Deputado Davidson Magalhães é acusado de receber R$ 600 mil da JBS


devidsond-1200x545_c

O deputado federal Davidson Magalhães (PC do B), que possui sua maior base eleitoral em Itabuna, segundo o Jornal Sport News, recebeu R$ 600 mil do grpo JBS.

O dinheiro teria sido usado em sua campanha eleitoral de 2014. Segundo o portal Transparência Política, da Fundação Getúlio Vargas, 11 deputados baianos caíram nas garras da propina do grupo JBS.

O dono da empresa, Joesley Batista, entregou dinheiro vivo para diversos partidos políticos na Bahia. Além de Davidson, outra comunista, a deputada federal Alice Portugal, foi beneficiada com R$ 400 mil. (Da redação TN)

Avalanche: Ministro das Cidades é o primeiro a deixar o governo Temer


3

Depois de ouvir vários deputados do PSDB, o ministro das Cidades Bruno Araújo decidiu deixar o governo. Essa é a primeira baixa desde que se instalou a crise política após a revelação de que o presidente Michel Temer deu aval para a compra do silêncio de Eduardo Cunha.

Bruno Araújo deve comunicar sua decisão ao Palácio do Planalto nas próximas horas.
Nas conversas com deputados tucanos, Bruno ouviu e concordou que não dava mais para permanecer no governo após as revelações.

“Matei Cabeção porque ele tentou me matar” confessa maníaco ao Núcleo da 8ª COORPIN


matei1

Teixeira de Freitas: Além dos trabalhos da Polícia Militar representada pela 87ª CIPM e da CIPE/MA (CAEMA), que sempre lograram êxitos em sua ações e operações, a Polícia Civil vem merecendo os elogios e aplausos que recebe diariamente por autoridades, políticos e principalmente pela sociedade teixeirense. A chegada da delegada Valéria Chaves contribuiu e muito para isso, mas, um dos responsáveis por essa nova era de serviços e êxitos alcançados em operações e trabalhos investigativos é o N.H.T (Núcleo de Homicídio e Tráfico), que vem diariamente trabalhando acerca de crimes que manchavam as nossas ruas com um derramamento de sangue que parecia sem fim.

O N.H.T da 8ª COORPIN, que é formado pelos delegados Bruno Ferrari e Ricardo Amaral, e liderado pelo delegado Manoel Andreetta e a delegada Rina Andrade, e tem na frente dos trabalhos de investigação, o investigador Sérgio Adriano, foi o responsável pela prisão de Ivanildo Pereira dos Santos, o vulgo “Negão”, homicida, e tratado como um verdadeiro maníaco. Com a sua prisão diversos homicídios estão sendo elucidados, e durante sua oitiva, Ivanildo acabou confessando o homicídio ocorrido no dia 10 de janeiro, o qual vitimou Eucássio Silva Santos, 23 anos de idade, o vulgo “Cabeção”, que foi executado por 05 tiros de revólver calibre 38, na Rua Hermes da Lima, em frente ao Bar Riva, no Bairro Castelinho.

Em seu depoimento, segundo a Polícia, Ivanildo disse “Cabeção” havia tentado contra a sua vida, após achar que ele (Negão), estivesse vendendo drogas na sua “área”. Cabeção atirou mas não conseguiu atingir Ivanildo, que fugiu e decidiu se vingar do seu algoz. Então, a bordo de uma motocicleta e armado com revólver calibre 38 (apreendido com ele), Negão andava pelo Bairro quando viu o Cabeção em frente ao referido bar. Ivanildo disse que abordou o seu desafeto e descarregou a arma, atingindo-o, sem chance de fuga. Após o crime, o assassino evadiu-se em disparada, com a certeza de que havia eliminado aquele que tentou lhe matar.

matei2

Segundo o delegado Manoel Andreetta, Ivanildo confessou o crime espontaneamente, e não demostrou nenhum tipo de arrependimento. Questionado sobre a arma, Ivanildo disse que a trouxe de Vitória/ES, e disse que estava residindo na capital capixaba antes de retornar a Teixeira. Ao finalizar sua oitiva com os detalhes do crime, o Núcleo aguardará os resultados dos exames necroscópicos e de microcomparação balística, e a delegada Rina Andrade irá finalizar o procedimento, informar à Justiça e representar pelas medidas cabíveis.

