Governo investirá R$ 6,3 milhões na construção de Colégio da Polícia Militar em Jequié


7f66e0c25a737c9124e3790220946eaa502f5196

O Governo do Estado vai investir cerca de R$ 6,3 milhões na construção de uma nova unidade escolar que sediará o Colégio da Polícia Militar Professor Magalhães Neto, no município de Jequié. O edital de concorrência pública já foi publicado no Diário Oficial e a licitação está marcada para o dia 21 de agosto, às 10h, na sede da Secretaria da Educação do Estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Segundo o secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro, a construção desta escola atende a uma demanda da comunidade local e vai ampliar a oferta de vagas na região. “Ainda é preciso destacar que o colégio Professor Magalhães Neto possui um dos melhores indicadores educacionais da Bahia e o novo prédio vai ofertar condições ainda melhores para o aprendizado dos estudantes”, destacou.

A unidade será localizada na Avenida Humberto Alencar Castelo Branco, no centro do município, e terá 15 salas, incluindo laboratórios de ciências e informática, biblioteca, auditório, refeitório, guarita, quadra coberta, vestiário, sanitários com cabine para Portadores de Necessidades Especiais (PNE) e setor administrativo.

Toda a obra obedecerá a normas e elementos técnicos específicos fornecidos pela Secretaria da Educação do Estado, a exemplo de projetos arquitetônicos e complementares, bem como a normas técnicas da ABNT, dentre outros critérios previstos na legislação vigente. A construção terá início imediato após a homologação da licitação. O edital de concorrência pública está disponível no comprasnet.ba e no Portal da Educação http://www.educacao.ba.gov.br/.

Crime ambiental: Moradores denunciam lixão próximo a córrego no interior de Itamaraju


corregod-1200x545_c

No último mês de abril de 2017, moradores do pequeno Distrito de Piragi, distante cerca de 70 quilômetros de Itamaraju, denunciaram que há seis meses estavam sofrendo com a falta de água nas torneiras, problema que estaria ocorrendo pela falta de cuidado com a nascente, que ficava aberta para as mais diversas ações de animais, inclusive bovinos. Os moradores ainda disseram que a bomba d’água teria “queimado” devido a uma pane elétrica. O equipamento, responsável por bombear a água até os domicílios dos moradores, estaria com esse problema há seis meses, desde o governo passado de Pedro da Campineira (PSD) e persistira na nova administração de Marcelo Angênica (PSDB).

Na beira da represa, visivelmente pisoteada e com o nível bem abaixo do normal, foi possível notar na época as fezes de bovinos, que também bebiam a água na mesma nascente. Mais adiante foram notados equipamentos velhos, enferrujados, além de caixas e depósitos sujos. Para não ficar com sede, muitos moradores do lugar, inclusive idosos, reclamaram que estavam caminhando muito até a nascente, onde enchias os baldes e outros vasilhames. “Quem tem algum veículo ou animal, usam esses meios para transportar o líquido e quem não possui, é obrigado a carregar esses recipientes na cabeça”, denunciou uma moradora.

E no fim dessa última semana a população de Pirajá, distrito próximo a Piragi, usou as redes sociais para tornar público um crime ambiental no lugar, atribuído ao setor de limpeza da Prefeitura Municipal de Itamaraju. Funcionários da limpeza, sem nenhuma orientação, estariam fazendo a coleta dos mais diversos resíduos e depositando as sacolas à beira de um córrego. Com o período chuvoso, os recipientes foram parar direto dentro da nascente.

Primeiro o crime ambiental foi denunciado pelo professor Armando Azevedo, que usou sua conta pessoal no Facebook para pedir providência ao governo municipal. “Após 7 meses sem serviço de coleta de lixo, essa é a situação do rio de Pirajá, povoado de Itamaraju-Ba. Todo lixo produzido no local é descartado nas margens do rio. A população várias vezes já fez reivindicação, mas até agora sem resposta”.

corregod1

Neste domingo foi postada outra mensagem em diversos perfis de moradores do lugar. “Isso e pq não tem coleta de lixo aqui!. O lixo é colocado em um latão de rodinhas e depois os funcionários responsáveis carregam e jogam no lugar mais próximo. Foi uma luta pra tirar esse lixo há dois anos atrás desse lugar. Agora parece que todos estão conformados com o que acontece aqui. O povo só vive criticando nas esquinas e não tem coragem de tomar uma iniciativa pra cobrar do administrador junto ao gestor. Eleições estão chegando, vou aproveitar e te avisar [prefeito] que o interior que você abandonou tem eleitores pra você pegar na mão e dizer “vamos melhorar””, escreveram.

