Subtenente morre aos 39 anos vítima de infecção em Itabuna


subd-1200x545_c

A subtenente Glacyluana Araújo Oliveira, da Polícia Militar, faleceu na manhã desta terça-feira, dia 9 de maio, em Itabuna, vítima de uma infecção. Luana, como era mais conhecida, estava internada desde a tarde de segunda-feira (8), no Hospital São Lucas.

A subtenente tinha 39 anos, era lotada no 15º Batalhão da PM, em Itabuna, e integrava a corporação há 18 anos. Segundo o comando-geral da PM, a policial apresentava quadro de saúde debilitado há, pelo menos, 10 dias.

Nesta última segunda-feira (9), ao ser internada, Luana foi submetida a exames que detectaram nível alto de leucócitos, agravando o seu estado. As causas da infecção não foram informadas.

Glacyluana deixou esposo e filho. O corpo da subtenente foi velado no SAF de Itabuna, na Juca Leão, em frente ao Grapiúna Tênis Clube, na região do centro comercial. O enterro aconteceu às 16h, no Cemitério Campo Santo. (Informações: Blog Pimenta)

Acidente na BR 101 mata uma pessoa e deixa outra ferida no ES


acid-1200x545_c

Um homem morreu em um acidente entre um carro e um caminhão, na BR 101, em Jacumpemba, Aracruz, na região Norte do Espírito Santo. A colisão frontal ocorreu na noite desta terça-feira (9), por volta das 18h30. O carro — um Gol branco — ficou totalmente destruído. Por conta do acidente, o quilômetro 173 da BR chegou a ficar interditado por quase duas horas.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o motorista do Gol seguia na pista no sentido norte quando, ao realizar uma ultrapassagem em local permitido, colidiu frontalmente com um caminhão Mercedes Benz, de cor branca, que seguia no sentido sul da rodovia.

O condutor do Gol morreu no local e o motorista do caminhão sofreu lesões leves, sendo encaminhado para o hospital da Unimed, em Linhares. A identidade dos envolvidos não foi divulgada pela PRF. O acidente aconteceu no KM 173 e a pista ficou interditada durante quase duas horas. (Informações: A Gazeta)

Motorista fugiu: Populares atacam e destroem carro após acidente no centro de Teixeira de Freitas


O acidente automobilístico do tipo colisão aconteceu por volta das 5h desta segunda-feira, dia 8 de maio, quando o motorista de um Volkswagen Polo, placa JSC-7280, que estaria apresentando sinais de embriaguez, ao fazer uma conversão proibida, acabou atingindo um mototaxista de prenome Diego, que trabalha em um ponto próximo ao Mercado Municipal de Teixeira de Freitas.

A batida, que acabou arremessando o mototaxista à distância, aconteceu na Avenida Getúlio Vargas, em frente ao Supermercado Casagrande, no centro da cidade e após perceberem que o motorista havia fugido, diversos populares que saiam de uma festa em comemoração ao aniversário da cidade, começaram a destruir o veículo. Não contentes com os vidros quebrados e a lataria amassada, os mais exaltados atearam fogo no interior do carro, que foi completamente destruído pelas chamas.

O incêndio só foi debelado após a chegada de uma equipe do Grupamento do Corpo de Bombeiros Militares de Teixeira de Freitas (GBM). O motofretista ferido acabou socorrido pelo SAMU ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF). As últimas informações dão conta que apesar das escoriações, ele recupera-se bem.

Uma guarnição da 87ª Companhia Independente de Teixeira de Freitas (CIPM), chegou rápido ao local e ainda conseguiu deter um suspeito, que fazia xixi no carro, assim que os bombeiros debelaram as labaredas. O motorista fugiu e até o fechamento dessa reportagem não havia sido identificado, o que não deve ser difícil de ser feito, após descoberta a propriedade com base na placa de identificação do carro. (Por Ronildo Brito)

