Inelegível: Juiz Leonardo Coelho cassa chapa Gilvan Produções e Carlão. Ambos estão inelegíveis por 8 anos


Durante a manhã desta quarta-feira (29), estava marcada uma audiência contra a chapa da atual prefeita, mais a audiência foi suspensa após os advogados de Mayra Brito e Lindão entrarem com um pedido de suspeição.

4cba78be-e29c-4cee-a92b-87a67830e52c

PRADO – O juiz eleitoral Leonardo Santos Vieira Coelho cassou, na última terça-feira (28/03), a chapa do candidato a prefeito Gilvan Produções, e de seu vice, Carlão da Saúde.

Gilvan e Carlão eram investigados pela prática de corrupção eleitoral, abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio por distribuição de combustível, bebidas e a realização de showmício com banda e mini-trio nas últimas eleições.

3-3

Na decisão, o juiz narrou que “os representados, de maneira maliciosa, tentaram burlar a legislação eleitoral (…) e realizaram um verdadeiro showmício com banda, minitrio, animando eleitores. (…) houve distribuição de combustível e bebidas a eleitores, narrou.

17668713_1416441951769658_1047765546_o

“Tal situação causa desequilíbrio no pleito eleitoral configurando abuso do poder econômico e político (…) a gravidade do orquestrado restou comprovado.”, disse o juiz.

Pela prática de crime eleitoral, o juiz cassou a chapa de Gilvan e Carlão, determinando que ambos fiquem inelegíveis por 8 anos.

17668848_1416434088437111_595656513_o

Conta de luz será reduzida, em média, 15,46% na Bahia no mês de abril


Coelba-510x330

A conta de luz será reduzida, em média 15,46% na Bahia no mês de abril para consumidores residenciais, de acordo com comunicado da Companhia de Energia Elétrica da Bahia (Coelba). A redução tarifária, sem considerar os tributos, será de R$ 6,65 a cada 100 kWh consumidos.

A medida de redução na tarifa de energia foi determinada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), na terça-feira (28), para compensar os consumidores pela cobrança indevida de um encargo voltado a remunerar a usina de Angra 3, no Rio de Janeiro.

Conforme a Coelba, a percepção da redução tarifária nas faturas dos consumidores se dará de acordo com os ciclos de leitura e faturamento de cada um, sendo que, em geral, será completada em dois meses.

Por exemplo, se um cliente que teve o consumo aferido entre os dias 21 de março e 20 de abril, terá 10 dias com a tarifa vigente em março e 20 dias com a nova tarifa reduzida. Na conta do mês seguinte, o consumidor perceberá uma redução proporcional no valor referente aos demais 10 dias de abril com tarifa ajustada.

Devolução
De acordo com a Aneel, no total, deverão ser devolvidos R$ 900 milhões cobrados nos últimos meses por meio do encargo, inserido nas contas de luz desde o ano passado de maneira indevida, já que Angra 3 ainda não entrou em operação.

A Usina de Angra 3 deveria ter começado a entrar em operação em janeiro de 2016. No entanto, as obras do empreendimento estão atrasadas e ainda não há previsão de quando a usina começará a fornecer energia elétrica.

Mesmo assim, as projeções de custos de encargos operacionais de Angra 3 foram bancadas pelo consumidor. Ou seja, foram parar na conta de luz de todas as regiões do Brasil.

G1

Vídeo: mulher furta carteira de cliente dentro de loja


Imagens de uma câmera de videomonitoramento mostram a ação ousada de uma mulher dentro de uma loja. Ela percebe que uma cliente está com a bolsa aberta e se aproxima como quem está pegando um produto na prateleira, mas se aproveita para furtar a carteira.

Ainda não há informações se a mulher foi identificada.

Veja a ação:

Irmãos que ajudaram a matar Alana se entregam à polícia


lop

Os irmãos Paulo César Santos de Jesus, de 20 anos e Ismael Santos de Jesus, de 18, acusados de participação do assassinato da adolescente Alana Ribeiro dos Santos, 16 anos, se apresentaram à delegacia de polícia de Eunápolis, acompanhados de um advogado, no fim da manhã desta terça-feira (28). Paulo e Ismael foram apontados pelo outro acusado, Bruno Almeida, 19 anos, preso na segunda-feira, como coautores do crime.

