Ibirapuã: Funcionário público que estava desaparecido é encontrado morto em plantação de eucalipto


paimd-1200x545_c

O servidor público da Prefeitura de Ibirapuã, Carlos Paim, que estava desaparecido desde o fim da madrugada do último sábado, dia 9 de setembro, logo após participar da Festa do Vaqueiro, um tradicional evento festivo da cidade, foi encontrado morto nesta quarta-feira (13/09), no interior de uma plantação de eucalipto próxima ao Quilombo de Juazeiro, interior do município.

Primeiro a polícia obteve a informação que o veículo da vítima, um Fiat Palio, de cor branca, tinha sido visto em Juazeiro, sendo conduzido por um suspeito, que seria envolvido com o roubo de motos. Em posse dessa informação houve uma mobilização de policiais civis e militares, quando foi possível chegar a um indivíduo conhecido por “Negão” e o mesmo confessou que havia ajudado ao assassino a enterrar o corpo e apontou o local da cova rasa onde estava o cadáver.

Em depoimento à polícia “Negão” contou que o seu primo, Uécio Colatino Lima, já chegara em Juazeiro com Carlos Paim morto dentro do Palio e teria o ameaçado de morte caso o mesmo não o ajudasse a enterrar o corpo do funcionário público. “Negão” está preso, enquanto Uécio desapareceu do lugar.

Ainda nesta quarta-feira, dia 13, peritos do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), foram ao local onde estava o corpo, fizeram a perícia e em seguida ao levantamento cadavérico da Polícia Civil, autorizaram a remoção ao IML para exames de necreopsia. Com base no depoimento de “Negão” foi possível constatar que Carlos Paim, que era mais conhecido como “Zezinho”, foi morto a pauladas, principalmente na cabeça.

A hipótese mais provável é que o servidor público tenha sido vítima de latrocínio, que roubo seguido de morte, apesar do delegado Gean Nascimento, titular de Ibirapuã e que está à frente das investigações, ainda não ter descartado qualquer outra possibilidade.

Escondeu debaixo da mesa: 88ª CIPM prende suspeito de furto tentado em loja de móveis no centro de Alcobaça


Edson-do-Rosário-Santos-acusado-de-furto-em-loja-de-alcobaça-300x248

Na madrugada desta quarta-feira, dia 13 de setembro, por volta das 2h40, policiais da 88ª Companhia Independente de Alcobaça (CIPM), receberam denúncia anônima dando conta de um furto em andamento em uma loja de móveis no centro da cidade.

Ao chegarem no local, os PM’s flagraram Edson do Rosário Santos, de 27 anos, no interior da loja, carregando uma caixa contendo um aparelho celular novo. O suspeito tentou se esconder debaixo de uma mesa, mas foi descoberto pelos policiais militares.

Durante a ação foi necessário cercar o estabelecimento comercial e chamar um preposto da loja, para que o mesmo pudesse abri-la e fosse realizada a prisão do acusado.

Em consulta nos sistemas que reúnem informações das secretarias de segurança pública de todo o país, foi levantado que Edson do Rosário Santos, de 27 anos, já havia sido preso no ano de 2011, acusado pelo crime de homicídio.

O aparelho celular foi devolvido ao estabelecimento comercial e o elemento acabou apresentado à Delegacia da Polícia Civil (DEPOL), onde permanece à disposição da Justiça.

Prado: Prefeita Mayra Brito se reúne com vereadores para discutir projetos e requerimentos


Buscando estabelecer uma relação harmoniosa com o Executivo, os vereadores Brenio Pires, Odilei Mattos, Jorginho do Guarani, e Robério participaram durante a manhã desta quarta-feira (13), de uma reunião com a prefeita Mayra Brito em seu gabinete.

Mayra Brito reafirmou seu compromisso de “exercer uma política diferente” em seu mandato. “A população quer que a classe política se modernize com o objetivo de dar respostas aos seus problemas. Ela não quer bate-boca e desentendimentos”, disse a prefeita aos Edis durante a reunião. O Poder Legislativo é tão importante como o Executivo e o Judiciário”, completou.