Como já havia sido divulgado no momento da prisão de Ivanildo, feita pela equipe do N.H.T, o mesmo pode ter sido responsável por mais de 20 homicídios, e a colaboração de testemunhas e trabalhos investigativos de campo vêm contribuindo para isso, além das trocas de informações em as forças de segurança pública. Com isso, a 8ª COORPIN aumenta o número de homicídios elucidados, números que já são alvos de elogios pelo comando da Polícia Civil do Estado e também pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia.

Por: Rafael Vedra/Liberdadenews

Prado: Vereadora Bruna apresenta dois Projetos; Remédio em Casa e Transparência na Saúde pública


Durante os trabalhos legislativos na Câmara Municipal de Prado da última terça-feira, a vereadora Professora Bruna (PMDB), apresentou dois projetos de lei direcionado a área que ele representa a saúde pública do município: Projetos “Remédio em casa e Transparência na Saúde”.

bruna-1

O projeto de N° 01/2017 apresentado pela vereadora dispõe sobre a implantação do programa Remédio em Casa, que tem por objetivo encaminhar diretamente a grupos vulneráveis, seus medicamentos, facilitando e desburocratizando os serviços públicos da saúde, além de cuidar, prevenir e combater com ações efetivas e direcionadas a doenças, por vezes silenciosas.

Dessa forma, os profissionais da área da saúde, terão acesso a família desses, possibilitando troca de informações e evidencias, esclarecendo possíveis dúvidas, e permitindo o contato direto com respostas mais eficazes aos quadros que ora serão apresentados. Veja a entrevista:

 

De acordo com a Vereadora Bruna, o objetivo é o de garantir o fornecimento de medicamentos aos pacientes diagnosticados com hipertensão, diabetes e outras doenças de uso continuado de remédios. “Esta ação não só garante o fornecimento de medicamentos, como proporciona maior comodidade aos pradenses que precisam se deslocar de suas localidades, muitas delas, distantes do centro urbano”, afirmou.

DSC_2325

O Segundo o projeto de N°02/2017, dispõe sobre a medida Transparência na Saúde pública. Ainda de acordo com a parlamentar, a informação é um direito do cidadão e a transparência nos serviços públicos beneficia a comunidade. “Sabe-se também que a falta de informação é responsável por gerar um número considerável de queixas. Sendo assim, o cidadão pradense que se sentir lesado em seus direitos, poderá de maneira mais rápida, prestar informações, aos interessados dos serviços prestados, denunciando o descumprimento da lei” ressaltou a vereadora Bruna.

Na oportunidade a vereadora fez um requerimento, solicitando que a Prefeita Mayra Brito (PP), coloque o nome da saudosa Madair Azevedo Santana, mais conhecida como dona “Madá” na Praça do Artesanato, que será construída na Avenida 2 de julho, no centro de Prado.

De acordo com o Presidente da Casa, Diógenes Ferreira Loures, o ‘Jorginho do Guarani’, os projetos serão encaminhas às comissões pertinentes e em breve devem ser apreciadas em plenário pelos vereadores.

Prado: Vereador Brenio Pires apresenta três projetos e uma Emenda à Lei Orgânica, na sessão da Câmara Municipal


Na sessão da Câmara Municipal de Prado, realizada na noite da última terça-feira (04/04), o vereador Brenio Pires (PR), anunciou a apresentação de três projetos de lei e uma emenda à Lei Orgânica, protocolados ontem na Secretaria Legislativa.

DSC_9048-1

O primeiro deles é a criação da Câmara Mirim que dispõe sobre a consideração, essencialmente educar os jovens a participar mais destacadamente da realidade da comunidade, despertando e criando interesse pelas decisões que direta e indiretamente o afeta e desenvolvendo uma consciência cívica voltada as necessidades públicas.

