Ex-candidata a vereadora do PSDB é flagrada saqueando loja no ES


f79e874a97938d03e23707f2a0be60a1

Em meio à crise de segurança pública que explodiu no Espírito Santo, devido à paralisação da Polícia Militar, foram registrados vários saques e roubos a lojas, na capital Vitória e em cidades do interior.

Segundo o site Folha do ES, entre os autores dos saques às lojas da cidade de Cachoeiro está a Marcela Ranocchia, que foi candidata a vereadora em 2016, pelo PSDB.

O crime foi registrado nessa segunda-feira, 6. Marcela foi flagrada saindo de uma loja com várias sacolas nas mãos. A imagem repercutiu fortemente nas redes sociais.

O diretório do PSDB em Cachoeiro divulgou nota de repúdio ao crime praticado pela filiada tucana.

Leia a nota na íntegra:

“Nota 

O PSDB Cachoeiro vem a público dizer que tomou conhecimento, através das redes sociais, de que uma candidata ao pleito de vereadora no ano de 2016 pelo partido participou dos saques ocorridos em Cachoeiro de Itapemirim, no dia 06/02/17.
As medidas cabíveis para a verificação e punição pelo partido já estão sendo adotadas, inclusive com a instauração de processo disciplinar no Conselho de Ética e Disciplina. Confirmado o fato, após a garantia da ampla defesa e do contraditório, será expulsa.
O PSDB Cachoeiro repudia veementemente qualquer ato de vandalismo ou de ação criminosa perpetrado por qualquer pessoa, ao mesmo tempo em que afirma que a conduta de um de seus membros não se assemelha aos dos demais participantes da sigla.
Cícero Moura
Presidente do PSDB Cachoeiro”

Carreta dos Correios pega fogo em Itabela


acidente_em_itabela_2-696x326

No início da tarde desta terça-feira (07), incêndio destruiu uma carreta dos Correios na altura do KM 740 da BR-101, distante cerca de sete quilômetros do município de Itabela. A pista precisou ser parcialmente interditada.

acidente_em_itabela_1

As causas que levaram ao incêndio ainda são desconhecidas.  De acordo com a PRF, a carreta que pertence aos Correios, seguia no sentido à cidade de Itabela.

Segundo informações, o princípio de fogo surgiu na cabine ao passar por uma curva acentuada, daí as chamas se espalharam por todo o veículo. O motorista conseguiu se salvar, sem ferimentos graves.

Chacina de Porto Seguro ganha destaque na pauta da Câmara Federal.


Chacina de Porto Seguro ganha destaque na pauta da Câmara Federal

cfe3e60898d58d6192b51529c1a2c748e37be88b

Na foto das vítimas, Athos Moura (boné preto) segue internado em estado grave

A chacina que deixou oito mortos e um ferido na noite do último domingo (05), em Porto Seguro, município do sul da Bahia, foi um dos destaques de pauta na sessão plenária desta terça-feira (07) da Câmara Federal, em Brasília. Na oportunidade, o deputado Uldurico Júnior (PV/BA) utilizou a tribuna da casa legislativa para cobrar ações mais efetivas no enfrentamento ao crime organizado na cidade do descobrimento.

“A cidade de Porto Seguro encontra-se assustada. Como representante da região, tenho a obrigação de cobrar, como já cobrei à prefeitura municipal e governo estadual, venho aqui publicamente cobrar, em especial, ao presidente da república, Michel Temer, apoio da Força Nacional. A cidade Terra Mãe do nosso país chaga ao quinto município mais violento do Brasil com taxa de mortalidade nas alturas e convivendo diariamente com guerras entre facções”, explicou o parlamentar.

a64d7b1f72d9bea60fe12f05c70348bec750ef66

Ainda em discurso, Uldurico pediu empenho das autoridades na apuração crime e punição exemplar para os responsáveis pela barbárie. “Oito jovens foram assassinados onde os autores do crime utilizaram fuzis só usados pelo Exército Brasileiro. E mais grave e assustador em tudo isso, são as autoridades públicas acharem que fatos como esse são normais. Portanto, cumpro meu papel como deputado daquela cidade cobrando comprometimento na investigação dos fatos para que possamos viver numa cidade com dias melhores”, finalizou o verde.