Vários assuntos importantes foram discutidos, os principais elencados e já disponibilizados aos vereadores para apreciação foi o projeto de indicação do vereador Brenio Pires, que institui o Programa de Refinanciamento Fiscal (REFIS 2017), destinado a promover a regularização de créditos do município, decorrentes de débitos tributários e não tributários.

Segundo a prefeita é importante a aprovação destes projetos em especial programa de Recuperação de Créditos Fiscais (REFIS) onde os contribuintes podem negociar o pagamento à vista da dívida ativa e receber desconto nas multas e juros. “É importante destacar que todos os recursos provenientes de impostos municipais retornam à população, na forma de serviços e programas executados na saúde, educação e obras, por exemplo. O resultado do REFIS só é positivo. Representa mais uma oportunidade para o contribuinte sair da dívida ativa, se livrar de processos de cobranças e execuções judiciais e, acima de tudo, ficar em dia com a cidade. ”, explicou a prefeita.

De acordo com o vereador Brenio Pires, autor da indicação, o Projeto vai aumentou os descontos em favor da regularização de créditos, no Programa de Recuperação Fiscal o contribuinte pradense poderá liquidar o seu débito em até 5 parcelas ou conquistar descontos mais especiais pagando a vista ou em duas ou três parcelas.

Ainda segundo Brenio Pires, o quadro atual da economia nacional tem agravado sobremaneira a situação fiscal e de inadimplência das empresas, e mesmo das pessoas físicas. “O que podemos ver no noticiário nacional e em nossa cidade, é o desaquecimento da economia e a queda de consumo, e a inadimplência tributária que é crescente. Com este quadro econômico, o Município tem convivido com uma constante queda das receitas municipais, o valor do repasse do FPM vem apresentando redução ao longo dos últimos anos”, disse.

Participaram da reunião os vereadores Odilei Mattos, Robério o Presidente da Câmara Díógenes Ferreira Loures, os secretários Jalene Fernandes (Finanças), Luiz Dupin (Administração) e o Advogado Dr. Harrison Leite do Departamento de Arrecadação e Tributos.

DESAFIO COSTA DAS BALEIAS BRASIL SUPER MTB (Mountain bikes) CHEGA AO PRADO


146456333933

O evento Brasil Super MTB chega à Costa das Baleias, no município de Prado com data marcada para o dia 17 de setembro de 2017, largada às 8:30h na Praça da Matriz. O Brasil Super MTB é promovido pela Brasil Super Esportes com apoio local da Prefeitura Municipal de Prado, através da Secretaria Municipal de Cultura e Esporte de Prado.

       O desafio promete muitas emoções com o circuito reduzido (34,5km-412alt) e o circuito completo (62Km -837alt). Corram para participar, porque o 1º lote  já está esgotado, há vagas para o 2º lote que vai até 12/09/17 e o 3º lote(15/09/17). Esse ano o evento conta com a supervisão técnica da Associação Baiana de Ciclismo.

       Informamos que no dia do evento não terão inscrições, e por falar nas inscrições, elas podem ser realizadas através do site www.sympla.com.br ou www.suainsricao.com. Maiores informações pelo watszap (73) 99985-5561 ou via email [email protected].

21369244_540108042988669_636297437507154695_n (1)

Denúncia: Calçadas recém-construída pela prefeitura são destruídas por caminhões, em Prado


Prado – Encontrar carros parados sobre as calçadas da cidade não é uma tarefa muito difícil. Desta vez, a reclamação, uma das mais comuns entre os leitores do Prado Notícia, é de uma moradora do Bairro São Brás, em Prado.