Os acusados e a vítima eram amigos, estudaram na mesma escola e moravam no mesmo bairro, o Vila Olímpica. Alana, que tinha um relacionamento com Bruno, disse ao jovem que estaria grávida, fato que acabou determinando a sua morte.  Paulo declarou que Bruno o convidou e a Ismael para irem até o local onde Alana foi morta, próximo a uma lagoa entre os bairros Stela Reis e Ariosvaldo Reis. “Eu e o Ismael estávamos lá quando Bruno chegou com a Alana. Os dois começaram a discutir e o Bruno tentou agredi-la com uma faca”, relatou Paulo, afirmando ainda que a jovem acabou sendo espancada por ele e por Bruno e que Ismael ficou apenas olhando.

O trio utilizou uma faca e uma estaca de madeira para espancar a jovem. As armas do crime foram localizadas pelos investigadores da Policia Civil numa lagoa próxima ao local onde o corpo de Alana foi encontrado. “Os acusados apontaram onde as armas haviam sido deixadas após o crime”, revelou o novo delegado titular da 1ª Delegacia Territorial, Bernardo Pacheco, que também participou das investigações. “Inicialmente eles tentaram agredir a jovem com uma faca e depois Bruno e Paulo se intercalaram agredindo Alana com a estaca de madeira.

Ismael teria ficado responsável pela segurança da área”, relatou o delegado Moisés Damasceno, coordenador da 23ª Coorpin, com base nos depoimentos dos acusados. Bruno, Paulo e Ismael foram autuados por homicídio qualificado por motivo torpe. Inicialmente os três ficarão custodiados na Delegacia de Eunápolis, até a justiça determinar a transferência para o Presídio. De acordo com a policia, Ismael já tinha passagem por porte de arma quando ainda era menor de idade.

Fonte: Radar64

Governador Rui Costa discute ações do Pacto pela Vida nesta quarta-feira (29) no Sul da Bahia


ruid-1200x545_c

O Governador Rui Costa estará nesta quarta-feira (29) no sul da Bahia, onde participará da quarta reunião itinerante do Programa Pacto pela Vida, fechada à imprensa. O encontro, que também terá representantes de órgãos e entidades da área de segurança, será no Cidadelle House, situado na Rodovia Ilhéus-Itabuna, Km 24, ao lado do Atacadão.

Às 13h, o governador fará a entrega de viaturas para unidades das polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros para municípios da região, no estacionamento do Cidadelle House. Segundo o governo, 16 viaturas serão destinadas para a Polícia Civil em Buerarema, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Maraú, Ubaitaba, Ilhéus, Itabuna, Itajuípe e Iguaí.

Serão entregues outras 20 viaturas para as unidades da Polícia Militar dos municípios de Itabuna, Ilhéus, Camacan, Itacaré e Ibicaraí. Já o 4º e o 5º grupamentos de Bombeiros Militares (Ilhéus e Itabuna) receberão novos veículos e equipamentos. (Informações: Blog Pimenta)

Vídeo: Moradores convivem com lixão e fumaça tóxica em Jucuruçu


Não precisa ser especialista pra saber que a fumaça proveniente da queima do lixo, com grande concentração de gases, é tóxica e pode provocar doenças.

É dessa maneira que vivem os moradores do Bairro Cachoeira, um novo loteamento que está surgindo em Jucuruçu, onde os habitantes têm que conviver com o mau cheiro, animais diversos, abutres e a fumaça da queima do material.

Ninguém sabe ao certo quem seriam as pessoas que ateariam fogo no lixo, apesar de haver a desconfiança que seja o próprio pessoal da coleta, que é ligado à Prefeitura.

Em um vídeo enviado ao Teixeira News pelo WhatsApp (73) 9 9917-7501, um morador e internauta do site, denuncia a situação e pede providências.

Jucuruçu, a exemplo da grande maioria das cidades menores da região, ainda não se adequou à legislação, que prevê destinação correta para os resíduos que cada município produz. Aqueles que não possuem recursos financeiros para construção de aterros sanitários, devem participar de consórcios ou adotarem medidas mais baratas, como valas compartilhadas, também chamadas de aterros em valas. (Por Ronildo Brito)

Homem baleado no Bairro Jaqueira não resiste e morre no Hospital Municipal de Itamaraju


jacad-1200x545_c

Na noite desta segunda-feira, dia 27 de março, moradores do Bairro Jaqueira, na região da cidade baixa, em Itamaraju, foram surpreendidos com vários estampidos de arma de fogo e assim que os tiros cessaram, alguns saíram de suas casas e depararam-se com um homem de prenome Cássio, baleado e perdendo sangue.

Antes mesmo da chegada do SAMU os moradores providenciaram o socorro da vítima ao Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), onde deu entrada em estado grave. Por volta das 20h30, apesar do esforço da equipe médica de plantão, foi constatado o óbito.

