Colisão entre carro e moto deixa motociclista ferido no centro de Teixeira de Freitas


cnad-1200x545_c

Batida aconteceu na noite desta segunda-feira, dia 20 de março, em plena Avenida Getúlio Vargas, na região central de Teixeira de Freitas, quando o motorista de um veículo Fiat Palio, de cor prata, placa policial NTW-9852, licenciado em Itanhém, teria invadido a contramão e acabou atingindo a motocicleta Yamaha YBR, também de cor prata, placa JSV-7835, licenciada em Teixeira de Freitas. O Palio seguia para Medeiros Neto e a moto fazia o sentido contrário.

Com o impacto da colisão, o motociclista Jailton de Assunção foi arremessado contra o para-brisa do carro, sofrendo um corte no braço e logo em seguida bateu com a cabeça no asfalto. Populares e colegas de trabalho do rapaz ferido providenciaram o seu socorro à Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas (UPA), mas como ele precisava passar por procedimento cirúrgico, acabou sendo transferido ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), onde permaneceu internado. Não há informações atualizadas sobre o seu estado de saúde.

Policiais militares da 87ª Companhia Independente de Teixeira de Freitas (CIPM), estiveram no local, onde orientaram o tráfego durante o socorro e remoção dos veículos, que logo depois foram apresentados à sede da 8ª Coorpin, onde o caso foi registrado na presença da delegada Andressa Carvalho, de plantão na unidade.

O motorista do Palio, acusado de provocar o acidente automobilístico, Eulálio Elias Sampaio Neto, acabou conduzido e apresentado à Polícia Civil, onde foi ouvido. Além de consertar o seu veículo, ele terá que pagar os danos provocados na moto, além de custear o tratamento do motociclista ferido. (Por Ronildo Brito)

Bebê morreu: Mãe confessa que dormiu por cima de criança após ter ingerido bebida alcoólica


dormiud-1200x545_c

A dona de casa Cristiane Costa Conceição, de 25 anos, foi presa em flagrante por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, pela morte da filha de 45 dias. A mãe é suspeita de asfixiar a criança acidentalmente enquanto dormia. Segundo a Polícia Civil, ela confessou que havia ingerido bebida alcoólica.

O incidente aconteceu na manhã de domingo, 19, na Rua Elísio Mesquita, no bairro de Pirajá, em Salvador. Em depoimento no DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), Cristiane disse que adormeceu por volta de 1 hora da manhã, logo depois de amentar a criança, e só acordou 5 horas depois, constatando que havia dormido por cima da filha.

A mulher chegou a acionar o Serviço de Atendimento Móvel e Urgência(SAMU), mas o bebê já estava morto. A perícia confirmou que a criança foi asfixiada.

Cristiane está custodiada na carceragem da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), e lá permanecerá à disposição da Justiça. (Informações: A Tarde)

URGENTE: Pistoleiros invadem UTI de hospital e executam líder do MST


parad-1200x545_c

Cinco homens armados e encapuzados a bordo de motocicleta invadiram na madrugada desta segunda-feira, dia 20 de março, o Hospital de Paraopebas-PA., onde renderam os seguranças e três deles se dirigiram até a UTI onde o paciente estava internado há dois dias e o executaram. Toda ação durou cerca de 3 minutos.

Valdomiro Costa Pereira era assessor da prefeitura local, militante do Partido dos Trabalhadores e líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) na região. O paciente estava internado deste o último sábado (18) quando chegou baleado numa tentativa de homicídio ocorrida no sítio de sua propriedade localizado na zona rural de Eldorado dos Carajás.

A chegada e saída dos criminosos foram gravadas por câmeras de segurança e as imagens já foram disponibilizadas à Polícia Civil do Pará. A dificuldade de identificação, segundo as investigações iniciais, é que os pistoleiros estavam fazendo uso de capacetes. (Da redação TN)

Anvisa interdita lote de paçoca por conter substâncias cancerígenas acima do limite


pacoca-620x330

A agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou um lote de paçoca da marca Dicel por exceder o limite do teor de aflatoxinas, que são toxinas produzidas por fungos, encontradas em alimentos. “As aflatoxinas são substâncias tóxicas e carcinogênicas, e, por isso, produtos fora da especificação não podem ser consumidos pela população”, alerta a agência.