21732957_685363324997100_70512172_n

Ela fotografou não apenas um, mas vários caminhões estacionados irregulamente na Rua Pernambuco. Pela imagem enviada para o WhatsApp do Prado Notícia (73.99940-7562), é possível notar que fica praticamente impossível a passagem de pedestres. A leitora criticou a desordem dos proprietários dos caminhões.

foto-desrs

“Esses donos de caminhões estão usando seus veículos pesados e quebrando as calçadas recém-construída pela Prefeitura. Estão prejudicando os pedestres e deteriorando um bem público”, disse a moradora.

O prejuízo causado por esses veículos aos cofres públicos pode ultrapassar R$50.000,00 (cinquenta mil reais). A secretaria de Obras e Serviços Urbanos informou ao site Prado Notícia, que iniciou novamente os trabalhos de recuperação das calçadas que foram destruídas pelos caminhões.

ghujo

A pasta solicita o apoio da população para cuidar do espaço público e denunciar qualquer ato de vandalismo.

Legislação
O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) aprova o trânsito de veículos em passeios e calçadas somente para que estes adentrem ou saiam dos imóveis e das áreas especiais de estacionamento. Transitar sobre os passeios ou calçadas em desacordo com a permissão acima compreende em infração gravíssima. Somente bicicletas são autorizadas, desde que autorizado e devidamente sinalizado pela autoridade competente.
O CTB define “passeio” como “parte da calçada ou da pista de rolamento, neste último caso, separada por pintura ou elemento físico separador, livre de interferências, destinada à circulação exclusiva de pedestres e, excepcionalmente, de ciclistas”. Já “calçada” é definida como “parte da via, normalmente segregada e em nível diferente, não destinada à estacionamento ou circulação de veículos, reservada ao trânsito de pedestres e, quando possível, à implantação de mobiliário urbano, sinalização, vegetação e outros fins”.
Por: Claydson Mota

Câmara faz um minuto de silêncio pela morte da mãe da vereadora Luciana da Lookgás


Antes de iniciar a sessão desta terça-feira (12), os 10 vereadores fizeram um minuto de silêncio pela morte de dona Maria Dajuda Pires de Oliveira, mãe da vereadora Luciana Pires de Oliveira, a “Luciana da Lookgás”. A morte aconteceu na manhã da última quinta-feira (07).

IMG_0512

Nota de Pesar

O presidente do poder legislativo de Prado Diógenes ferreira Loures em nome de todos os vereadores e funcionários manifesta o profundo pesar pelo falecimento de Dona Maria d’ajuda pires de Oliveira ocorrido no último dia 7 de Setembro.
Diante desta perda irreparável o presidente da casa se solidariza com os familiares e Amigos.

 

88ª CIPM prende suspeito com mandado de prisão por tentativa de homicídio em Prado


Nesta terça-feira (12), por volta das 10:00 da manhã, policiais militares lotados na 88ª CIPM / Alcobaça em rondas ostensivas no bairro São Braz, em Prado, abordaram BENEDITO DE ASSIS SANTOS, vulgo “DITO DE AFLODÍSIO”, 54 anos, que estava em atitude suspeita.

34393224-1c96-4bc2-a780-5a1e77559acf

Após consultas nos sistemas criminais os PM’s descobriram que o suspeito possuía um mandado de prisão em aberto pelo crime de tentativa de homicídio, ocorrido em 30/07/2011, as 06h, contra sua ex-esposa.

Benedito é contumaz em práticas delituosas e já foi condenado pelo crime previsto no artigo 33, da Lei nº 11.343 / 2006 que trata de tráfico de entorpecentes.

O suspeito foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil, onde permanecerá à disposição da justiça.

“O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons” – Martin Luther king.

Denuncie e ajude a PM no combate ao crime.
(73) 9.9867-8748 – Whatsapp denúncia

88ª CIPM / Alcobaça
“A guardiã da Costa das Baleias”

Por ASCOM / Comunicação Social da 88ª CIPM

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO PARA O TURISMO (PROQUALISETUR) CHEGA AO PRADO.


Proqualisetur.

