PM aborda duas mulheres e apreende dois quilos de maconha às margens da BR-101


sograd-1200x545_c

Na noite deste último sábado, dia 17 de junho, uma guarnição da 89ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), durante rondas de rotina em Mucuri, recebeu uma denúncia anônima dando conta que duas mulheres estariam em posse de drogas e  embarcariam em um ônibus.

Em posse da informação os militares deslocaram-se a um ponto às margens da rodovia BR-101 e no local abordaram as acusadas, que depois foram identificadas como sobra e nora. Questionadas as mulheres apresentaram nervosismo e quando os policiais revistaram a bolsa que estava com uma delas, descobriram dois tabletes de maconha, pesando dois quilos, uma porção menor do mesmo entorpecente, além de 100 gramas de crack.

Em seguida à descoberta as duas receberam voz de prisão e foram conduzidas à sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, onde terminaram apresentadas ao delegado Bruno Ferrari, de plantão na unidade.

Após ouvir as acusadas, Ferrari entendeu que a nora não possuía ligação com a droga e a liberou, enquanto indiciou Maria da Penha Oliveira Souza, de 46 anos, por tráfico de drogas, com base no Artigo 33, da Lei 11.343/2006. Maria da Penha foi mandada à carceragem da 8ª Coorpin, para posteriormente ser transferida à ala feminina do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF), onde vai permanecer à disposição da Justiça

Monstro: Menina de 2 anos morre após ser estuprada; padrasto é suspeito


bbb-1

A pequena Maria Eduarda, de apenas 2 anos, morreu nesta sexta-feira, 16 de junho, após ser vítima de estupro em Paulo Afonso, no Norte da Bahia. Segundo a Polícia Civil, o principal suspeito é o padrasto da criança, Valderi Eloi Bonfim, 59 anos, que foi preso. A mãe da menina foi levada para a delegacia, para prestar depoimento, mas foi liberada.

A menina chegou a ser socorrida para o hospital municipal, mas não resistiu aos ferimentos. O crime ocorreu nesta quinta, e Maria Eduarda chegou a passar a noite internada.

Na delegacia, Valderi contou que a criança desmaiou enquanto ele dava banho nela. A mãe estava em casa no momento do crime, mas não teria presenciado o estupro.

Parentes da vítima disseram à polícia que os médicos confirmaram que a menina tinha sinais de agressão sexual.

O corpo da menina foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Paulo Afonso e deve passar por perícia para confirmar a causa da morte.

Armado: Polícia prende acusado de matar jovem em festa de São João antecipado em Itamaraju


fabid-1200x545_c

No fim da tarde desta sexta-feira, dia 16 de junho, policiais militares da 43ª Companhia Independente de Itamaraju (CIPM), que faziam rondas de rotina em diferentes locais da cidade, resolveram parar em frente a um estabelecimento comercial denominado de “Bar da Nenzinha”, na Rua Mundo Novo, Bairro Liberdade, na região leste da cidade, onde muitas pessoas bebiam e conversavam.

Logo depois os militares desconfiaram de um suspeito e adentraram ao bar, onde estava Fabiano Santos da Silva, que ao ser revistado, acabou sendo flagrado em posse de um revólver calibre 38, municiado com seis cartuchos intactos, arma que estava em sua cintura. Ao ser indagado sobre o motivo de andar armado, Fabiano disse que era para sua defesa pessoal.

Segundo acaba de informar a Polícia Militar de Itamaraju, Fabiano já estava sendo procurado, pois recai sobre ele a acusação de assassinar Miquéias Santos da Silva, de 24 anos, crime ocorrido na madrugada de sábado do último dia 10 de junho, durante o evento de São João antecipado do Italage, bairro vizinho de onde aconteceu a prisão.

