transmissão fica localizada na Praça da Bandeira, no centro da cidade, proximidades do Beco das Garrafas. Por causa dessa localização, a forte ação da maresia acelerou o desgaste das hastes de ferro.

Moradores disseram ter ouvido o barulho de algo se quebrando, antes da queda da torre, que é responsável pela transmissão de sinal de televisão para as residências dos pradenses. Quem não tem parabólica em casa está sem sinal de tv.

Conflito no mar da Bahia: pescadores artesanais fecham canal para denunciar os desmandos da Fíbria e pelo seu direito de pescar


001

Neste momento os pescadores artesanais de Caravelas e região, fecham por total o Canal do Tomba em Caravelas, e interrompem à produção e embarque e desembarque da FIBRIA na região.

De acordo com pescadores no local o protesto e o bloqueio será por tempo indeterminado até que à empresa atenda as revindicações dos pescadores de Caravelas BA.

No ato contam com a presença de pescadores e lideranças de Caravelas, Nova Viçosa, Alcobaça e da Ahomar do RJ.

Conflito Pesca x Eucalipto

Os pescadores e pescadoras, marisqueiros e marisqueiras da Reserva Extrativista de Cassurubá, localizada nos municípios de Caravelas, Nova Viçosa e Alcobaça, estado da Bahia, decidiram fechar, por tempo indeterminado, o Canal do Tomba, em protesto contra a empresa de celulose Fibria S.A. A Fibria é a responsável pela dragagem deste canal, que tem por objetivo permitir a passagem das barcaças que transportam eucalipto para a sua indústria de celulose em Aracruz/ES. Tal dragagem promove graves impactos ambientais no território tradicional de pesca de aproximadamente 2.000 pescadores artesanais. O processo de dragagem e descarte dos sedimentos resulta em assoreamento do ambiente estuarino, carreamento de material lamoso às praias e recifes de corais, soterramento dos bancos camaroeiros, alteração na dinâmica hídrica estuarina e limitação às áreas tradicionais de pesca.

A Fibria Celulose S.A., por tal empreendimento, é obrigada a cumprir uma série de condicionantes determinadas pelo IBAMA, já que seus impactos ocorrem em Zona de Amortecimento de uma unidade de conservação federal. Dentre estas condicionantes o Programa de Apoio às Atividades Pesqueiras exige que a empresa financie projetos em caráter indenizatório às comunidades tradicionais da Resex de Cassurubá. No entanto, a empresa está se valendo de artimanhas sorrateiras, ao contratar uma empresa de consultoria, que ao invés de coordenar e orientar a execução dos projetos de maneira participativa, justa e isenta, promove a cooptação de falsas lideranças e associações de fachada, no intuito de dividir, enfraquecer e manipular a participação popular nos processos decisórios da Reserva Extrativista.

Os extrativistas da Resex de Cassurubá decidem assim enviar um forte sinal ao IBAMA, ICMBio e Fibria Celulose S.A. que não irão mais tolerar o cinismo de falsas lideranças comunitárias e associações de fachada, que valendo-se da convergência de interesses escusos com o maior poluidor do extremo sul da Bahia promovem o atrofiamento e a manutenção da vida já suficientemente dura e sofrida dos irmãos e irmãs do mar e manguezal deste mais belo encanto do Brasil e da Bahia.

Abaixo imagens do conflito em curso no Canal do Tomba

Assinado Movimento Autônomo dos Pescadores de Cassurubá

Contatos locais:

55 73  8882-4442

55 73  8820-5903

Histórico

O controle acionário da Aracruz é exercido pelos grupos Safra, Lorentzen e Votorantim, com participação acionária de 28% cada e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, com participação de 12,5%. As ações preferenciais da Aracruz (56% do capital), são negociadas nas Bolsas de Valores de São Paulo (Bovespa), Madri (Latibex) e Nova York (NYSE).

A Aracruz é a única empresa do setor florestal no mundo a estar na lista de empresas do Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI World) 2007/2008, da Bolsa de Valores de Nova York, que destaca as melhores práticas em sustentabilidade corporativa no mundo. O indicador é composto por 318 empresas de 24 países no total, sendo sete delas brasileiras. O DJSI é composto por ações de companhias de sustentabilidade corporativa, ou seja, segundo os critérios daquela instituição, são empresas capazes de criar valor para os acionistas no longo prazo, por conseguirem aproveitar as oportunidades e gerenciar os riscos associados a fatores econômicos, ambientais e sociais.