Segundo o vereador, o projeto tem o intuito de aproximar mais os jovens do legislativo, “Nós que detemos um mandato popular, temos a obrigação precípua de tentarmos mudar esta situação alarmante que se desenvolve, pois estes jovens de hoje serão os líderes de amanhã, serão aqueles que decidirão o futuro desta Nação, deste Estado, deste Município e desta Comunidade”, ressaltou o vereador. Veja a entrevista:


Outra proposta apresentada foi a criação do transporte universitário municipal gratuito. De acordo com o vereador, esse projeto obriga o poder executivo a disponibilizar o transporte gratuitamente aos alunos universitário que residem no município. “Os estudantes universitários poderão utilizar o transporte escolar municipal. Conforme, os termos da Lei Federal n.º 12.816/13. Com a criação da Lei Federal, os gestores municipais devem procurar o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para regulamentar o uso do veículo oficial no transporte universitário, junto ao Governo Federal”, disse Brenio Pires.

“O presente projeto tem esteio nos princípios da Dignidade Humana e da Universalização do Ensino. É dever solidário dos estados e municípios oferecer condições para favorecer o ensino, desde o fundamental até o superior em decorrência da obrigatoriedade da prestação educacional estabelecida pela Constituição Federal” ressaltou o parlamentar.

O terceiro projeto apresentado pelo vereador, foi a Criação do Polo Industrial na Comunidade da Pontinha. “Se for levada em conta uma visão de cadeias produtivas (conjunto de setores ligados por relações de compra e venda), percebe-se que a Comunidade rural da Pontinha, tem grande representação na cadeia produtiva agroindustrial. Essa cadeia abrange um amplo conjunto de atividades, desde a extração e preparação da produção de matéria primado Caulim, implantação da Granja, fabrica de ração e frigorifico pela empresa Asvelan, presença da empresa agrícola Carabau, com produção de café e outras lavouras; e o polo regional de produção de farinha e beiju, e a localização próximo a BR 101, o que facilita o escoamento da produção”, explicou.

DSC_9057

É provável que esse projeto apresentado pelo parlamentar, demande uma revisão do código de zoneamento da região para adaptá-lo à criação, mas a sua existência poderá criar um enorme numero empregos diretos. Conforme a característica econômica da região, a comunidade rural da pontinha é um grande polo agroindustrial. A criação do Polo Industrial no município de Prado poderia concentrar empresas deste setor e transformar a cidade em referência neste segmento.

Ainda de acordo com o vereador, a ideia da implantação desse Polo vem sendo motivo de debate já algum tempo. Inclusive a prefeita Mayra Brito (PP), já teria assumido o compromisso com o parlamentar, quanto a instalação do Polo Industrial Municipal.

Por fim, foi apresentado a proposta de emenda à Lei Orgânica do Município de N° 01/17. “Dispõe sobre Emenda da LOM em seu artigo 77 acrescentando o parágrafo quarto e dá outras providências”, afirmou o vereador. A EMENTA: Acrescenta parágrafo ao Art. 77 da Lei Orgânica do Município e dá outras providências.

Art. 1º Fica acrescentado ao art. 77 da Lei Orgânica do Município o seguinte § 4.º “Art. 77 – São infrações político – administrativas do Prefeito Municipal, sujeitos a julgamento pela Câmara de Vereadores e sancionadas com a cassação do mandato:

§ 4.º – Prestar à Câmara, dentro de 30 (trinta) dias, as informações pela mesma solicitadas, salvo prorrogação a seu pedido, por prazo máximo de mais de 30 dias, em face da complexidade da matéria ou da dificuldade de obtenção, nas respectivas fontes de dados, necessários ao atendimento do pedido, importando em crime de responsabilidade a recusa, ou o não-atendimento, bem como a prestação de informações falsas.

Brenio Pires explicou que, “Considerando alguns aspectos da Legislação a respeito das obrigações do líder do Executivo. A Constituição Federal, por meio do Decreto-lei 201-67, trata da responsabilidade dos prefeitos e vereadores, prevê algumas obrigações. No Artigo 4º, estipula-se o que “são infrações político-administrativas dos prefeitos municipais sujeitas ao julgamento pela Câmara dos Vereadores e sancionadas com a cassação do mandato”. No inciso terceiro do mesmo artigo, é explicada uma das possíveis infrações político-administrativas: “desatender, sem motivo justo, as convocações ou os pedidos de informações da Câmara, quando feitos a tempo e em forma regular”, concluiu.

As propostas serão encaminhas às comissões pertinentes e em breve devem ser apreciadas em plenário pelos vereadores pradenses.