Estado lança edital de concurso para a área de segurança pública


segd-1200x545_c

O governador Rui Costa anunciou, na noite desta terça-feira (9), em transmissão ao vivo no Facebook , o lançamento do edital do concurso público para o provimento de 2.750 vagas na área de segurança pública do Estado da Bahia. O edital de abertura de inscrições, elaborado conjuntamente pela Secretaria da Administração (Saeb) e pelos comandos gerais da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, será publicado nesta quarta-feira (10), no Diário Oficial do Estado (DOE).
“Chegou a hora de se inscrever, escolher o local de fazer a prova e ajudar a segurança pública e esse trabalho maravilhoso feito pelo Corpo de Bombeiros”, afirmou Rui. Com validade de um ano, prorrogável por igual período, o concurso terá duas etapas e será realizado pela Saeb e pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), que na Bahia é responsável pelos concursos públicos da Embasa e Agerba.
As inscrições acontecerão de 15 de maio a 19 de junho, exclusivamente pela internet, no site da IBFC, seguindo o horário de Brasília. A taxa custa R$ 70. De acordo com o edital, 2 mil vagas são destinadas ao Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar e 750 vagas são voltadas ao Curso de Formação de Soldado do Corpo de Bombeiros Militar.
Podem concorrer jovens de nacionalidade brasileira ou portuguesa, entre 18 e 30 anos, que tenham concluído ensino médio ou formação técnica profissionalizante de nível médio, sendo também observadas outras exigências do edital. Para o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, “esta é mais uma demonstração de que a Segurança Pública é uma prioridade do Governo do Estado. Novos efetivos são indispensáveis no combate à violência, permitindo ampliação do policiamento comunitário e da sensação de segurança dos cidadãos baianos”.
Das duas mil vagas disputadas para ingresso na Polícia Militar, 1.819 serão destinadas a candidatos homens e 181 para candidatas mulheres. Para ingresso no Corpo de Bombeiros Militar, das 750 vagas ofertadas, 672 serão destinadas para homens e 78 para mulheres. Os candidatos poderão escolher, no ato da inscrição, a região para a qual tenham interesse.
Seleção e ingresso 
O concurso contará com duas etapas, com provas objetivas e discursiva, previstas para o mês de agosto. Será apenas um dia de seleção, com duração de quatro horas e trinta minutos. O resultado obedecerá à ordem de classificação, seguindo a publicação das notas finais em ordem decrescente, observando cargo, região e sexo.
O comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão, ressalta que “a Polícia Militar está preparada para conduzir o processo seletivo e a formação dos novos profissionais que estarão servindo à sociedade baiana muito em breve. Todo o esforço que cada um dos futuros candidatos está realizando está prestes a ser colocado em prática. Recomendo ainda mais empenho e dedicação a cada um que pretende exercer essa tão nobre missão social nessa reta final”.
Após a homologação do concurso, os candidatos habilitados serão convocados, dentro do quantitativo de vagas previsto de cada corporação, para a realização de exames pré-admissionais. Esta convocação será realizada pela Polícia Militar e pelo Corpo de Bombeiros Militar e os aprovados ingressarão no curso de formação das categorias, que também é de responsabilidade das corporações. Os alunos soldados que se formarem passarão a integrar, posteriormente, os quadros do Estado. (Da redação TN)

Interior da Bahia: Mãe e filho são feitos reféns por 6h durante fuga de traficante


sequesd-1200x545_c

Valdomiro dos Santos Reis, de 30 anos, foi preso na noite desta terça-feira (9) após invadir uma casa e fazer mãe e filho reféns em Alagoinhas, no Nordeste da Bahia. Ele tinha mandado de prisão expedido pela Justiça e iniciou o cárcere após perceber que seria capturado por equipes locais da Polícia Militar.

Ele fugiu do cerco policial e numa localidade conhecida como Vila Massal invadiu a residência. Policiais militares e civis libertaram as vítimas após seis horas de negociação. Mãe e filho saíram sem ferimentos. Com ele foram apreendidos duas pistolas e um revólver.

O traficante se entregou após a presença de um advogado. Ele foi autuado em flagrante por extorsão mediante sequestro na Delegacia Territorial de Alagoinhas. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Valdomiro é o principal suspeito de atirar em um PM, no ano passado, na cidade de Cachoeira. (Informações: Correio)

Pai é preso suspeito de matar e enterrar o filho para não pagar pensão


7athw98f3t_5izg3gyjhn_file

Policiais da Delegacia de Araruama (118ª DP) prenderam nesta quarta-feira (3), um homem suspeito de matar o próprio filho, um adolescente de 13 anos. O corpo de Robson da Silva Ribeiro Junior foi encontrado em março deste ano, enterrado nas areias da Praia do Dentinho, no distrito de Praia Seca, em Araruama, região dos lagos do Rio. Na época, o fato gerou grande clamor público e repercussão na cidade, motivando passeatas e uma grande mobilização popular.