Fusão

Em 1 de setembro de 2009 a empresa se fundiu com a VCP para formar a Fibria, empresa resultante da incorporação da Aracruz pela VCP, tornando-se líder global no mercado de celulose e receita líquida anual estimada em R$ 6 bilhões, considerando-se os resultados das empresas no período de 1 ano, até junho de 2009. A companhia,tem capacidade produtiva superior a 6 milhões de toneladas de celulose e papel por ano podendo chegar a 6,7 milhões de toneladas quando concluídos os projetos de expansão de ambas as empresas.

Acionistas

Fibria é o resultado da incorporação das ações da Aracruz Celulose pela Votorantim Celulose e Papel (VCP), por meio de sua holding, a Votorantim Industrial (VID).

A VID detém 20% das ações, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) possui 30,9% de participação, a família Lorentzen possui 13,3% e outros 35,8% são ações no mercado.

Críticas à empresa

A Aracruz é acusada internacionalmente por ativistas de movimentos sociais e ambientalistas de ocupar terras de povos indígenas e quilombolas. No Espírito Santo, a empresa esteve em longo litígio com os índios tupiniquins e Guarani Mbyá devido à reivindicação das terras por parte dos índios.

Também é criticada pela poluição das águas e do ar e por supostamente causar poluição devido a dioxinas, material cancerígeno gerado pela produção de celulose, afetando as condições de sobrevivência de grupos tradicionais, como indígenas e quilombolas.

As grandes extensões de terras ocupadas pela empresa nos diversos estados brasileiros estariam colaborando com o êxodo rural e inchaço das favelas. Por outro lado, os fazendeiros, temendo invasões de grupos organizados representantes de movimentos sociais, como o MST, alienam suas propriedades às empresas de silvicultura, sejam nacionais (como Aracruz e Votorantim) ou multinacionais (Stora Enso). A Aracruz recebe incentivos fiscais dos governos e é acusada de gerar muito menos empregos que as atividades rurais convencionais, que deixam de existir após instaladas as monoculturas extensivas de árvores exóticas, chamadas desertos verdes. O crescimento rápido das espécies plantadas é acusado de exaurir os recursos hídricos e naturais do solo. Acusação dita como infundada, após mais de 30 anos de plantio com o solo ainda capaz de produzir normalmente.

Criminosos abandonam motocicleta e ligam para vítima ir buscar


gaesut

Teixeira de Freitas: A proprietária de uma moto que teria sido furtada no último dia 16 de junho do corrente ano, recebeu uma ligação de uma pessoa desconhecida e de um número restrito, informando que o seu veículo foi deixado na Rua Paraíba, no Bairro Vila Vargas, por volta das 19h00. A vítima informou a Central de Operações da 87ª CIPM, relatando o conteúdo da conversa da ligação recebida.

A Central fez contato com o Serviço de Inteligência da Unidade Policial para averiguar a situação passada pela vítima, e uma equipe do SOInt se deslocou até ao endereço informado, possivelmente pelos autores do roubo, juntamente com a proprietária do veículo, e ao chegarem no local, o veículo de marca Honda/FAN, de cor preta, placa policial OZN O657, a qual foi conduzida, juntamente com a sua proprietária para a sede da 8ª COORPIN.

A moto foi entregue à autoridade policial para realizar os procedimentos de praxe. Segundo informações extraoficiais, passada por populares, dois suspeitos chegaram ao local, cada em uma moto, e que posteriormente, um deles deixou o veículo, subiu na garupa da moto do seu compassa e tomaram destino ignorado.

Os policiais do Serviço de Inteligência [SOInt], informaram que estão realizando diligencias constantemente para tentar localizar os criminosos que estão realizando diversos assaltos e roubos de motos na cidade, e que devido alguma suspeita dos indivíduos, que as investigações poderiam chegar até eles, no que se refere ao roubo destes veículos, os criminosos resolveram abandonar a moto e informar a proprietária o local onde deixou o veículo.

Isso leva a crer que os indivíduos conhecem a vítima, e ficaram com receio de serem identificados e localizados pela polícia. Mas, o chefe do Serviço de Inteligência SOInt, nos informou que as investigações irão continuar, e que objetivo, é localizar, prender, e tirar de circulação os criminosos que vêm cometendo assaltos e roubos de veículos na cidade.