 

Advogados entram com “Exceção de Suspeição” contra juiz eleitoral do Prado


17668713_1416441951769658_1047765546_o

Os advogados da coligação “Prado no Rumo Certo”, protocolaram ontem, dia 29 de março, o ato processual de “Exceção de Suspeição” contra o juiz eleitoral do Prado, Dr. Leonardo Coelho.

Na petição os advogados alegam que o Juiz agiu com parcialidade na condução dos processos. A tese apresentada pelos advogados, foi de que, ainda na função de vereador, Gilvan Produções indicou o magistrado para ser homenageado com o título de cidadão pradense, fato que poderia interferir no julgamento do juiz em em favor do então candidato nas eleições de 2016.

“Foi percebido no andamento das discussões dos processos, uma agilidade fora do comum para análises e vereditos quando se tratava de ações contrárias à coligação da prefeita eleita e seu vice e uma morosidade calculada nos demais. A forma de condução das audiências, muitas das vezes alterando a voz (Gritos), dando murros na mesa e dando voz de prisão. Deixando as testemunhas constrangidas”, reclamavam os advogados.

Os advogados alegam que, após protocolarem o pedido de suspeição, duas horas após a ação, o meritíssimo Juiz publicou uma decisão tornando procedente uma denúncia contra a chapa Gilvan e Carlão, pela prática de crime eleitoral, determinando que ambos fiquem inelegíveis por 8 anos. De acordo com informações, o ministério público já tinha se manifestado neste processo desde janeiro.

A arguição de exceção de suspeição é instrumento jurídico utilizado para indicar a parcialidade de um magistrado, quando há a constatação de elementos subjetivos suficientes para prejudicar a necessária imparcialidade na atividade judicial.

Na prática, o ato processual indica prejuízo quando o magistrado tem laços de amizade, inimizade ou interesse no julgamento da causa, situação prevista no art. 135 do Código de Processo Civil (CPC), em que suspende-se o processo, conforme previsto no Art. 313 do CPC.

Justiça investiga denúncia de doação de lotes durante eleições do Prado


A justiça eleitoral da comarca do Prado realizou nesta terça-feira (28) audiência de instrução para apurar denúncia da prática de ato vedado durante o ano eleitoral. A investigação foi proposta pela coligação A Força do Povo (formada pelos partidos PMDB/PPS/DEM/PRTB/PHS/PMB/PSB/PEN/PCdoB/SD/PPL/PROS), encabeçada por Gilvan Produções e Carlão da Saúde, candidatos nas eleições de 2016.

audiencia-eleitoral-em-prado-696x326

Nesta fase do processo, o juiz eleitoral, Dr. Leonardo Coelho, ouviu os depoimentos de pessoas citadas por envolvimento em suposta doação de lotes ao redor do Estádio Municipal. A investigação tenta apurar se houve a prática de conduta vedada pela legislação eleitoral, ao longo do ano das eleições.

A denúncia é de abuso de poder econômico, atribuído aos candidatos da coligação Prado No Rumo Certo (formada pelos partidos PP/PT/PR/PSDC/PV/PTC/PSD/PSL), Mayra Brito e Lindão do PT.

Com a oitiva das testemunhas, a próxima fase é a manifestação do julgamento do juiz eleitoral, acerca de sua convicção.

Por PJ

Vereadores lamentam confusão entre PM e Jovens no último Sábado dia 18.


Na noite desta terça feira dia 21 de março foi realiza mais uma sessão na câmara de vereadores de Prado.

Todos os 11 vereadores estiveram presente e fizeram seus requerimentos verbais.

O primeiro a falar na tribuna foi o Vereador Professor Hilton que iniciou sua fala mostrando bastante preocupação com a avenida atlântica que fica no fundo do colégio Anísio Teixeira.

Segundo o vereador, vem acontecendo muitos acidente no local e pediu para que a prefeitura construa um quebra molas para evitar que os alunos ou pedestres tenham mais segurança ao passar pelo local. Uma vez que os motoristas reduziram a velocidade ao passar pelo local.

jose-hilton-vereador-em-prado

O Vereador Professor Boloca em suas solicitações pediu que o poder executivo construa 2 quebra molas na Avenida Antônio Gonçalves Lima localizado no bairro São Brás, A troca de 2 lâmpadas nos postes da rua tancredo neves no mesmo Bairro.