O Programa de Qualificação para o Turismo – PROQUALISETUR foi criado e desenvolvido pela Secretaria de Turismo do Estado da Bahia – SETUR, através da Superintendência de Serviços Turísticos- SUSET/DQS. O programa tem o objetivo de realizar ações de educação para o turismo e qualificação profissional, com vistas à melhoria da qualidade dos serviços turísticos prestados na Bahia.

         A SETUR reconhece a importância da atividade turística como propulsora do desenvolvimento cultural, social e econômico dos municípios turísticos, portanto a qualificação profissional é uma das principais estratégias para tornar o turismo uma alternativa real de desenvolvimento.

        Os cursos são direcionados para guias de turismo, condutores de visitantes, segmentos do receptivo turístico, meios de hospedagem, transportadoras turísticas, condutores de passageiros (taxistas), organizadores de eventos, segurança turística, restaurantes, cafeterias, bares.

DOS CURSOS NO MUNICÍPIO DO PRADO – BA

 

          Numa parceria entre a Secretaria de Turismo do Estado da Bahia e a Prefeitura Municipal de Prado com coordenação local da Secretaria Municipal de Turismo,Cultura e Esporte de Prado, os cursos serão oferecidos nos dias 27 e 28 de setembro de 2017, no auditório do Sindicato Rural para as seguintes categorias:

·        OFICINA DE TURISMO RELIGIOSO- 27/09/17 – 9:00h;

·        OFICINA DE NOÇÕES CONCEITUAIS NO TURISMO – 27/09/17 – 14:00h;

·        OFICINA DE PRODUÇÃO ASSOCIADA AO TURISMO – 28/09/17 – 9:00h;

·        OFICINA DE QUALIFICAÇÃO DE ATENDIMENTO AO TURISTA – 28/09/17 – 14:00h.

          Informamos que todas as oficinas terão a carga horária de quatro horas aula com participação  de trinta pessoas.

          As inscrições serão na Secretaria de Turismo de Prado, no prédio da prefeitura ou na sede da APRHOPE.

             Maiores informações através do telefone (73) 3021-1100 Ramal 240 celular/zap (73) 99122-5085.

PRADO: Sucesso do Festival das Baleias coloca o Extremo Sul no mapa turístico da Bahia


O evento realizou atividades de Educação Ambiental e estímulo ao turismo na cidade de Prado.

A 4ª edição do Festival das Baleias encerra suas atividades mais uma estimulando a consciência ambiental, o intercâmbio de saberes e a valorizando da cultura do Extremo Sul da Bahia. Durante os dias 6 e 10 de setembro, foram realizadas, na cidade de Prado, uma série de atividades científicas, mostras, feiras e shows. O evento, realizado pelo Instituto RedeMar,  teve o apoio do Governo do Estado da Bahia através da Bahiatursa, das Secretaria de Turismo e do Meio Ambiente, da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e da Prefeitura Municipal de Prado.

O Festival tem uma característica itinerante, ocorrendo sempre no período em que as baleias jubarte migram para o litoral nordestino para reprodução. Já foi realizado em Alcobaça, Arraial D’Ajuda e, nestas últimas duas edições, no município de Prado, que possui 84 quilômetros de praia e ótima infraestrutura para acolher turistas e pesquisadores. Uma parceria que deu certo e atingiu o principal objetivo que é debater e propor estratégias para a recuperação e conservação da vida marinha, além de estimular o turismo na Costa das Baleias.

Aquecimento no turismo – De acordo com a Secretária de Turismo de Prado, durante o período do Festival, o setor hoteleiro registrou a ocupação de 92% dos leitos, beneficiando diretamente toda a cadeia hoteleira, além de restaurantes, bares, lanchonetes e todo o segmento de transportes, gerando emprego e renda para a cidade de Prado e região do Extremo Sul da Bahia”.