O estudante havia sido dado como desaparecido no dia 6 de março, após a mãe do menino deixa-lo na porta do colégio, no bairro XV de Novembro. Robson não chegou a entrar na escola e desapareceu.

Durante a investigação do caso, os agentes analisaram as câmeras de vigilância e acompanharam todo o trajeto que o menino fez após sair da porta da escola. Segundo a policia, os agentes se surpreenderam ao flagrarem o veículo do pai da vítima trafegando pelo mesmo local e horário em que Robson foi visto pela última vez. De acordo com as investigações, o suspeito esteve na praia onde o menino foi encontrado quatro dias após desaparecer.

Robson Silva prestou depoimento nesta quarta, na delegacia de Araruama. Segundo a polícia, inicialmente ele contou uma versão fantasiosa que mais tarde foi desmentida por testemunhas citadas por ele. Após ser confrontado pelos agentes, ele não sustentou a história contada inicialmente e mudou a versão durante o depoimento. Segundo a polícia, ele passou a alegar que encontrou com o filho ocasionalmente próximo ao colégio e o convidou a ir para a Praia, onde, segundo o suspeito, o menino teria se afogado. Em depoimento, Robson disse que teria enterrado o filho para não ser responsabilizado.

Entretanto, as investigações da Delegacia de Araruama indicam que o adolescente foi morto por conta de uma disputa envolvendo pagamento de pensão alimentícia.

PF faz operação de combate ao desvio de recursos em Teixeira de Freitas e Santa Cruz Cabrália


pfbad-1200x545_c

A Operação Famiglia, da Polícia Federal, foi deflagrada na manhã desta sexta-feira, dia 5 de maio, visando combater fraudes em processos licitatórios, além de desvio de recursos públicos nas cidades de Teixeira de Freitas e Santa Cruz Cabrália, onde 9 mandados de condução coercitiva e 4 de busca e apreensão foram cumpridos.

As investigações apuraram irregularidades na contratação de uma empresa para a prestação de serviços de construção civil, pelo valor de R$ 4.279.314,00, através de pregão presencial. Segundo as investigações a empresa vencedora foi criada para participar, especificamente, do procedimento licitatório, tendo sido, registrada no nome da avó de um dos membros da comissão de licitação.

As investigações descobriram ainda que houve fornecimento de “orçamentos de cobertura”, feitos por outra empresa participante da licitação, pertencente a um dos filhos da proprietária da empresa vencedora do certame. Alguns veículos de comunicação chegaram a informar um suposto mandado de condução coercitiva contra o ex-prefeito de Teixeira de Freitas, João Bosco Bittencourt (PT). A assessoria do petista já negou essa informação, adiantando que o mesmo está tranquilo e em viagem para Salvador.

casajoaod

Em Teixeira de Freitas, segundo as últimas informações, três pessoas, que não tiveram os nomes revelados, foram conduzidas coercitivamente para prestarem depoimento na Delegacia da Polícia Federal (DPF), em Porto Seguro.

Os investigados devem ser indiciados pela prática dos crimes de responsabilidade, previsto no art. 1º, inciso I, do Decreto-lei nº 201/67, e associação criminosa, tipificado no art. 288 do Código Penal Brasileiro. (Por Ronildo Brito)

Operações de drones devem seguir novas regras da Anac


maxresdefault (1)

A partir dessa quarta-feira (3), as operações de drones devem seguir as novas regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O objetivo é aumentar a segurança.

Os drones vigiam tudo que acontece lá em baixo… Na produção agrícola, no pasto, nas estradas e na cidade. A partir de agora, quem quiser pilotar um drone vai ter que cumprir as regras.

A Anac colocou os drones em classes diferentes. Os de até 250 gramas não precisam de cadastro ou registro, são mais usados para recreação. Os drones para uso comercial foram divididos em três categorias conforme o peso. Todos os equipamentos têm que ter cadastro na Anac e só pode pilotar um deles quem tiver, no mínimo, 18 anos.