Ele ainda pede a população para continuar realizando denúncias anônimas, tendo a garantia do sigilo das informações, bem como do denunciante. Os canais que podem ser feito as denúncia ou informações, que podem ajudar à Polícia Militar, são: 190, ou para o número 73 99871 – 8830 (WhatsApp), e ainda pelo o site de denúncia da 87ª CIPM

Tiroteio no “Gogó da Ema” deixa criança de 8 anos morta e duas mulheres feridas


gogod-1200x545_c

Um ataque misterioso ditado, ao que tudo indica, por uma antiga guerra entre Raio A e DMP, duas facções criminosas, foi registrado na noite deste sábado (1º), na rua Fernando Barreto, no bairro Gogó da Ema, em Itabuna. E nessa disputa incessante por “territórios do tráfico”, segundo a polícia, pessoas inocentes vão pagando com suas próprias vidas. No ataque mais recente uma criança de apenas oito anos morreu após será atingida por uma bala perdida.

Keven Lúcio Araújo Braga soltava fogos na rua, quando homens armados chegaram na comunidade, promovendo um intenso tiroteio. Foram mais de 15 disparos, segundo os moradores, que estão chocados com a violência e, sobretudo, com a morte bárbara do garoto. Keven morreu, atingido na nuca, no passeio da casa dele. A mãe do menino está desesperada. O corpo da criança foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), para exames de necropsia.

Os tiros acabaram acertando também outras duas moradoras do local. As mulheres foram socorridas por populares e levadas em um carro particular para o Hospital de Base. O estado de saúde delas não foi informado.

Versões

A perícia recolheu na cena do crime várias cápsulas de pistola 380. A Polícia Civil já iniciou as investigações, ouvindo algumas testemunhas. Muitas versões foram levantadas no local. Uma delas é de que os criminosos chegaram em um carro, de cor prata e tinham como alvo um grupo de pessoas que estava num bar. Já uma testemunha afirmou ter visto os suspeitos num táxi e ainda há quem diga que eles chegaram a pé. (Informações: Verdinho Itabuna)

 

Motociclista que participou de confraternização na Café Norte morre em acidente próximo a Teixeira de Freitas


cafed-1200x545_c

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi informada na início da noite deste sábado, dia 1º de julho, sobre um acidente automobilístico, ocorrido na BR-101, próximo a um local conhecido como “Entrada da Balança”, em território de Teixeira de Freitas, envolvendo uma moto modelo Honda Bros, de cor preta, placa policial NZX-3965. Os PRFs foram ao local e encontraram o motociclista já sem sinais vitais.

A vítima foi identificada como Urbano Silva Ferreira, o “Paulista”, de 33 anos, morador do Residencial Padre José, em Teixeira de Freitas. Segundo colegas do motociclista morto, que chegaram ao local pouco tempo depois, eles estavam juntos em uma confraternização na Fazenda Café Norte, em Itamaraju, onde comemoraram o final da colheita deste ano, festa essa que se tornou uma tradição para os trabalhadores que prestam serviço neste período de colheita do café.

Ainda segundo os colegas, “Paulista” teria ingerido bastante bebida alcoólica na confraternização e que na saída teria sido aconselhado a não retornar com a moto para Teixeira de Freitas, e que fosse no ônibus, juntamente com os demais. Ele então optou em vir em sua moto, mesmo com a insistência de todos.

Não há testemunhas presenciais do acidente, mas na perícia de local, com base nas marcas da pista e fraturas no corpo da vítima, aparentemente houve o choque com um veículo de grande porte, possivelmente caminhão ou carreta. Após o levantamento cadavérico comandado pela delegada Maria Luíza Ribeiro, de plantão na sede da 8ª Coorpin e perícia de local a cargo dos peritos do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), foi autorizada remoção do corpo ao IML para exames de necropsia.

A delegada Maria Luíza informou a imediata instauração de um inquérito policial para investigar as circunstâncias do acidente fatal. (Da redação TN)

Dois jovens saem de aniversário e são mortos a tiros em Itamaraju


belad-1200x545_c

Na madrugada deste domingo, dia 2 de julho, a 43ª Companhia Independente da Polícia Militar de Itamaraju (CIPM), foi informada através do telefone 190, acerca de um duplo assassinato ocorrido no Bairro Bela Vista, na região oeste da cidade, que apesar de não ter muito tempo de criado, vem registrado várias ocorrências violentas. O Bela Vista também é afastado da cidade, o que dificulta as rondas constantes da Polícia Militar no local.