O lote de comercialização vetada é o de número 0027 do produto “Doce de Amendoim Paçoca Rolha”, da marca Dicel, distribuído pela Indústria e Logistica Wethonklauss Constante Ltda, com data de fabricação 18/11/2016, data de validade 18/11/2017.

A Anvisa informa que o Laboratório de Análise Micotoxicológicas (LAMIC) de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, detectou os teores de aflatoxinas acima do Limite Máximo Tolerado (LMT) para produtos de amendoim.

O produto é fabricado em Goiânia. A interdição cautelar vale para todo o território nacional. O G1 tentou contato com a empresa, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

Polícia apreende menores armados próximo a Escola Anísio Teixeira.


arma-de-fogo-apreendida-em-prado-696x326

A ação de policiais do 3º Pelotão do Prado aconteceu na tarde segunda-feira (20). Os dois menores estavam saindo do Colégio Municipal Anísio Teixeira (CMAT), localizado no bairro Novo Prado.

No paredão da polícia e ainda com o uniforme escolar. Uma cena triste para a família destes garotos e o que pode continuar garantindo a a tranquilidade de muitas pessoas. Os olhos atentos das autoridades policiais conseguiram retirar uma arma de fogo, que poderia tirar a vida de um pai de família pradense.

menores-apreendidos-em-prado

Um deles trazia escondido uma arma de fogo. Essa é uma situação que revela o avanço da violência em vários pontos da sociedade, inclusive, dentro da escola. O lugar onde os jovens deveriam estar aprendendo a se tornar cidadãos de bem está sendo usado para perpetrar atividades criminosas.

Primeiro Jornal

Vídeo Completo: Conflito entre PM e Jovens por causa de som automotivo repercute na Imprensa Regional.


O desentendimento aconteceu na noite deste último sábado, dia 18 de março, no lado externo de um bar, localizado próximo à Praça de Eventos, no centro do Prado, quando segundo testemunhas, policiais militares foram chamados ao local, onde havia um som automotivo em alto volume, provocando perturbação pública.

Inicialmente os militares solicitaram ao dono da sonorização, para que diminuísse o volume, mas bastou a saída dos mesmos, para o barulho fosse restabelecido. No retorno da guarnição, cerca de meia hora mais tarde, foi determinada a apreensão do veículo, momento que iniciou-se a confusão.

Durante a troca de farpas, contam os policiais, os jovens, visivelmente alterados, partiram para a agressão e como a guarnição era em número menor, havia o risco deles tomarem suas armas, quando foram efetuados disparos de contenção.

O saldo da confusão terminou com dois rapazes feridos a tiros, que foram socorridos à Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas (UPA), na própria cidade do Prado. Outros jovens que estavam no mesmo grupo acusaram os policiais de truculência.

Após receberem os primeiros atendimentos em Prado os dois jovens feridos, que não tiveram os nomes divulgados, foram transferidos para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), unidade que possui mais recursos médicos, incluindo centro cirúrgico e Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Não há informações atualizadas sobre o estado de saúde deles.

Na tarde deste domingo, dia 19, o comando da 88ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), que tem sede em Alcobaça, mas também responde por Prado e Caravelas, divulgou uma nota acerca do caso. “Pelo que pudemos apurar até agora, a guarnição da Polícia Militar esteve no local (Praça de Eventos) para atender a diversas solicitações de perturbação do sossego, tendo em vista que um reboque (carretinha) de som estava com o volume muito alto, causando incômodo a várias pessoas. Na primeira vez que lá estiveram, o dono do som não se apresentou, apenas diminuiu o som, provavelmente com um controle remoto, e considerando que o problema tinha sido resolvido, os policiais saíram pra atender a outra ocorrência do mesmo tipo lá na área da Cabana 51”, diz.