Segundo a Polícia Civil, as vítimas foram mortas após voltarem de uma festa conhecida como “paredão”, que ocorreu na orla de Porto Seguro. Elas estavam em uma casa no bairro de Porto Alegre I, quando foram surpreendidas por homens fortemente armados. Os bandidos mandaram as mulheres saírem da casa e atiraram nas vítimas. Entre os mortos, há filhos de policiais civis e militares.

Ontem (07), sete dos oito jovens vítimas da chacina foram sepultados em diferentes cemitérios da cidade onde aconteceu o crime e, também, nos municípios de Itabuna e Mascote, na mesma região do estado. O jovem Igor Lélis dos Santos Santana (filho de um policial militar) já havia sido enterrado na segunda-feira (6), um dia após o ataque. A vítima que ficou ferida na chacina segue internada no Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro. De acordo com a equipe clínica da unidade hospitalar, o estado do jovem é grave.

Investigação

Após ouvir testemunhas, a polícia já teria identificado alguns dos suspeitos, que não tiveram os nomes revelados para não atrapalhar a investigação. O grupo é suspeito de ter executado outras vítimas e de ter participado de outra chacina, há dois anos e meio, quando seis pessoas foram mortas. Nenhuma das vítimas tinham passagem pela polícia.

Na foto das vítimas, Athos Moura (boné preto) segue internado em estado grave

Pediu cachaça, tentou roubar celular e acabou surrado em Teixeira de Freitas


paud1-1200x545_c

Na tarde desta terça-feira, dia 7 de fevereiro, a central de comunicação da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas (CIPM), foi acionada através do telefone 190, para que uma guarnição pudesse atender uma ocorrência no Bairro Bela Vista, região central da cidade, onde um homem, acusado de roubo tentado, havia sido detido e espancado por moradores.

As primeiras informações davam conta que o mesmo teria tentado roubar um aparelho celular de uma mulher que estava em um bar, mas acabou detido pelo esposo da mesma e logo depois havia sido surrado por populares

O acusado foi identificado como Carlos Roberto Costa da Silva, de 27 anos de idade, que disse residir no Jardim Planalto. O mesmo foi socorrido pelos policiais do PETO até o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), onde passou por atendimento médico, e logo depois foi encaminhado à sede da 8ª Coorpin, onde acabou apresentado à delegada Maria Luíza Ribeiro, de plantão na unidade.

Em depoimento à polícia, o acusado contou que foi conversar com uma senhora, quando a mesma lhe alertou que o seu marido era muito ciumento.

Essa versão é contrariada por testemunhas, que disseram ao policiais que o elemento aproximou-se da vítima querendo uma dose de cachaça e logo depois tentou roubar o seu celular, momento que foi seguro pelo marido da mesma e logo depois passou a ser agredido pelos populares. Ele permanece preso é deve responder por roubo tentado. (Da redação TN)

Rui Costa visita Alcobaça nesta próxima sexta-feira (10)


ruileod-1200x545_c

O município de Alcobaça, atualmente administrado pelo prefeito Leonardo Coelho Brito (PSD), receberá nesta sexta-feira, dia 10 de fevereiro, o governador Rui Costa, que participará de um evento onde serão assinados convênios do Bahia Produtiva, além de efetuar a entrega de viaturas policiais para o reforço do policiamento nos municípios da região.

O prefeito anfitrião, Léo Brito, que foi eleito presidente da Associação dos Prefeitos do Extremo Sul da Bahia (APES), acaba de afirmar que o evento terá início às 9h e fez questão de convidar as principais autoridades da região para a recepção ao chefe do Executivo Estadual. (Da redação TN)

CRISE NO ES: Policiais suspendem recebimento de cadáveres no DML


Corpos estão jogados no chão como se fosse um campo de batalha na Síria”, diz delegado

CORPOS AMONTOADOS

1_dml_02-4890620

Em virtude da superlotação de cadáveres no Departamento Médico Legal (DML), policiais civis suspenderam o recebimento de novos corpos nesta segunda-feira até que a situação seja normalizada.

