Jovens mortos em plantação de eucalipto estão sem identificação


duro

Santa Cruz Cabrália: Até a tarde desta quinta-feira (30), os corpos de dois jovens, encontrados enterrados há quase 24 horas, em uma plantação de eucalipto no distrito de Ponto Central, município de Santa Cruz Cabrália, continuavam sem identificação no Instituto Médico Legal de Porto Seguro.

Segundo o delegado Bruno Garcia, as vítimas estavam amordaçadas e com os olhos vendados, o que leva a polícia a acreditar que tenha sido um crime de execução. O delegado informou que os peritos do Departamento de Polícia Técnica avaliaram que os jovens devem ter sido mortos há cerca de dois meses.

“Os corpos já estavam em decomposição, mas deu para ver que eram jovens brancos. Por isso, é possível que não possamos avaliar como foram mortos”, afirmou Bruno.

O delegado informou que um dos jovens possuía uma tatuagem de palhaço no tórax e o outro usava uma pulseira de Nosso Senhor do Bonfim e uma tornozeleira colorida, estilo reggae. “Além disso, as roupas que eles usavam podem nos ajudar na identificação”, frisa o delegado.

Fonte: Radar64