As vítimas dessa vez foram identificadas como Carlos Daniel Lima dos Santos, que seria menor e Samuel Santos da Cruz. Segundo testemunhas os dois rapazes foram mortos com vários tiros, assim que deixaram uma festa de aniversário que aconteceu no próprio bairro. Após o levantamento cadavérico, procedimento feito pela Polícia Civil, os corpos foram removidos ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML), para exames de necropsia.

Autoria e motivação do duplo homicídio são desconhecidas e a primeira providência da delegada Rosângela Santos, titular de Itamaraju e que está à frente das investigações do caso, será tentar ouvir outros participantes do aniversário pra descobrir se houve alguma desavença no local. Não foi informado se as vítimas possuíam algum parentesco com a pessoa aniversariante. (Por Ronildo 

Homem que já havia cumprido pena por homicídio é morto a tiros em Nova Viçosa


orlad-1200x545_c

O Pelotão da Polícia Militar de Nova Viçosa, que é vinculado à 89ª CIPM, por volta das 2h da madrugada desse domingo, dia 2 de julho, recebeu informação através do telefone 190, sobre um assassinato que acabara de acontecer na orla marítima, Bairro Cajueiro. Logo em seguida uma guarnição foi designada ao local e assim que comprovou a veracidade da informação, repassou o ocorrido à Polícia Civil.

A vítima foi Rafael Vieira de Matos, de 26 anos, natural de Caravelas, que apresentava duas perfurações de arma de fogo, sendo uma delas nas costas e o projétil transfixou na região do peito. O outro tiro acertou o braço esquerdo e próximo ao corpo foi encontrada uma bicicleta. Moradores próximos contaram que ouviram ao menos cinco disparos.

Segundo a polícia, o homem morto já havia cumprido pena no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF), por dois homicídios consumados, lesão corporal grave, e estaria envolvido com o tráfico de drogas no município. A ocorrência do assassinato foi registrada e apresentada ao delegado Bruno Ferrari, responsável pelo plantão regional do fim de semana na sede da 8ª Coorpin.

Após guia assinada por Ferrari e perícia de local a cargo dos peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), foi autorizada a remoção do corpo ao IML de Teixeira de Freitas, para exames de necropsia. Autoria e motivação do crime são desconhecidas.

O inquérito do caso instaurado pelo delegado Bruno Ferrari, será repassado às mãos da delegada Waldiza Fernandes, titular de Nova Viçosa, que vai seguir à frente das investigações.

Menor é morto em emboscada em Itamaraju


1-52

Um menor identificado pelo prenome de Keury foi executado na noite desta quinta-feira, 29 de junho, na Rua Finlândia no bairro Bela Vista em Itamaraju.

2-48

Segundo informações, a vítima estava em sua casa quando foi chamado para sair na companhia de homens não identificados. Logo após sair, vizinhos ouviram os disparos e quando saíram encontraram o corpo nas proximidades da Creche Municipal.

O corpo foi removido para o IML (Instituto Médico Legal) para exames de necropsia. Até o momento ninguém foi preso.

FACISA é destaque: Acompanhe a lista dos melhores (e piores) cursos de Direito, segundo o MEC


examed-1200x545_c

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), do Ministério da Educação (MEC), divulgou recentemente a avaliação de cursos universitários em diversas áreas, inclusive direito.

A metodologia do estudo se baseia no CPC (Conceito Preliminar de Curso), constituído por oito componentes, agrupados em três dimensões que refletem a qualidade dos cursos de graduação.

Segundo o Inep, os melhores cursos estão no CPC faixa 5 e têm CPC contínuo entre 3,945 e 5. A nota contínua vai de 0 a 5.

Na Bahia o destaque foi a Faculdade Nobre, em Feira de Santana, com CPC contínuo 4,1643 e CPC faixa 5. A Faculdade Matropolitana de Camaçari atingiu o CPC contínuo de 3,4082 e CPC faixa 4, enquanto a Faculdade Anísio Teixeira, de Feira de Santana ficou com CPC contínuo de 3,3956 e CPC faixa também 4.

Ainda com CPC faixa 4 ficaram o Centro Universitário Jorge Amado, de Salvador, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, com sede em Parapiranga e Universidade Salvador.

No sul e extremo sul o destaque foi para a Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (FACISA), com sede em Itamaraju. Com CPC contínuo de 3,1303 a faculdade itamarajuense obteve CPC faixa 4. Nenhuma outra faculdade da região aparece na lista