E prossegue: “Após retornarem de lá, foram novamente acionados pela Central que recebeu denúncia de que tinham aumentado o volume novamente. Os policiais retornaram à Praça de Eventos e como desta vez nem o proprietário do som se apresentou, nem diminuiu ou desligou o volume, o guincho foi acionado. Momentos após, quando viram a chegada do guincho se posicionando para recolher o reboque com o som, vários dos presentes se comportaram de maneira hostil, conforme pode-se perceber no vídeo em anexo, inclusive, tentando impedir os policiais de fazerem a apreensão da aparelhagem de som, procedimento previsto em legislação”.

E completa a nota: “Após o descrito, os policiais tiveram que utilizar a força, até mesmo para resguardar sua integridade física, e como não surtiu efeito devido à grande quantidade de pessoas hostis à ação policial, eles se viram obrigados a utilizar os meios que tinham à disposição para resguardar sua própria integridade física, não permitindo que ocorresse como já aconteceu em outros locais, de populares tomarem as armas dos policiais e os vitimarem. Desta forma, fizeram uso da arma de fogo, tendo ainda a preocupação de evitar atingir os suspeitos em pontos vitais, mas agindo de maneira suficiente para repelir injusta agressão. Logicamente que isso tudo ainda será formalmente apurado, inclusive, sendo ouvidos os suspeitos atingidos pelos disparos, bem como outras testemunhas, produzidos outros meios de prova como perícias e laudos de lesões corporais”.

FRIBOI: JBS e BRF desabam na Bolsa com operação da Polícia Federal


Executivos das companhias foram presos na operação da Polícia Federal chamada Carne Fraca e que foi deflagrada na manhã de hoje

imagenes715a

São Paulo – As ações da JBS e da BRF ampliaram a queda na tarde desta sexta-feira (17). Os papéis da JBS registravam queda de 11,09% e da BRF de 8,25%. As ações eram negociadas em 10,66  reais e 36,71 reais, respectivamente.

O mercado repercute a Operação Carne Fraca que foi deflagrada pela Polícia Federal na manhã de hoje.

Em nota, a PF informou que aproximadamente 1.100 policiais federais estão cumprindo 309 mandados judiciais, sendo 27 de prisão preventiva, 11 de prisão temporária, 77 de condução coercitiva e 194 de busca e apreensão em residências e locais de trabalho dos investigados e em empresas supostamente ligadas ao esquema.

Segundo o jornal O Globo, entre os executivos que foram presos estão o gerente de Relações Institucionais do Grupo BRF, Roney Nogueira dos Santos, e o funcionário da Searea, do grupo JBS, Flavio Cassou.

O jornal afirma ainda que a decisão também prevê o bloqueio de contas bancárias e de aplicações financeiras de até 1 bilhão de reais e o bloqueio de outros bens de 46 pessoas, entre elas Flavio Cassou, do JBS, e Roney Nogueira dos Santos, do BRF. A Justiça determinou o bloqueio de até R$ 1 bilhão das contas de 46 investigados na operação. “Carne Fraca”: internet não perdoa nome da nova operação da PF

A operação detectou em quase dois anos de investigação que as Superintendências Regionais do Ministério da Pesca e Agricultura do Estado do Paraná, Minas Gerais e Goiás “atuavam diretamente para proteger grupos empresariais em detrimento do interesse público”.

Distribuidora-Academia-33-770x470

Em comunicado enviado ao mercado, a JBS afirmou que não há nenhuma medida judicial contra os seus executivos e que a sua sede não foi alvo da operação. Confira o comunicado na íntegra.