Para operar um drone com mais de 25 kg é necessário licença e habilitação, só se ele voar acima de 120 metros de altura. Os drones de 150 kg normalmente são usados por forças militares. Para eles passarem em shows, festas ou parques têm que ficar longe, no mínimo, 30 metros. Para distâncias menores, cada pessoa tem que autorizar.

Mas ainda tem muita gente com dúvidas depois dessa regulamentação. Por exemplo, quem usar um drone para trabalho precisar ter um curso?. O especialista em drones, aeromodelista e fotógrafo, Guilherme Barbosa, responde: “Hoje não é exigido. É uma das coisas que a gente está há quatro anos pedindo. Ontem saiu a regulamentação, então temos que bater palmas, mas ainda tem um caminho grande para a adequação das regras à realidade”.

A Anac montou um plantão, nessa quarta-feira, em São Paulo, para tirar as dúvidas sobre a nova regulamentação. O superintendente de aeronavegabilidade da Anac, Roberto Honorato, disse que as regras são parecidas com outros lugares do mundo e que no futuro pode sim exigir um curso para pilotar drone de até 25 kg. Ele afirmou também que a fiscalização vai funcionar: “Essa atividade entra no programa de vigilância da Anac e também denúncias serão tratadas. As forças policiais também poderão tratar, tendo em vista que a conduta pode ser considerada contravenção penal ou crime”.

Vídeo: Estudante é atingida na cabeça em Trancoso


Estudante foi atingida na cabeça durante a noite desta quarta-feira (03), no Centro de Trancoso, distrito de Porto Seguro.

O disparo de arma de fogo atingido a adolescente de 14 anos. Segundo informações, a estudante estava na Escola Honorina Passos, próximo de uma quadra de esporte, quando foi baleada.

O disparo atingiu de raspão a cabeça da vítima, que foi socorrida com vida a uma unidade de saúde em Trancoso.

Adolescente grávida de seis meses sofre estupro coletivo no PI; namorado é degolado.


4mai2017---municipio-de-urucui-no-estado-do-piaui-1493870523655_615x300

assassinato de um rapaz de 19 anos, identificado como Flaviano da Silva Marinho, e o estupro coletivo da sua namorada de 15 anos, grávida de seis meses, chocaram os moradores da cidade de Uruçuí, no Sul do Piauí. Conforme a polícia, três adolescentes foram apreendidos, confessaram os crimes e relataram durante depoimento os detalhes da barbárie cometida na noite de terça-feira (12).

Segundo o delegado Everton Ferrer, da Gerência de Polícia do Interior (GPI), os suspeitos primeiro estupraram a garota, degolaram o namorado na frente dela e em seguida jogaram o corpo do rapaz no rio. Um dos suspeitos disse ter feito vídeos degolando o rapaz.

“Ao abordar o casal na ponte, eles levaram a vítima para um matagal. Eles confessaram o estupro coletivo na adolescente grávida. Depois do crime liberaram a moça”, falou. Assim que os suspeitos fugiram, a jovem saiu em busca de ajuda e acionou uma viatura da Polícia Militar que passava próximo ao local.

O G1 procurou o Conselho Tutelar e foi informado de que a entidade já tomou conhecimento do caso, mas ainda não está fazendo o acompanhamento dos menores. A Defensoria Pública ainda não foi acionada. Dois adolescentes têm 16 anos e o outro apenas 13 anos.

Everton Ferrer revelou também que a faca usada no crime foi encontrada na casa da namorada de um dos adolescentes. Ainda segundo o delegado, os celulares das vítimas e dos suspeitos estão sendo analisados para recuperar o vídeo que eles disseram ter feito no momento do crime.

“Os antecedentes dos suspeitos e o modo como o crime foi praticado chamam a atenção da polícia. Pelos depoimentos dos envolvidos e da vítima, tudo leva a crer nos crimes de latrocínio e estupro”, acrescentou.

O delegado Bruno Ursulino, que investiga o caso, já solicitou a internação dos três menores em Teresina. Os adolescentes devem ser transferidos ainda nesta quarta-feira (3) para a capital.