Eleições 2016: Veja os famosos que se deram bem e que se deram mal nas urnas


corr

Ontem, os brasileiros foram às urnas escolher seus representantes. Dentre os candidatos havia artistas, jogadores de futebol e cantores que tentavam cargos como vereadores e até vice-prefeito.

Confira abaixo os famosos que se deram mal nas urnas:

Agnaldo Timóteo (PMDB) – O cantor tentou conquistar a vaga de vereador no Rio de Janeiro, mas não conseguiu votos suficientes. Em 2012, ele passou mal ao receber a notícia de que tinha perdido a reeleição para vereador por São Paulo.

Robsão (PTB) – Com pouco mais de 380 votos, o cantor ficou de fora da Câmara Municipal de Salvador em 2017.

Cezar Lima (PV) – Candidato com o nome de “Cezar Lima do BBB”, o ex-BBB conseguiu 3.165 votos, mas não foram suficientes para lhe eleger.

Diego Grossi (PRP) – Participante da 14ª edição do BBB, Diego não conseguiu votos para se eleger vereador pelo Rio de Janeiro.

Dudu Nobre (PT do B) – O sambista ficou em 260º lugar com 1.625 votos e não conseguiu se eleger vereador pelo Rio de Janeiro.

Ed Carlos (PRP) – Conhecido como “Reizinho da Jovem Guarda”, o ex-cantor teve apenas 756 votos e não foi eleito para vereador em São Paulo.

Marcelinho Carioca (PRB) – O ex-jogador não conseguiu se eleger para vereador em São Paulo. Ele também perdeu as eleições para vereador e deputado estadual em 2012 e 2014.

MC Vesga (PV) – A funkeira teve apenas 118 votos e ficou longe de conseguir se eleger a vereadora em Porto Alegre.

Mulher Pera (PT do B) – Suélem Aline Mendes Nami Cury, a Mulher Pera obteve apenas 294 votos e não vai assumir o cargo de vereadora em 2017.

Netinho de Paula (PDT) – Apesar de receber mais de 20 mil votos, o pagodeiro não conseguiu se eleger a vereador por São Paulo.

Peter Brandão (PRB) – Os 421 votos que o ator recebeu não lhe ajudaram a conseguir uma vaga na Câmara Municipal do Rio de Janeiro em 2017.

Pink (PSC) – Candidata a vereadora pelo Recife, a ex-BBB não conseguiu vaga para vereadora. Essa foi a terceira tentativa dela.

Roberto Dinamite (SD) – Ex-jogador e ex-dirigente do Vasco, Roberto não conseguiu a vaga para vereador.

Sandra de Sá (SD) – A cantora conseguiu 1.993 votos, mas não se elegeu como vereadora pelo Rio de Janeiro.

Thammy Miranda (PP) – Filho de Gretchen, o ator não conseguiu a vaga de vereador na cidade de São Paulo.

Theo Becker (PRB) – Das 51 vagas para vereador na cidade do Rio de Janeiro, Theo ficou em 612º lugar e não vai assumir o cargo em 2017.

Waldir Pires (PRP) – Waldir já foi ex-goleiro no São Paulo, Corinthians e Portuguesa e titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1982. Na eleição não teve tanta sorte e não se elegeu para vereador na capital paulista.

Confira abaixo os famosos que se deram bem nas urnas:

Dona Bill (PR) – A mãe do cantor Wesley Safadão até conseguiu se eleger como vice-prefeita da cidade de Aracoiaba, no Ceará. Mas a chapa dela e do prefeito Antonio Claudio (PSDB) teve a candidatura cassada, mas cabe recurso.

Igor Kannario (PHS) – O artista baiano conseguiu 11.432 votos e conseguiu se eleger como vereador em Salvador.

Lobão (PR) – O cantor e compositor da banda “Cheiro de Calcinha” e produtor de filmes pornôs Anivaldo Luiz da Silva, o Lobão, foi o vereador mais bem votado em Maceió, com quase 25 mil votos.

Mãe Loura do Funk (PMDB) – Verônica Costa, conhecida como Mãe Loura do Funk, teve quase 20 mil votos e assume como vereadora do Rio de Janeiro em 2017.