Fuga na Mata Escura: 24 internos saem pelo teto da Unidade Especial Disciplinar


001

A polícia está à procura de 24 presos que fugiram da Unidade Especial Disciplinar (UED), nesta segunda-feira (3). De acordo com informações do Sindicato dos Servidores Penitenciários da Bahia (Sinspeb), os internos escaparam por uma grade que fica do teto, conhecida como “solário”.

Entre os presos que fugiram, estava Lucas Santos de Almeida, conhecido como “Lucas Mata Rindo”. O suspeito pertence a um grupo criminoso baiano. Ele também era apontado como líder do tráfico de drogas no bairro de Cosme de Farias, em Salvador. A polícia realiza buscas para capturar os suspeitos e suspeita que estejam dentro do matagal.

004

A Sinspeb informou a reportagem do Bocão News que a estrutura da UED está bastante precária, seria necessário interditar a unidade para uma reforma. A fuga era eminente.

002

A reportagem do Bocão News entrou com contato com o núcleo de comunicação da A Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), que está apurando os fatos e enviará uma nota à imprensa.

Casal fica atrelado durante ato sexual e é socorrido em um carrinho de mão


nova1

Um casal do Quênia viveu momentos constrangedores ao ficar atrelado durante o ato sexual e ter quer se socorrido pelas ruas em um carrinho de madeira.

Segundo matéria divulgada pelo CMjornal, não é preciso saber a data e o local em que o vídeo amador foi feito, mas as imagens mostram o momento que o casal foi levado ao hospital.

As imagens mostram a mulher com o rosto coberto por um lençol e  o homem olhando envergonhado para o tumulto que gerou na rua com o fato no mínimo inusitado.

Segundo o site, o casal estava em um motel e de repente o homem percebeu que seu órgão genital estava preso na vagina da companheira. Desesperado, o casal começou a gritar por socorro e alguns clientes que estavam no motel naquele momento, saíram para ajudar o infortunado casal de amantes.

Sem outra opção para libertar o casal, populares arrumaram um carrinho de madeira, colocaram o casal e o transportaram pelas ruas até o hospital aonde recebeu ajuda médica.

Os médicos explicaram que a mulher pode sofrer de vaginismo, ou seja, contração involuntária dos músculos da vagina, o que torna a penetração dolorosa ou impossível.

Prefeitura: Distrito de São Francisco será contemplado com uma quadra poliesportiva.


12-quadra-poliesportiva

A prefeitura municipal de Prado através da secretária de obras realizará a construção de uma Quadra Poliesportiva no distrito de São francisco.

A parceria foi feita com o Ministério do Esporte, Caixa Econômica, e Governo Federal, com um investimento de quase 250.000.00 (duzentos e cinquenta mil reais) e tem previsão para termino em dezembro desde ano.

O investimento no esporte é uma das prioridades do governo da prefeita Mayra Brito,  Além de melhorar a saúde, tirar os jovens do mundo das drogas,  a prática de atividades esportivas é importante para garantir avanços sociais conclui a Prefeita.

O vereador Odilei que mora no distrito de são francisco,  comemorou em sua página  nas redes sociais a conquista da quadra Poli Esportiva para a localidade.

Jovem é executado a tiros enquanto dormia em Caravelas


dupho

Caravelas: Na noite deste sábado, policiais militares de Caravelas foram acionados para atender a uma ocorrência de homicídio, na Rua da Liberdade, no Bairro Nova Coreia. Chegando ao local, os militares confirmaram o fato é preservaram a área até a chegada da Polícia Civil. A vítima foi identificada como sendo, Miller Nascimento de Jesus, 34 anos de idade, morador do referido endereço.

O corpo da vítima foi encontrado deitado sobre um colchão da residência, com perfurações aparentemente de projéteis de arma de fogo, na cabeça e no braço esquerdo. Após levantamento cadavérico, foi autorizada a remoção do corpo ao IML de Itamaraju. Segundo a polícia, ninguém soube informar como aconteceu o crime. No local,  permaneceu a “Lei do Silêncio”.

Segundo informações levantadas por nossa equipe, a vítima tinha algumas passagens por pensão alimentícia e que há suspeitas de que o Miller estaria fazendo uso de drogas e, ainda poderia estar comercializando também, mas, nada comprovado. Um inquérito policial foi instaurado para investigar autoria e motivação do crime.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Cova rasa: Irmãs que estavam desaparecidas são encontradas mortas em Itabela


itabelad-1200x545_c

Itabela – As irmãs Nathielly Soares, de 16 anos e Jhacy Soares, 14, estavam desaparecidas desde quinta feira, dia 30 de março e na manhã deste domingo (2/4), após buscas, familiares localizaram os corpos das duas enterrados na mesma cova, numa região de difícil acesso entre os bairros Bandeirante e Ubirajara Brito.