A Prefeitura Municipal de Itamaraju não possui assessoria de imprensa para responder esse tipo de questionamento

Aumento de imposto na gasolina terá impacto de 0,5 ponto sobre inflação oficial


9faac21499aa386e500adab60a87f68f82a583ce

O aumento das alíquotas de PIS/Cofins sobre combustíveis, anunciada na tarde de ontem pelo governo, deve ter um impacto de 0,5 ponto percentual sobre o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial no país. O cálculo é da economista Natália Cotarelli, do banco ABC Brasil.

Nas contas da analista, o maior impacto será do imposto maior sobre a gasolina, que responderá por 0,4 ponto. O 0,1 restante seria do impacto do diesel. A economista não considerou o efeito da alta do etanol, muito pequeno para entrar na conta.

Hoje, o ABC já estima o IPCA de 2017 em 3,8%, já considerando algum aumento das alíquotas sobre combustíveis. Com o anúncio do aumento de imposto, essa projeção deve ser revisada para algo próximo de 4%, explicou Natália. A queda de preços de combustíveis foi um dos fatores para a deflação de 0,23% no mês passado.

Sete mortos e doze feridos em acidente com ônibus da Itapemirim na BR-418


itapemirimd-1200x545_c

Um grave acidente com um ônibus da Viação Itapemirim, que saiu de Nanuque-MG., e seguia para São Paulo-SP., deixou o saldo trágico de sete pessoas mortas e doze feridas, após o veículo sair da pista e cair em um barranco, na tarde desta quinta-feira, dia 20 de julho, na BR-418, próximo a Pedro Versiani, distrito de Teófilo Otoni-MG. Viaturas da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), prestaram socorro aos feridos.

O Corpo de Bombeiros confirmou que entre os mortos estão uma criança e um soldado da Polícia Militar. O acidente aconteceu por volta das 16h30. “As causas ainda estão sendo apuradas. O veículo saiu da pista e caiu em uma ribanceira”, explicou o tenente-coronel Fábio Marinho, comandante do 19º Batalhão da PM, responsável pela área.

Por meio de nota a Itapemirim lamentou o acidente. A empresa disponibilizou um telefone exclusivo para os familiares das vítimas que funciona 24h por dia. As últimas informações dão conta que entre os feridos existem duas mulheres que permanecem em estado grave. Elas estão internadas em um hospital de Teófilo Otoni e já foram submetidas a procedimentos cirúrgicos.

Municípios têm até esta quinta-feira para entrar no Mapa Turístico da Bahia


38c91d07968bc304c02b1412e563c7e07c14aea4

Cidades baianas que desejam ser mantidas ou inseridas no mapa turístico brasileiro têm até esta quinta-feira (20) para enviar documentação à Secretaria do Turismo do Estado (Setur). Realizado pelo Ministério do Turismo (MTur), com apoio da Setur, o mapeamento fornece subsídios para o desenvolvimento de políticas públicas de gestão, estruturação e promoção dos destinos.

Para que o município tenha o potencial turístico avaliado, as prefeituras precisam enviar documentação específica para a Superintendência de Serviços Turísticos da Setur, que validará as informações e as enviará ao ministério. Após análise do MTur, que envolve avaliação de desempenho econômico, o novo mapa turístico será divulgado em setembro. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (71) 3116-4143.

A documentação exigida inclui comprovante da existência de um órgão municipal de turismo, a exemplo da lei municipal para criação da secretaria ou superintendência. Dotação orçamentária para ações de turismo é outro fator indispensável.

Caixa Econômica vai demitir mais de 5 mil funcionários


caixa-1

Caixa Econômica Federal reabriu um programa de demissão voluntária extraordinário (PDVE) e espera que a adesão alcance 5.480 empregados, apurou oEstadão/Broadcast.

Na iniciativa anterior, encerrada em março, o banco teve a adesão de 4.645 funcionários em um contingente de 30 mil pessoas elegíveis. A expectativa da Caixa, em seu PDVanterior, era alcançar 10 mil empregados. Como não chegou ao número, o banco optou por reabrir o programa.

Ao final de março, a Caixa contava com 101.505 funcionários, considerando estagiários e aprendizes. Somente empregados diretos do banco eram 91.128. Desta vez, o período de adesão ao programa de demissão voluntária começa nesta segunda-feira, 17 de julho e vai até o dia 14 de agosto.

Com isso, o desligamento dos funcionários que aderirem ao PDV deve ocorrer de 24 de julho a 25 de agosto, conforme informações de documento enviado aos gestores do banco e obtido pelo Estadão/Broadcast.

Vídeo: Mulher coloca fogo no carro do marido após flagrá-lo com outra


Uma mulher colocou fogo no carro do marido, em Araguaína, região norte do Tocantins, neste domingo (16), depois de flagrá-lo com outra mulher, que seria sua amante. De acordo com a Polícia Militar, o carro ficou destruído.

A PM informou que o homem foi agredido pela companheira, porém, ele não registou ocorrência da agressão, apenas do incêndio no veículo. Segundo a polícia, a mulher não foi detida.