Eles pediram à chefia da Polícia Civil para que sejam providenciadas novas câmaras refrigeradas ou veículos que possam manter os corpos em condições adequadas.

Segundo o presidente do sindicato dos delegados, Rodolfo Laterza, as 12 câmaras estavam ocupadas e outros 16 corpos estavam espalhados pelos corredores.

“Novos corpos só serão admitidos quando a lotação máxima esvaziar. É barbaridade ter um cadáver no chão, independentemente de ser um suspeito. Estão jogados no chão como se fosse um campo de batalha na Síria”, declarou.

O Departamento Médico Legal de Vitória (DML) atingiu o limite de sua capacidade de operação por conta dos homicídios registrados neste final de semana na Grande Vitória. De acordo com o Sindicado dos Policiais Civis (Sindipol), mais 52 corpos chegaram o local e aguardam liberação. Grande parte deles está espalhada pelo chão ou em cima de macas.

De meia-noite até as 11 horas desta segunda-feira (06), 28 corpos deram entrada no prédio. O DML tem capacidade para 60 corpos dentro das geladeiras, e os espaços já estavam todos ocupados.

As cenas descritas por familiares é de espanto. “Uma cena brutal”, disse o eletricista Mauro Trugilho, 35 anos, que foi liberar o corpo do sobrinho de 21 anos. O rapaz foi assassinado em Porto de Santana, Cariacica, na madrugada de domingo (05). Ele chegou às 6h, e até às 11h ainda aguardava atendimento.

“Vi uma cena de guerra. Não conseguimos fazer o reconhecimento e não sabemos quando é que vamos conseguir”, disse outro familiar que não quis se identificar.

Segundo Jorge Emilio Leal, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol), o DML não tem profissionais suficientes para fazer o trabalho de liberação e autópsia dos corpos. Ele informou que faltam até médicos legistas no local. “A situação dentro do DML é caótica. O sistema está precarizado e é um reflexo da falta de políticas de segurança pública”, afirmou. (Com informações de Maíra Bandeira)

 

 

Policial civil que teve dois filhos mortos em chacina é de Itabuna; caminhonete usada pelos criminosos era roubada


chad11-1200x545_c

No fim da manhã desta segunda-feira, dia 6 de fevereiro, o Departamento de Polícia Técnica de Porto Seguro (DPT), divulgou os nomes dos oito jovens mortos durante uma chacina ocorrida na noite do dia anterior, durante uma festa que acontecia numa casa no Bairro Porto Alegre I, em Porto Seguro.

Entre os mortos, estão os irmãos Vitor Cláudio Nascimento Bispo e Caio Lancaster Nascimento Bispo, filhos do policial civil Cláudio Bispo dos Santos. Eles eram de Itabuna e estavam morando em Porto seguro desde o ano 2000, onde o pai deles trabalhava.

As outras vítimas fatais foram identificadas como Leandro de Jesus Feitosa e Gabriel de Jesus Feitosa, que também eram irmãos, além de Felipe Ricardo Lopes Borges, Igor Lélis dos Santos, Gabriel Lobo e o Cabo da Aeronáutica, Vinícius Bispo Santos.

O delegado Moisés Damasceno, que assumiu recentemente o comando da 23ª Coorpin, com sede em Eunápolis, mas que possui base de atuação em toda a Costa do Descobrimento, está em Porto Seguro, acompanhando de perto as investigações.

Segundo Damasceno, os criminosos chegaram em uma Ranger, de cor vermelha, veículo roubado e que foi abandonado logo depois da chacina, vestindo roupas pretas camufladas e com toucas cobrindo o rosto e se identificaram como sendo policias.