Atingido várias vezes à queima roupa após uma briga, Miquéias ainda chegou a ser socorrido ao Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), onde acabou não resistindo e veio a óbito. Outros dois rapazes que também estava na festa terminaram feridos, mas conseguiram sobreviver.

fabid1

Depois de ser preso armado, Fabiano Santos da Silva, também de 24 anos, foi conduzido e apresentado à Delegacia da Polícia Civil de Itamaraju (DEPOL), onde permanece preso à disposição da Justiça. Fabiano já foi indiciado por porte ilegal de arma de fogo e agora a delegada Rosângela Santos, que investiga a morte de Miquéias, vai solicitar exame de comparação balística, pra tentar saber se o revólver apreendido foi o mesmo usado no crime.

Polícia contabiliza assassinatos em Mucuri e Caravelas


macid-1200x545_c

Na noite desta quinta-feira, dia 15 de junho, por volta das 22h, Macilio de Oliveira Barreto, de 32 anos de idade, foi morto com disparos de arma de fogo em plena praça pública do Bairro Brisas do Mar, um conjunto habitacional do Programa Minha Casa, Minha Vida, inaugurado no ano passado em Mucuri.

Uma testemunhas disse à Polícia Militar, primeira força de segurança a chegar no local do crime, que homens chegaram, sendo um deles armado, ordenaram que todos saíssem, encurralaram Macílio e o executaram com vários tiros.

No local foram recolhidos estojos de pistola 9 milímetros. No corpo foram constatadas cinco perfurações.

Por solicitação da delegada Maria Luíza Ribeiro, responsável pelo plantão regional na sede da 8ª Coorpin, o corpo foi removido ao IML de Teixeira de Freitas para exames de necropsia. Autoria e motivação do crime são desconhecidas.

Caravelas

Já na tarde desta sexta-feira, dia 16 de junho, um homem ainda sem identificação, foi morto a tiros numa rua próxima ao centro de Caravelas. Segundo uma testemunha foram ouvidos três disparos e quando ele saiu pra conferir o que tinha acontecido, deparou-se com o corpo do desconhecido em meio a muito sangue. A polícia desconhece autoria e motivação do assassinato.

Policiais civis da 8ª Coorpin passam por treinamento com a Cipe-Mata Atlântica


treid-1200x545_c

Entre os últimos dias 14 e 16 de junho, a Companhia Independente de Policiamento Especializado da Mata Atlântica (CIPE-MA) realizou o I Treinamento Básico de Atividade Policial, tendo como público alvo integrantes da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas. Participaram do treinamento 15 policiais civis, sendo três delegados e doze investigadores, lotados nas delegacias territoriais dos municípios de Teixeira de Freitas (Núcleo de Homicídio e Tráfico – NHT), Itamaraju, Prado, Caravelas e Nova Viçosa.

Durante três dias ininterruptos, os policiais civis tiveram instruções de Armamento, Balística e Tiro, Instrução Tática Individual, Abordagem Policial a Veículos e Edificações, Tiro Tático e Tiro de Combate, com carga horária total de 30 horas/aulas.

O comandante da Cipe-Mata Atlântica, major Ronivaldo Pontes da Silva, elogiou a iniciativa da delegada Valéria Chaves, coordenadora da 8ª COORPIN e afirmou que “a instrução é reflexo do bom relacionamento entre os órgãos de Segurança Pública na região e abre espaço para uma maior integração institucional entre PMBA e PCBA, com ações cooperativas para o enfrentamento da criminalidade, além do compartilhamento de experiências e conhecimentos”.

Jovem é assassinado com tiros de revólver no Jerusalém, bairro da região leste de Teixeira de Freitas


vitord-1200x545_c

O crime aconteceu por volta das 21h desta quinta-feira, dia 15 de junho, na Rua Inácio Monteiro, no Bairro Jerusalém, região leste de Teixeira de Freitas e a vítima foi o jovem João Victor Franco de Souza, de 18 anos de idade.

Logo após o crime os moradores mais próximos acionaram a 87ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), que designou uma guarnição ao local. Com a constatação da veracidade da informação os militares preservaram a área onde estava o corpo e acionaram a Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Segundo informações de populares, o jovem, que já registrava passagens na polícia, estava em frente a um imóvel onde funciona um bar, quando apareceu um homem numa bicicleta, que sacou uma arma e efetuou os disparos à queima roupa. O bar estava fechado no momento.