Informações dão conta que a vítima caminhava tranquilamente, quando um veículo aproximou e um dos ocupantes começou a efetuar tiros em sequência, possivelmente usando uma pistola. Foram ouvidos cerca de 15 disparos, reforçando a hipótese do pistoleiro ter usado mais de carregador da arma no crime.

Autoria e motivação do assassinato são desconhecidas e as investigações estão a cargo da delegada Rosângela Santos, titular da Polícia Civil no município de Itamaraju. (Por Ronildo Brito)

Internet: Informativo para clientes Italink em Prado


Italink

A provedora de internet Italink em respeito a seus clientes informa que devido a troca de equipamentos em sua torre, haverá interrupção no fornecimento de internet na cidade de Prado amanhã dia 28 de Março.

A Manutenção é necessária para melhorar ainda mais o serviço em nossa cidade.

Desde já agradecemos a compreensão de todos e estamos a disposição para mais esclarecimentos.

Fones: (73)3294-9275 / 6733

Vivo  99912-7074

Plantão: (73) 3312-7074

16105673_1337766362956389_3617905142992542080_n

Caso Carlinhos: mãe acusada de matar o filho se entrega à polícia


001 (3)

Apontada como mandante do assassinato do próprio filho, Alexandra Moura da Silva, 27 anos, se entregou à polícia nesta segunda-feira (27). Ela se apresentou na companhia de um advogado na Delegacia de Camaçari, região metropolitana de Salvador.
O menino Carlos Henrique Moura Maia Santos, 7 anos, foi morto em janeiro de 2015.  Ela está desaparecida desde o dia 16 de agosto do ano passado, quando foi decretada a prisão temporária.
De acordo com a polícia, a criança foi morta afogada por José Nilton Pereira da Silva, 35 anos, que já está preso. A delegada titular da Delegacia Homicídios de Camaçari (DH/RMS), Maria Tereza, Nilton tinha um relacionamento com a avó materna da criança e já era suspeito do crime quando foi preso por tráfico de drogas. Em depoimento, confessou ter afogado o menino após a promessa de Alexandra passar a noite com ele.
“Eu jamais faria isso com meu filho. A verdade vai aparecer. Ele está mentindo. Ele é capaz de matar uma criança e não vai ser capaz de mentir? Eu vim comparecer e não me entregar. Não me entreguei antes por causa de outros dois filhos”, disse a mulher.
Na época que foi preso, Nilton também afirmou que Alexandra tinha medo de que ele contasse para avó paterna da criança que ela tinha planos em participar de um assalto a um banco e que vendia drogas.
Segundo a delegada Maria Tereza, está claro que ela foi a mandante do homicídio. “Creio que vai ficar claro para a Justiça. O que está nos autos é o serve para investigação. Alessandra não satisfeita, porque o filho poderia levar ela a uma nova prisão, mandou matar o filho. Além disso, ela já tinha dito, segundo testemunhas, que mataria o próprio filho que ele falava demais”, afirma. Alexandra, que já foi presa por tráfico de drogas, vai cumprir 30 dias de prisão temporária.
O crime
O menino Carlos Henrique Maia Moura passava férias com a mãe quando desapareceu no momento em que brincava com outras crianças na rua. A família chegou a fazer cartazes procurando o garoto. Dois dias depois, o corpo do garoto foi encontrado com diversas marcas de arranhões, boiando em um córrego na localidade conhecida como Pinho, no bairro da Bomba, em Camaçari. Na época do crime, o padrasto da criança foi apontado como possível autor do homicídio e chegou a ser preso.
Informações do repórter Marcelo Castro

Criança de 3 anos cai de barco e morre afogada no mar de Alcobaça


meninad-1200x545_c

Tayla Francisco dos Santos, de 3 anos de idade, estaria num barco acompanhada da família, quando por volta das 14h deste domingo, dia 26 de janeiro, teria caído no mar, nas proximidades da praia. Ninguém sabe ao certo como o acidente ocorreu, apenas os familiares sentiram a falta da criança e logo em seguida começou o desespero.

O Grupamento do Corpo de Bombeiros de Teixeira de Freitas (GBM), foi chamado ao local e quando os mergulhadores chegaram, recolheram uma rede e localizaram o corpo da criança debaixo do “casco” da embarcação.

Logo depois o corpo foi removido ao Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), para exames de necropsia, que comprovaram a causa de morte como asfixia por afogamento. A ocorrência do caso foi apresentada ao plantão regional da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas e um inquérito policial foi instaurado pra investigar se os pais foram negligentes com a menina. (Por Ronildo Brito)