Acompanhados dos familiares os policiais militares do 4º Pelotão de Itabela, que é vinculado à 7ª Companhia Independente de Eunápolis (CIPM), foram ao local e confirmaram que os dois corpos eram mesmo das duas menores que estavam desaparecidas. Até o momento, segundo a polícia, não há nenhum indício do envolvimento das jovens com nenhuma modalidade de crime.

Ainda neste domingo, dia 2, os corpos foram removidos ao Departamento de Polícia Técnica de Eunápolis (DPT), para necropsia, procedimento que vai precisar as causas das mortes, bem como esclarecer se as adolescentes sofreram abuso sexual antes de serem assassinadas.

Além da Polícia Civil da própria cidade de Itabela, a 23ª Coorpin de Eunápolis, atualmente gerida pelo delegado Moisés Damasceno, pode mandar agentes ao município para investigar a dupla execução. (Por Ronildo Brito)

Dois são executados a tiros às margens da rodovia BA-489, entre Itamaraju e o Prado


Um tiroteio em um bar localizado ás margens da BA-489 na região do Tombador, entre Itamaraju e Prado matou ao menos 2 pessoas e deixou feridos na noite deste domingo (02).

Itamaraju-in-tiroteio33

Segundo informou a polícia, um grupo de pessoas estariam no estabelecimento comercial, no momento em que homens armados chegaram na localidade atirando.

Ainda de acordo com a as autoridades, duas pessoas morreram na hora e pelo menos outras duas foram socorridas ao Hospital Municipal de Itamaraju com ferimentos.
Os mortos têm entre 25 e 32 anos e foram reconhecidos por populares como sendo um frentista de Itamaraju Erivelton ( o popular Zoi) e o jovem Darly. E os feridos que foram levados ao hospital foram identificados inicialmente por Vismark e Joana.

Itamaraju-in-tiroteio1

A ação criminosa ocorreu por volta das 21:50h e o motivo do ataque ainda é desconhecido pela polícia. As identidades dos mortos e feridos ainda não foram divulgadas oficialmente pela polícia. A Polícia Técnica de Teixeira de Freitas foi acionada e uma perícia será realizada no local nas próximas horas.

Idoso morre ao manusear arma artesanal em Prado


dptdd-1200x545_c

Na manhã deste domingo, dia 2 de abril, o idoso Alonso Soares da Cunha, de 90 anos, morador da Rua Manoel Zuk, no Bairro São Sebastião, em Prado, foi alvejado por um tiro acidental ao manusear uma arma de fogo artesanal, modelo garrucha.

Segundo testemunhas ouvidas pela Polícia Militar, primeira força de segurança ao chegar na casa do aposentado, o idoso limpava a garrucha municiada com dois cartuchos, quando descuidou-se e houve o disparo acidental. O tiro atingiu próximo ao pescoço do ancião, que apesar de ter sido socorrido pelo SAMU à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), acabou não resistindo e veio a óbito.

Parentes disseram que há muitos anos o idoso tinha a arma, que sempre ficava guardada, mas neste domingo (2), lembrou-se da garrucha e resolveu limpá-la.

Após confirmado o óbito, já no meio da tarde, a delegada Rosângela Santos, responsável pelo plantão regional na sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, foi ao Prado, onde autorizou a remoção do corpo ao IML para exames de necropsia. A garrucha será periciada no Departamento de Polícia Técnica – DPT. (Por Ronildo Brito)

Bahia: Subtenente da PM é achada morta em matagal. Companheiro confessou o crime


AgtszcO

Uma subtenente da Polícia Militar da Bahia foi encontrada morta em um matagal na cidade de Conceição da Feira, a cerca de 120 km de Salvador, na noite de sexta-feira (31).

subtenente

De acordo com a polícia, um homem que afirmou manter um relacionamento amoroso com a vítima, confessou o crime e foi preso em flagrante. As informações são da 1ª Coordenação de Polícia do Interior (Feira de Santana).

Segundo a polícia, a PM Wagna Andrade Soares, de idade não informada, desapareceu na manhã de sexta-feira. Ao ser informada, a polícia iniciou as investigações e encontrou o carro da policial no estacionamento de um supermercado, perto da rodoviária de Feira de Santana. Os policiais apuraram que um homem havia estacionado o veículo da vítima no local e, com informações de características dele, foram em busca do suspeito.

carro_tT4U3GT

Igor Tosta Lopes foi localizado em um hotel da região e confessou ter matado a subtenente. Ele indicou a localização do corpo, que foi encontrado na Serra da Tupuma, enrolado em um lençol. Em uma casa em São Gonçalo dos Campos, município vizinho, foram encontrados objetos pessoais da vítima. A Polícia não informou o que teria motivado o crime. O suspeito está preso na 1ª Coorpin, em Feira de Santana. // G1 Bahia.