A JBS S.A. (IBOV: JBSS3, OTCQX: JBSAY, “Companhia”; “JBS”) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em relação a operação realizada pela Polícia Federal na manhã de hoje, a JBS esclarece que não há nenhuma medida judicial contra os seus executivos. A empresa informa ainda que sua sede não foi alvo dessa operação. A ação deflagrada hoje em diversas empresas localizadas em várias regiões do país, ocorreu também em três unidades produtivas da Companhia, sendo duas delas no Paraná e uma em Goiás. Na unidade da Lapa (PR) houve uma medida judicial expedida contra um médico veterinário, funcionário da Companhia, cedido ao Ministério da Agricultura. A JBS e suas subsidiárias atuam em absoluto cumprimento de todas as normas regulatórias em relação à produção e a comercialização de alimentos no país e no exterior e apoia as ações que visam punir o descumprimento de tais normas. A JBS no Brasil e no mundo adota rigorosos padrões de qualidade, com sistemas, processos e controles que garantem a segurança alimentar e a qualidade de seus produtos. A companhia destaca ainda que possui diversas certificações emitidas por reconhecidas entidades em todo o mundo que comprovam as boas práticas adotadas na fabricação de seus produtos. A Companhia repudia veementemente qualquer adoção de práticas relacionadas à adulteração de produtos – seja na produção e/ou comercialização – e se mantém à disposição das autoridades com o melhor interesse em contribuir com o esclarecimento dos fatos.

A BRF também enviou um comunicado ao mercado afirmando que está colaborando com as autoridades para esclarecimento dos fatos. Disse ainda que cumpre as normas e regulamentos referentes à produção e comercialização de seus produtos.  Veja na íntegra.

BRF S.A. (“BRF” ou “Companhia”) (BM&FBovespa: BRFS3; NYSE: BRFS), nos termos da Instrução CVM nº358, de 3 de janeiro de 2002, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em relação à operação da Polícia Federal realizada na manhã desta sexta-feira, está colaborando com as autoridades para esclarecimento dos fatos. A companhia reitera que cumpre as normas e regulamentos referentes à produção e comercialização de seus produtos, possui rigorosos processos e controles e não compactua com práticas ilícitas. A BRF assegura a qualidade e a segurança de seus produtos e garante que não há nenhum risco para seus consumidores, seja no Brasil ou nos mais de 150 países em que atua.

Léo Brito contrata empresa de transportes, de vice-prefeito do PP de Mário Negromonte, por meio-milhão de reais


Prefeito Léo Brito acaba de firmar um contrato polêmico envolvendo dinheiro dos contribuintes. Por meio milhão de reais, Léo assinou um contrato com a empresa LN Serviços, de propriedade do vice-prefeito Márcio Oliveira, de Santa Luz, município cerca de 1.000 km distante de Alcobaça.

léo jpg

Ligado ao grupo político do conselheiro do Tribunal de Contas da Bahia Mário Negromonte e do deputado Federal Mário Negromonte Jr., Márcio prestará serviços na locação de veículos e máquinas pesadas.

Teoricamente, Márcio deveria fornecer os veículos e máquinas necessárias às prestações dos serviços desenvolvidos pela Prefeitura, entre eles locações de ônibus para transporte escolar pagos – detalhe – com dinheiro do FUNDEB, recurso federal. Mas, na prática, o que acontecerá, é que a empresa será apenas uma “fachada” para a locação de veículos locais, de cabos eleitorais ligados ao prefeito.

alcobaça

A publicação do contrato foi publicada na última semana e deixou a comunidade de cabelo em pé. Léo, que na gestão anterior votou com Mário Negromonte para deputado, faz silêncio.Sobre o contrato, a Câmara Municipal não se manifestou. O atual presidente, Érico Miranda, até onde se tem notícia gosta de um “contratinho de locação”. Se ele ou os demais vereadores irão se manifestar, só esperando a próxima sessão para ver.

Por TransparênciaBaihia

Prado: Prefeitura municipal inicia e executa diversas obras pela cidade.


retro

Depois do ressesso e das festividades do verão 2017 a Prefeitura municipal de prado começou o ano a todo vapor.