Vídeo: “Eu mato e bebo o sangue”, disse homem que matou mulher a facadas no Bela Vista


Nova Viçosa: Por volta de 00h50, desta segunda-feira, 06 de fevereiro, foi apresentado no Plantão Regional de Teixeira de Freitas (8ª COORPIN), o indivíduo, identificado como Luan Ribeiro dos Santos. Segundo policiais militares de Posto da Mata, o Luan é acusado de ter praticado um homicídio, na companhia de um comparsa, utilizando-se de uma faca, em que desferiu diversos golpes nas costas da vítima, até a morte. A vítima foi identificada como Atila Maria Tiago da Silva, 35 anos de idade

De acordo com os militares, a vítima e seu esposo estavam bebendo mais cedo, por volta das 18h30, no Bar da Zilda, na companhia dos dois autores e eles teriam discutido. Por volta das 22h30, os dois indivíduos arrombaram a porta e invadiram a casa da vítima, desferindo os golpes na mulher. O esposo correu ao ver a ação dos criminoso. O outro acusado conseguiu fugir, e o Luan foi capturado na BR 101, nas proximidades da quadra de esportes do referido distrito e recebeu voz de prisão. A faca do crime estava no local da ação.

bsang1

O acusado foi conduzido para Teixeira de Freitas, mas, antes de ser apresentado, os militares precisaram passar no HMTF, para que o Luan fosse medicado, pois ele estava muito alterado, visivelmente sobre efeitos de álcool ou drogas. Nossa equipe de reportagem flagrou o acusado no xadrez da viatura, e bastante alterado ele confessa o crime. “Matei mesmo porque o marido dela me ameaçou. Eu mato e bebo o sangue, não vou ficar preso a vida toda. E se eu não morrer na cadeia eu vou matar de novo”, disse.

bsang2

Segundo o esposo da vítima, realmente houve uma discussão e que mais tarde os dois invadiram a sua casa, cada um com uma faca na mão. “Eu não tinha como enfrentar os dois armados com a faca e corri, pulei a cerca de arame e alguns muros”, disse o esposo. Um inquérito policial foi instaurado. A polícia procura o segundo acusado, identificado pelo prenome de Rodrigo. O procedimento será encaminhado ao delegado de Nova Viçosa, Maderson Souza.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Prado: Secretária realiza curso de humanização e capacitação para profissionais da área de saúde.


16522075_1364802843600236_1906771546_o

A prefeitura municipal de Prado através da secretaria de saúde realizou um curso de Humanização na Saúde.

O evento aconteceu nesta segunda feira dia 06 na câmara de vereadores e faz parte do projeto Programa de Educação Permanente,  que visa qualificar todos profissionais da área de saúde em Prado.

O curso foi coordenado Pelo Secretário de saúde Luciano Ferreira da Mota e o diretor Lucas Barreto e teve como palestrante Caio Rodrigues.

Segundo o diretor de saúde Lucas Barreto a Prefeita Mayra Brito tem sido uma parceira fundamental,  apoiando e dando condições para realização dos projetos.

16650396_1364803436933510_1194465958_n

Humanização na Saúde:

A humanização é descrita, no campo da saúde, como uma aposta ético-estético-política. É uma aposta ética porque envolve a atitude de usuários, gestores e profissionais de saúde comprometidos e co-responsáveis. É estética porque se refere ao processo de produção da saúde e de subjetividades autônomas e protagonistas. E é política porque está associada à organização social e institucional das práticas de atenção e gestão na rede do SUS.

Com base nesta concepção, foi criada pelo Ministério da Saúde, em 2003, a Política Nacional de Humanização, atuando de forma transversal às demais políticas de saúde, a fim de impactá-las e interferir na qualificação da atenção e gestão do SUS. Sua criação se deve à necessidade de avanço e qualificação do sistema nacional de saúde, na relação e nos processos de atenção ao usuário, bem como no trabalho de gestores e trabalhadores da área, reconhecendo a singularidade e a capacidade criadora de cada sujeito envolvido.

A Política Nacional de Humanização se pauta em três princípios: inseparabilidade entre a atenção e a gestão dos processos de produção de saúde, transversalidade e autonomia e protagonismo dos sujeitos. Além disso, está em constante atualização, em busca de coerência com os princípios do SUS, sendo uma política institucional construída coletivamente, envolvendo não só o governo federal, mas as instâncias estaduais e municipais. Para se efetivar a humanização é fundamental que os sujeitos participantes dos processos em saúde se reconheçam como protagonistas e corresponsáveis de suas práticas, buscando garantir a universalidade do acesso, a integralidade do cuidado e a equidade das ofertas em saúde