Para Adamilton Silva, gerente do Cahy Praia Hotel, que trabalha há 26 anos no setor hoteleiro, toda esta movimentação gerada pelo Festival ajuda a movimentar o turismo e o comércio local, colocando Prado no mapa turístico da Bahia. Ele revela que “as baleias são a nossa atração da baixa estação. A cada ano que passa o interesse dos turistas por esse atrativo só cresce. O Festival das Baleias é uma fonte a mais de informação e de divulgação para o Brasil e para o mundo”.

Donos de bares e restaurantes também comemoram o amento do movimento e o sucesso da Mostra Gastronômica Prado e Seus Sabores, que também integrou a programação do Festival. A Mostra reuniu chefs de cozinha do município para produção de diferentes pratos que foram apresentados aos pesquisadores, autoridades e convidados presentes na abertura oficial do evento. A chef Maria Luiza, do restaurante Lú Bistrô, conta que iniciou seu empreendimento há pouco mais de um ano e a realização da Mostra Gastronômica durante o festival ajuda a divulgar a culinária local a todos que visitam a cidade nesse período. “O festival só vem a agregar o turismo ecológico com o gastronômico. A cidade deu uma alavancada. Eu apoio 100% esse festival”, afirma. Ela ressalta a importância de iniciativas como esta para a economia da região. “É bom para todos os segmentos. Os municípios da região também são beneficiados porque compramos os produtos da agricultura familiar e isso movimenta a economia da região”.

 

Atrações culturais – Além da vasta culinária, o Festival das Baleias abriu espaço para que artistas e artesãos locais expusessem seus produtos no Espaço Rede Viva Mar Vivo, instalado na Praça da Matriz. O artesanato de Vânia Jordão, bióloga de formação e artesã da cidade de Mucuri, foi um dos destaques. Ela sempre se inspirou na biologia marinha para confeccionar espelhos, tiaras, porta-retratos camisetas e uma série de assessórios feitos com conchas e animais marinhos de biscuit. “É a primeira vez que participo do Festival das Baleias e acho legal também a realização dos cursos. Isso é o diferencial. Além dos turistas, os estudantes que vieram para participar dos cursos visitam a feira de artesanato e se interessam por nossos produtos”, destaca.

Outro destaque foi a produção de licor artesanal de Samir Ramos e Nailton Silveira. Ao todo, são 95 sabores diferentes. “O licor é o único na região. Demora cerca de sessenta dias para ficar pronto. Um dos nossos grandes sucessos é o licor feito com o coquinho xandó, fruta nativa do nosso litoral e faz o maior sucesso”, revela Nailton.

Para Jussara Padilha, presidente da Associação dos Artesãos de Prado, a realização do Festival das Baleias ajuda a movimentar a economia criativa e levar o artesanato pradense para outras regiões do país. “A realização desse festival é importante para a divulgação do nosso trabalho e, também, é legal por conta do apoio que recebemos para estar aqui”, afirma.

À noite, shows do DJ internacional Leandro Rallo dos cantores Clariana Fróes, Petra, Wallas Arrais e Cezinha e das bandas Estakazero e Papazoni animaram o público presente. A cantora Clariana Fróes que apresentou seu show Amy Reggaehouse comemorou o sucesso de sua apresentação. “Plateia massa, calorenta, curtindo o som desse show que é um pouco diferente. Estou amando participar dessa festa”.

Turismo de Aventura – O Extremo Sul da Bahia  possui uma belezas naturais fascinantes e uma riqueza de trilhas impressionantes para quem gosta de praticar trilhas off road. Para ampliar o seu potencial turístico, 23 jipeiros demonstraram as principais técnicas e desafios de quem curte esse esporte durante a Trilha Jubarte Off Road de Sustentabilidade.

“A gente está mostrando que essa cidade tem condições de entrar nesse circuito. Não basta a gente fazer os passeios fora da cidade. Estamos aqui fazendo as demonstrações porque é importante que a população veja e se encante pelo nosso esporte. Eles têm aqui os veículos com tração para trabalho e podem usar, também, para a prática de  esporte”, explica Alexandre Brandão “Detona”, jipeiro do grupo Bahia Expedition e responsável pela organização da trilha.