A prefeitura municipal de Prado através da secretaria de obras vem executando diversas obras pela cidade.

Foi retomada esta semana à obra de pavimentação no Bairro São Brás, um benefício que aumenta ainda mais a importância daquela que vem se constituindo numa importante alternativa de moradia e empreendimentos.

obras são bras

A complementação da pavimentação, vem comprovar o compromisso assumido pela prefeita Prefeita Mayra Brito, quando a mesma assegurou, que a pavimentação seria realizada em toda a extensão da avenida Amazonas. “Tenho dito e reafirmo que nada vence o trabalho. Nós redobramos os nossos esforços, renovamos a cada dia o desejo de trabalhar por um município melhor, e continuamos realizando obras que estão transformando positivamente a cidade e a vida da população”, disse.

Outra importante obra retomada foi a urbanização da Avenida José Fonte Almeida (Avenida do Farol) obra  conquistada pela prefeita Mayra Brito, que vai custar mais de 2 milhões reais e um dos maiores investimentos de mobilidade urbana feira na Cidade.

avenida

E não para por ai.  Ontem dia 16 foram iniciadas as obras de construção da Praça do Artesanato, na Avenida 2 de julho, no centro da cidade.

A obra terá um grande impacto social e cultural. No local, além da praça nova, funcionará também a feira do Artesão, valorizando ainda mais os artistas, todos ganharão, pois terão maior visibilidade e espaço adequado para comercialização de seus projetos.

artesato.

Conforme a prefeita Mayra Brito (PP), a obra vai promover adequação para os artesãos. “Essa é uma das grandes reivindicações, principalmente dos artesãos que sempre pediram um local bem organizado e essa obra vai promover essa organização e melhorar outros aspectos”, destaca.

ate

 

 

 

Aeroporto de Salvador é arremetado por R$660 milhões; conheça empresa vencedora


Consórcio francês é responsável por aeroportos de 35 cidades pelo mundo, incluindo as capitais Lisboa e Santiago, do Chile e Portugal

Aeroporto_Salvador_GovBA

O martelo foi batido e a empresa Vinci Airports, da França, venceu nesta sexta-feira (16) o leilão pela concessão do Aeroporto de Salvador por R$ 660.943.107,00, 25% do valor da outorga mais ágio. Além do equipamento da capital baiana, foram leiloados os de Fortaleza (CE), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS).

Além da Vince, outros dois grupos estrangeiros – a alemã Fraport e a suíça Zurich – levaram as concessões dos quatro aeroportos. O investimento mínimo projetado para todos eles juntos é de R$ 6,61 bilhões durante o prazo de concessão, que será de 30 anos.

O prefeito ACM Neto comemorou o resultado do leilão de privatização do Aeroporto Internacional de Salvador. O gestor disse que o turismo da cidade vai crescer com os investimentos que serão feitos pela iniciativa privada. “Esse é um passo muito importante para o turismo em nossa cidade. A Prefeitura tem investido bastante na atração de visitantes como forma de aquecer a economia, tanto com recursos próprios quanto através de financiamentos que estamos contratando, e agora poderemos crescer ainda mais nesse setor”, afirmou ele.

Cerca de 21 mil passageiros passam todos os dias pelo terminal de Salvador, avaliado, em recente pesquisa feita Secretaria da Aviação Civil, como o segundo pior do país. Em uma escala de 1 a 5, o aeroporto recebeu a nota 3,67.

Segundo a Anac, os quatro aeroportos leiloados são responsáveis por 11,6% dos passageiros, 12,6% das cargas e 8,6% das aeronaves do tráfego aéreo brasileiro total.

Vinci_Kanzai

A empresa
O equipamento da capital baiana fará parte de uma lista com 35 aeroportos controlados pela Vinci pelo mundo, como de cidades do Japão, Portugal, França, República Dominicana e Chile. O consórcio está no ranking dos cinco líderes mundiais em gestão aeroportuária.