Na perícia de local ficou comprovado que a vítima foi atingida por pelo menos cinco tiros, sendo a maioria na cabeça. Como nenhuma cápsula foi encontrada próximo ao corpo acredita-se que a arma usada no assassinato tenha sido um revólver calibre 38. Em seguida à perícia foi autorizada a remoção do corpo ao IML para exames de necropsia.

A delegada Maria Luíza Ribeiro, de plantão na noite desta quinta-feira (15), na sede da 8ª Coorpin, esteve no local acompanhando o levantamento cadavérico e confirmou a imediata instauração de um inquérito policial para tentar descobrir autoria e motivação do crime. (Por Ronildo Brito)

Vigilante é executado com oito tiros de pistola em Teixeira de Freitas


vigidd1-1200x545_c

Na madrugada desta quinta-feira, dia 15 de junho, por volta das 03h, na Rua Jornalista Ivan Rocha, no Bairro Redenção, Vanildo Luiz Barbosa, de 35 anos de idade, morador da Rua Osvaldo Silva do Carmo, no Bairro Redenção, foi executado a tiros.

Segundo informações levantadas pela Polícia Militar, primeira força de segurança a chegar no local do crime, a vítima, que era vigilante, estava numa motocicleta Honda Titan, 125cc, placa policial OKJ=1702, quando teria sido alvejada e veio a óbito no local.

Segundo a perícia de local, a cargo dos peritos do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), foram coletadas 13 capsulas de pistola no local da execução, sendo que oito tiros atingiram o corpo do vigilante, sendo dois na região da cabeça. Segundo informações levantadas pela polícia, a vítima não tinha envolvimento com crimes, era trabalhador, e fazia o serviço de vigilância particular.

Ainda de acordo com a polícia, o vigilante tinha uma espécie de luz no capacete, como se fosse um celular com câmera, e isso pode ter chamado a atenção dos criminosos, que podem ter imaginado que ele estaria filmando algo.

Após a perícia de local e levantamento cadavérico foi autorizada a remoção do corpo ao IML para exames de necropsia. A delegada Maria Luíza Ribeiro, que foi ao local do assassinato, informou a imediata instauração de um inquérito policial para investigar o crime.

Policial civil é morto durante roubo em Salvador


foto2_1

O policial civil Luiz Santos de Jesus, 58 anos, foi vítima de latrocínio, na madrugada desta quinta-feira (15). O policial tinha acabado de sair de um evento com familiares em um veículo HB20, placa OZR9473.

De acordo com informações das testemunhas, o veículo passava pela rua Lima e Silva, no bairro da Liberdade, em baixa velocidade, quando foram abordados por três homens que estavam a pé. As vítimas saíram do carr. Um dos assaltantes identificou Luiz Santos como policial civil e efetuou os disparos nas costas, região toráxica.

As vítimas deram entrada nesta madrugada, por volta das 2:57hs, no Hospital Ernesto Simões Filho, localizado no bairro do Pai Miúdo. Luiz Santos não resistiu e faleceu

O Presidente SINDPOC, Marcos Maurício, destaca que o Governo do Estado está de joelhos à bandidagem, mais um policial Civil foi vítima da violência na Bahia. Segundo sindicalista, a Segurança Pública na Bahia é uma piada de mal gosto e a população vive cotidianamente em um “Estado de guerra”.

” O Estado está pedindo aos bandidos que não matem para melhorar a estatística. O Secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, diz que a Bahia está ótima e que o Governo Federal está divulgando dados inverídicos na Pesquisa do IPEA. As pessoas estão todos os dias morrendo na Bahia vítimas da violência que só faz crescer! “, critica o Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício.

PM prende quadrilha acusada de traficar drogas em Posto da Mata PM prende quadrilha acusada de traficar drogas em Posto da Mata


quadrid-1200x545_c

Na manhã desta quarta-feira, dia 14 de junho, por volta das 9h, uma guarnição 89ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), que atuam no Pelotão de Posto da Mata, Distrito de Nova Viçosa, prendeu uma quadrilha de traficantes de drogas que atuava na região.