3r2rtAK

BRASIL: Temer sanciona terceirização sem salvaguardas a trabalhadores


temmerd-1200x545_c

O presidente Michel Temer sancionou, nesta sexta-feira, 31, a lei que regulamenta a terceirização de atividades nas empresas públicas e privadas, aprovada pela Câmara dos Deputados na semana passada. A lei foi sancionada com três vetos. A decisão será publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

O principal veto é o que permitia que o prazo do contrato do trabalhador temporário poderia ser alterado mediante acordo ou convenção coletiva. Com o veto, os contratos temporários terão 180 dias e poderão ser prorrogados por até 90 dias. Ou seja, a duração máxima dos contratos será de 270 dias.

Outros dois trechos, de acordo com o Palácio do Planalto, foram vetados porque dispunham sobre direitos trabalhistas que já estavam assegurados pela Constituição. Um deles obrigaria o registro, na carteira de trabalho, da condição de temporários.

O outro trecho assegurava aos trabalhadores temporários direitos como salário e jornada e equivalentes ao recebido por empregados na mesma função ou cargo. Ele também assegurava proteção do INSS e recebimento de FGTS, férias e 13º salário proporcionais.

De acordo com o Palácio do Planalto, outros ajustes na lei de terceirização serão realizados por meio de emendas à proposta da reforma trabalhista.

O governo não vai mais editar uma nova MP sobre o assunto e desistiu de esperar que o Senado aprovasse o projeto de lei que tramita na Casa sobre terceirização. Esse projeto continha regras mais brandas e proibia a terceirização na atividade-fim das empresas. (Estadão)

R$ 350 milhões: Minas Gerais tem o prefeito mais rico do Brasil


betimd-1200x545_c

O empresário Vittorio Medioli se empoleira no banco de trás de um Fiat Palio Weekend 2009 e fala animado. Com 150.000 quilômetros rodados e avaliado em pouco menos de R$ 30 mil, o carrinho verde chacoalha quando passa pelas lombadas de Betim, em Minas Gerais, a caminho do parque ecológico Vale Verde, onde fica um restaurante simples onde Medioli costuma almoçar.

A blindagem do velho Weekend é o único luxo. “Eu acho que quando se pode entrar em uma concessionária e comprá-la inteira com um cheque, ostentar não faz sentido”, diz.

Vittorio, espremido entre a mulher Laura e uma assessora, eleito para comandar Betim pela primeira vez em outubro. De acordo com a declaração feita para a Justiça Eleitoral, sua fortuna é de pouco mais de R$ 350 milhões, quase o dobro dos 180 milhões declarados pelo badalado prefeito de São Paulo, João Doria.

Ele é dono do Grupo Sada, uma companhia de logística que investiu em setores como siderurgia, biocombustíveis, editorial, concessionárias de automóveis e até em um time de vôlei. No ano passado, o Sada faturou R$ 3 bilhões.

O Vale Verde produz, entre outras coisas, uma das mais premiadas cachaças do Brasil, mas, desde 1994, Vittorio não coloca uma gota de álcool na boca. Naquele ano, descobriu ser portador de hepatite C, que resultou numa cirrose e degenerou seu fígado.

Em junho de 2011, foi internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, de onde só saiu seis meses depois, pesando 43 quilos e com um fígado transplantado. Ao todo, morou um ano e meio em São Paulo durante seu tratamento.

Chegou a repassar para suas filhas, Marina Medioli, na época com 22 anos, e Daniela Medioli, com 21, as instruções para o futuro das empresas. Foi dentro do Einstein que o ex-deputado federal por quatro legislaturas (esteve na Câmara entre 91 e 2006) decidiu que queria voltar para a política. Cinco anos depois, foi eleito prefeito de Betim pelo pequeno PHS numa coligação de 15 partidos, com aliados que vão do PSDB ao PC do B.

O Doria de Minas?

Seja pela riqueza ou pelo histórico como empresário, Medioli vem sendo comparado ao prefeito de São Paulo, João Doria, o que não o deixa exatamente feliz. Medioli também não recebe salário, mas critica a maneira como Doria divulga suas ações. “Não faço proselitismo. Poderia fazer uma cerimônia para dar um cheque para uma entidade, mas isso não é inteligente”, diz.

Nas contas do prefeito mineiro, deixar o dinheiro no caixa da prefeitura dobra o valor economizado, já que não são descontados impostos e outras contribuições.

Assim como Doria, o prefeito de Betim tenta levar um pouco da agilidade da gestão empresarial para a prefeitura, mas esbarra nas especificidades do setor público.