Em um mês, 51 mortes foram registradas nas estradas do Espírito Santo


aciesd1-1200x545_c

A combinação da imprudência dos motoristas com uma malha rodoviária majoritariamente antiquada, sem condições mínimas de segurança, fez com que, nos últimos 30 dias, 51 pessoas perdessem a vida nas vias que cortam o Espírito Santo – tanto as federais quanto as estaduais. Uma tragédia chamada trânsito. Foram quase duas mortes por dia, em um Estado que tem a quarta menor extensão territorial do país.

É fato que o número é expressivo por ter ocorrido, neste período, o maior acidente das estradas do Espírito Santo na história, em 22 de junho, envolvendo um ônibus da Águia Branca, um caminhão e duas ambulâncias. Só nesta ocorrência foram 23 mortes. Mas também é fato que ter havido outras 28 vítimas registradas em um intervalo tão curto de tempo é igualmente alarmante.

No levantamento feito fica claro que o problema agrava-se nos finais de semana. Só neste, foram nove mortes. No anterior, outras cinco.

Segundo o Balanço 2016 da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Espírito Santo, somente as BRs 101 e 262 somam mais de 85% das mortes ocorridas nas estradas. As tradicionais causas dos acidentes são excesso de velocidade, ultrapassagem proibida ou forçada e o consumo de álcool, de acordo com o órgão.

Nas duas rodovias, há diversos trechos batizados como “curvas da morte”. Está no Estado também o trecho de rodovia federal mais perigoso do Brasil: entre o km 260 e o 270 da BR 101, que fica na Serra e corta bairros como Carapina, Laranjeiras, Jardim Limoeiro e José de Anchieta. O perímetro que é o nono mais perigoso também é capixaba: entre o km 290 e o km 300 da BR 101, entre Cariacica e Viana.

Enquanto isso, os capixabas esperam a promessa de duplicação das BRs 101 (concedida, desde 2013, à Eco 101) e 262 (mantida pelo Dnit), que, em meio a irregularidades, burocracia em excesso e um jogo de empurra, não saem do papel. (Informações: A Gazeta)

979,00 R$: Congresso aprova novo salário minimo para 2018


dinheiro-8

Após concluir a votação dos vetos presidenciais, deputados e senadores aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que estabelece as prioridades e metas orçamentárias do governo para o ano que vem.

O texto, que segue para sanção presidencial, mantém a meta fiscal proposta pelo governo e prevê para 2018 deficit primário de R$ 131,3 bilhões para o conjunto do setor público consolidado (que engloba o governo federal, os estados, municípios e as empresas estatais).

Esta será a primeira LDO a entrar em vigor após aprovação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos Públicos, que atrela os gastos à inflação do ano anterior, por um período de 20 anos.

De acordo com o parecer do relator, Marcus Pestana (PSDB-MG), aprovado pelo Congresso, a aplicação do Teto dos Gastos nas depesas primárias (obrigatória e discricionária) teve um aumento de cerca de 3% (ou um incremento de aproximadamente R$ 39 bilhões), que corresponde à correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado entre julho de 2016 e junho de 2017.

Entenda a LDO

A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.

O texto prevê o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 e aumenta a meta de déficit primário (Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União) do governo federal para o ano que vem, de R$ 79 bilhões para R$ 129 bilhões. Estatais federais terão como meta o deficit de R$ 3,5 bilhões – nos estados e municípios, a projeção é de superavit de R$ 1,2 bilhão.

Os números não consideram uma eventual aprovação da reforma da Previdência.

A LDO prevê ainda, para o ano que vem, crescimento real da economia brasileira de 2,5%, taxa básica de juros (Selic) em 9%, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,5% no ano e dólar a R$ 3,40 no fim do período.

Caso os números apresentados pelo governo na PLO se confirmarem, o ano de 2018 será o quinto consecutivo de deficit primário. Os saldos negativos contribuem para o crescimento da dívida do governo.

Com a aprovação da LDO, o Congresso pode entrar em recesso, que começa no dia 18 e vai até 31 de julho. É a primeira vez em três anos que os parlamentares aprovam a Lei de Diretrizes Orçamentária no primeiro semestre.

Chuvas continuam agravando a BA-284 – Nova Alegria/Itamaraju



 

Se por um lado as constantes chuvas que caem nos últimos dia é muito bem-vinda, visto que estamos passando por uma preocupante crise hídrica, para quem precisa se locomover na BA-284 na região de Jucuruçu e Itamaraju tem sido um verdadeiro pesado. As estradas estão em condições inapropriadas para tráfego, causando prejuízos e transtornos a motoristas e passageiros que usam a rodovia.

Enquanto a obra de pavimentação da BA não se inicia, os morados ficam submetidos as condições do clima local, que nos últimos dias tem contribuído para o agravamento das estradas, o que vem rendendo imagens nas redes sociais.