Oito pessoas foram presas entre elas uma mulher e com eles foram encontrados 526 pedras de crack, 8 celulares, uma balança de precisão, TV, aparelhos de som e de DVD, além de R$ 719,00 em espécie provenientes da venda de drogas.  Todo o material estava numa casa no bairro Jardim Primavera em Posto da Mata. O flagrante foi dado depois que a guarnição avistou um indivíduo com atitude suspeita na porta da casa onde o material estava, momento que foi abordado um dos integrantes da quadrilha. Ele estava com alguns papelotes da droga no bolso e assumiu que vendia e que tinham mais entorpecentes dentro da casa.

Após ser interrogado, os endereços dos outros envolvidos foram entregues à guarnição que solicitou apoio de outros policiais militares para finalizar a operação que ultrapassou a fronteira do estado e terminou na cidade de Pedro Canário, no estado de Espirito Santos.

quadrid1

Os acusados presos foram identificados como Claudionor Araújo Marcelino, o “Nô”, Valdeci dos Santos Neves, o “Vavá”, Maikon Cayru Ribeiro, Januário dos Santos, Valdevino do Rosário Faustino, o “Vino Taxista”, Eliane Batista dos Santos, Wellington Ferreira Araújo, o”Cuecão” e o chefe da quadrilha, que segundo a polícia é Ivan dos Santos Medeiros. Segundo o capitão Fabiano de Lima, Subcomandante da 89ª CIPM, que também participou da operação, a prisão foi de extrema importância pra identificar como acontece o processo de entrada e saída de drogas na região, além de diminuir a disseminação dos entorpecentes.

Delegacia é alvo de ataque promovido por facções criminosas na Bahia


deled-1200x545_c

A Delegacia da Polícia Civil (DEPOL), do município de Cachoeira, localizado a  120  km da capital baiana, foi alvo de disparos de armas de fogo promovidos por uma facção criminosa da região.O ataque à delegacia ocorreu por causa do combate ao tráfico de drogas  realizado pelos policiais civis locais.
Para o Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício, esse caso que aconteceu na Delegacia de Cachoeira, nesta semana, reflete o quadro de violência no Estado da Bahia onde o Governo que deveria promover uma Segurança Pública de qualidade aos cidadãos acaba colocando as instituições policiais reféns do crime organizado. ” Grupos de marginais  bem armados que promovem ações articuladas e colocam o Estado de joelhos.  Esse ataque evidencia a falência  da Segurança Pública na Bahia”, destaca.
Segundo o sindicalista, as condições de trabalho precárias, o baixo efetivo policial,  a comunicação  ruim entre as instituições policiais, a falta de valorização profissional e econômica dos policiais e a ausência de uma qualificação da categoria são alguns dos fatores que contribuíram para esse ataque  pela facção criminosa. ” As Leis Orçamentárias Anuais, entre 2013 a 2017, aumentaram em quase 20% o investimento em Segurança Pública perfazendo, anualmente, uma média de cifras superiores a R$ 4 bilhões  de reais. Cadê as realizações que foram feitas com esse montante orçamentário ?”, questiona o Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício.
De acordo com o Vice-Presidente do SINDPOC,  Eustácio Lopes, esse  atentado  não representa um fato isolado devido à falta de investimento em infraestrutura nas delegacias de Salvador, Região Metropolitana e em todo o interior da Bahia.  “As facções criminosas tem imposto à população o toque de recolher. O tribunal do crime! O descaso com a Segurança Pública impacta diretamente no cotidiano da população que é obrigada a se recolher em seus lares por imposição do tráfico de drogas. Aconteceu algo semelhante,nesta terça-feira,  em Porto Seguro, onde foi decretado pela facção criminosa ” Movimento Porto Atitude” (MPA) luto oficial porque um traficante foi assassinado”,  frisa. Os disparos em Cachoeira aconteceram na noite deste domingo(11) e a delegacia encontrava-se com apenas um servidor.