O grupo também percorreu as ruas de Prado para chamar a atenção da população sobre a importância da união pela preservação ambiental e seguiu a estrada rumo à Barra do Cahy, Cumuruxatiba, Corumbau até entrarem em uma trilha off road, passando por três fazendas da região. Marcone Rodrigues, montador industrial de Minas Gerais, é um apaixonado pelo off road e veio para Prado com toda a família prestigiar o evento. “Estamos aqui conhecendo mais uma parte da família dos jipeiros. Essa interação de cidades, de pessoas, de famílias, é a principal motivação”, afirma.

Educação Ambiental – Para fortalecer a Educação Ambiental, durante o Festival das Baleias, foi realizada ação de limpeza das praias e o 2º Simpósio do Mar – Conhecer para Preservar, evento acadêmico pioneiro no nordeste, que reforçou as discussões sobre os fatores que influenciam na erosão marinha no litoral da Costa das Baleias, o avanço das marés, o aumento da mortandade das baleias jubarte estratégias para conscientização e conservação da vida marinha.

Participaram das atividades acadêmicas cientistas renomados, o oceanógrafo Paulo Hargreaves, o Prof. Dr.  Walter Nisa, coordenador do Projeto Carcharias, no Passo de Torres (SC) e Sérgio Ricardo, ecologista e membro-fundador do Movimento Baía Viva e da Rede Brasileira de Justiça Ambienta, que ressaltou a importância da Bahia ter sido escolhida como sede da Amazônia Azul e propôs ações conjuntas entre os Estados da Bahia e do Rio de Janeiro para uma articulação internacional para busca de apoio, recursos e parcerias para redução do lixo, saneamento e monitoramento ambiental. “Nós temos que aproveitar esse status que a Bahia tem como capital da Amazônia Azul para poder avançar nessa questão, afirmou”.

Minervina Joseli Espíndola Reis, diretora do Departamento e Educação do campus X da Uneb – Teixeira de Freitas ressalta a importância da participação da universidade como parceira dessa iniciativa. “Quando a Uneb se dispõe a participar de um festival, demonstra a preocupação efetiva do diálogo com as comunidades. Além de trazermos os estudantes, o grande legado promover a interação desses estudantes e pesquisadores com a comunidade local.

O estudante de Biologia da Uneb, Gabriel Leandro Gomes, foi um dos responsáveis pelo passeio guiado de avistamento das baleias jubarte em seu habitat natural. “Elas chegaram perto da extinção. Hoje já somam em média 17 a 20 mil baleias e somente se reproduzem aqui”, conta Gabriel, que realiza, na Uneb, o projeto Modelagem 3D como Ferramenta de Divulgação Acerca da biodiversidade de cetáceos como Estratégia Pedagógica de Inclusão Para Pessoas Com Deficiência. “ A Uneb possui uma impressora 3D. A ideia é modelar, imprimir e, não apenas divulgar, mas também permitir o acesso de pessoas com deficiência pessoal que, através do tato, passam a conhecer as características físicas de cada espécie”, Explica Gabriel, que recebeu o Prêmio Cetacean Society Internation, em agosto. Ele ressalta a importância do projeto já que “a inclusão é feita quando o território onde aquela pessoa está inserida passa a fazer sentido. Por isso, o ideal é que a Costa das Baleias faça sentido para todos”.

O secretário do Meio Ambiente do Estado da Bahia, Geraldo Reis, esteve presente no evento participando das atividades de plantio de mudas e do Painel de Discussão “Gestão Costeira das Praias”, onde dialogou a população local e autoridades para conhecer as principais demandas ambientais que afligem a comunidade da Costa das Baleias. “Nós temos que colocar esse problema em um patamar mais alto, em nível estadual e federal. Estou disposto a colaborar, dialogando inclusive com o Ministério do Meio Ambiente, alertando para essas problemáticas”.