Pediu também que seja reativados os campeonatos municipais e que a agricultura familiar seja inserida na merenda escolar.

professor-boloca-vereador-em-prado

Parentes e amigos lotaram o plenário da Câmara de Vereadores do Prado para pedir justiça ao caso dos dois jovens atingidos por disparos de arma de fogo, durante operação com dois policiais lotados no 3º Pelotão do Prado e jovens que utilizavam uma carretinha de som, na Praça de Eventos, no centro da cidade.

plenario-lotado-pedindo-justiça-em-prado-696x326

Com faixas e cartazes, os familiares pediam medidas duras na apuração do caso ocorrido durante a noite do último sábado (18). Os dois jovens foram atingidos – um na perna e outro na região da virilha. Ambos foram socorridos em unidades da rede municipal de saúde do Prado e depois transferidos para hospital da cidade de Teixeira de Freitas.

Todos os vereadores que subiram na tribuna lamentaram o conflito ocorrido entre a PM e os jovens.

O vereador Jorginho disse que os vereadores estão tristes e lamenta profundamente o ocorrido. Ainda finalizou dizendo que a câmara sempre vai está ao lado do povo para ajudar no que for preciso.

Veja em primeira mão uma entrevista com o Vereador Prefessor Boloca

 

Vídeo: Vereadores realizam a primeira sessão ordinária de 2017 na Câmara Municipal de Prado.


17098182_139943983195173_2400869619132626835_n (1)

Os vereadores de Prado retornaram do recesso e realizaram a primeira sessão do ano legislativo durante a noite de ontem, terça-feira (07). Essa foi a primeira sessão conduzida pelo presidente da Assembleia Legislativa, Diógenes  Ferreira Loures, o ‘Jorginho’, que tomou posse do cargo em janeiro, junto com os demais membros da Mesa Diretora.

DSC_7375

Um dos assuntos discutidos nessa sessão foi o compromisso de fiscalizar o município. Os 11 (onze) vereadores que estiveram presentes usaram a tribuna e fizeram vários requerimentos ao Poder Executivo em busca de solução para alguns problemas na sede e interior do município.

Aproximadamente cinquenta pessoas foram à Câmara assistir a primeira sessão. A próxima sessão está marcada para o dia 14 de março às 19 horas.

 

BRASIL: Lula lidera disputa presidencial em 2018


Ex-presidente aparece na frente na intenção de votos estimulada, com 30,5%, e na consulta espontânea, com 16,6%

lula

Se as eleições presidenciais fossem hoje, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceria a disputa com os demais adversários, segundo pesquisa CNT/MDA divulgada, nesta quarta-feira, pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT).

De acordo com o levantamento, Lula apresenta hoje 30,5% das intenções de votos contra 11,8% de Marina Silva; 11,3% do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) aparece apenas como quarto colocado, com 10,1%. Ciro Gomes (PDT-CE) tem 5% e o presidente Michel Temer conta com 3,7%.

A soma dos votos branco/nulo ou indecisos chega a 27,6%. Esses valores têm como base a consulta de intenção de voto estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados.

No cenário de consulta espontânea, quando não é apresentado nenhum nome aos entrevistados, Lula também lidera com 16,6% as intenções. Neste caso, Bolsonaro aparece em segundo com 6,5% e Aécio Neves em terceiro, com 2,2%. A soma de branco/nulo ou indecisos chega, contudo, a 67,8%.

Favorito

“O presidente Lula ganha hoje em todos os cenários. Se as eleições fossem hoje, facilmente seria eleito como presidente da República. Há também um crescimento bastante significativo do Jair Bolsonaro, que mostra esse nicho de pessoas que pensam de forma diferente da média”, afirmou o presidente da CNT, Clésio de Andrade.

Na avaliação dele, também pesa a favor de Lula o fato de a pesquisa ter sido realizada após a morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia. “Não tem dúvida. Estamos chegando à conclusão de que todos os aspectos pesaram. O passionalismo, a comoção e provavelmente alguma coisa de saudade dos bons tempos do Lula”, considerou.

A pesquisa foi realizada entre os dias 8 a 11 de fevereiro. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 138 municípios de 25 unidades federativas, das cinco regiões. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.