Quando assumiu, uma das Unidades de Pronto Atendimento tinha apenas três de 33 medicamentos que deveriam ser distribuídos para os pacientes. O processo para compra seria moroso e levaria, ao menos, algumas semanas. Medioli fez um cheque e pagou do próprio bolso os remédios. A história, que não é pública, não teve parecer da procuradoria do município.

Entre os políticos, não e só Doria que o prefeito de Betim critica. Dos seus tempos de Brasília, um dos únicos poupados é Fernando Henrique Cardoso, “uma pessoa inteligente e ética”.

Mesmo crítico ao PT, atualmente é próximo do governador de Minas, Fernando Pimentel, investigado pela Lava-Jato e denunciado pela Acrônimo, acusado de receber pelo menos R$ 20 milhões em propinas. “Tenho uma relação ótima. Me manda WhatsApp direto”, diz. Interlocutores petistas confirmam.

A maior mágoa sobra para seu ex-partido, o PSDB. O prestígio entre os tucanos não cresceu na mesma proporção de seus votos no estado, o que o fez mudar para o PV em 2005. Em 1989, ele escolheu se filiar aos sociais-democratas porque achava que eles tinham um padrão parecido com a esquerda europeia, com a qual se identifica. Decepcionou-se.

Dos ex-correligionários, o mais criticado é o senador e ex-governador do estado, Aécio Neves. “Ajudei-o muito mais do que ele me ajudou. Acreditei que faríamos algo diferente por Minas, mas foi só teatro”.

Um italiano no Brasil

Como prefeito de Betim, Medioli senta na sala mais distante da entrada da prefeitura, impondo uma longa caminhada a quem chega para encontrá-lo. A prefeitura fica na antiga fábrica da Cerâmica Saffran, que foi remodelada durante o governo do PT (2009-2012), com passarelas de metal pintadas de verde e amarelo, mas continua barulhenta como se ali ainda funcionassem fornos para queimar barro.

Vozes, buzinas e até o barulho do trem que corta a cidade são presentes no ambiente de trabalho. A mesa, trazida de sua sala na Sada, fica praticamente vazia, assim como o gabinete, feito de antigas divisórias de Eucatex.

Nascido em Parma, na Itália, em uma rica família dona de moinhos de farinha, Medioli veio para o Brasil em 1976 a convite da Fiat. A montadora italiana ia começar a operar sua primeira fábrica por aqui e queria trazer fornecedores de confiança de seu país de origem. A Sada era uma pequena empresa de transportes que prestava serviço de logística para outros fornecedores da Fiat na Itália e veio na esteira.

Vittorio, então com 24 anos, havia cursado Filosofia e Direito e nunca se formara, foi convocado pela família a explorar novas terras. A transportadora se instalou na região de Betim. Pouco depois, a família desistiu de investir no país e Medioli ficou sozinho.

A Sada foi crescendo lentamente, junto com a Fiat. A fábrica da montadora em Betim, que nasceu para fazer 200.000 veículos ao ano, chegou a produzir mais de 800.000, tornando-se a segunda maior fábrica de automóveis do mundo, atrás apenas de uma planta da Hyundai, na Coréia do Sul. Medioli estava na hora certa, no local correto.

Além de se tornar responsável pela logística de todos os carros que saem de fábricas da Fiat no país, a Sada começou a prestar serviço para outras montadoras, principalmente no ABC paulista. Medioli chegou a ter 55% do mercado da logística de automóveis no Brasil e encerrou 2016 com 44% de participação.

O faturamento total do grupo chegou a R$ 4,2 bilhões em 2013, com mais de 9.000 funcionários. Mas a crise não atingiu só a prefeitura e, em 2016, a receita caiu para pouco menos de 3 bilhões, enquanto o número de funcionários foi a 7.400.

Nem o momento delicado fez Vittorio desistir da prefeitura. “Para a família, ele negou que ia se candidatar enquanto podia, mas a gente sabia que era a vontade dele”, diz a filha Daniela, hoje diretora-executiva do grupo. Com a ida de Vittorio para a prefeitura, as filhas Marina e Daniela passaram a comandar os negócios.

O crescimento fez a companhia se expandir para outros setores, de siderurgia a um grupo editorial – comandado pela mulher, Laura Medioli. A empreitada nasceu de uma vontade de Laura, que fazia um jornalzinho gratuito para distribuição no projeto social que tocava. Em 1996, Medioli comprou o O Tempo, que então era um pequeno jornal de circulação somente em Betim, e deu para a esposa como presente de aniversário de casamento.

Agora mais recente o milionário está investindo numa emissora de rádio (Super Notícias), com o objetivo de concorrer com a poderosa Itatiaia. (Informações: Exame)