Bloco de granito cai de caminhão na BR 101, em Viana-ES


granitod-1200x545_c

Um bloco de granito se desprendeu de um caminhão e caiu no acostamento da BR 101, próximo ao trevo de Viana. O acidente aconteceu na madrugada desta quinta-feira (30), por volta das 4h30. Com o impacto, o asfalto foi quebrado em dois pontos.

Segundo a ECO 101, o caminhão – que saiu de Cariacica com destino ao Rio de Janeiro – foi realizar a curva, quando o bloco se desprendeu e caiu na pista. O motorista não ficou no local e seguiu a viagem.

O trânsito no sentido Domingos Martins x Vitória foi desviado. Mas, apesar do acidente, o trânsito segue com um pequeno engarrafamento na região. (Com informações da TV Gazeta)

Rui celebra R$ 81 milhões em convênios com 187 municípios


ruimad2-1200x545_c

Convênios e ordens de serviço voltados para diversas áreas, como saúde, esportes, agricultura e recursos hídricos, foram assinados pelo governador Rui Costa e prefeitos de 187 municípios baianos na tarde desta segunda-feira (27). No auditório da sede da União dos Municípios da Bahia (UPB), em Salvador, mais de 300 pessoas acompanharam a assinatura dos documentos, que reúnem recursos superiores a R$ 81 milhões.

Os convênios vão garantir melhorias no abastecimento de água, agricultura familiar, desportos, desenvolvimento rural, pavimentação de estradas e ruas, ambulâncias e equipamentos de saúde, bem como a construção de 12 vilas olímpicas em batalhões da Polícia Militar. “Cada assinatura foi pensada em parceria com os prefeitos, visando sempre dar melhores condições aos baianos. Quando esse acordo é feito com a boa vontade das duas partes, tudo fica mais fácil e até mais barato”, afirmou Rui.

Signatário de um convênio que vai garantir um trator para o município, o prefeito de Central, Uilson Monteiro, ressalta que “neste momento difícil, é importante essa ligação direta com o Governo do Estado, que sempre olha para o interior da Bahia”.

Saúde em foco

Além dos convênios, o evento foi marcado por uma série de entregas. O rastreamento do câncer de mama e do colo do útero ganhou uma importante aliada: a carreta do Hospital da Mulher. A unidade móvel, que vai percorrer todo o território estadual, possui dois consultórios ginecológicos e um mamógrafo.

A carreta vai disponibilizar os exames no colo do útero e na mama, a fim de detectar a doença, que nas duas partes do corpo é responsável pela morte de aproximadamente 30 mil mulheres por ano, no Brasil. Caso seja identificada alguma anormalidade, uma biópsia será realizada e, se necessário, a paciente segue para a retirada do tumor no Hospital da Mulher, no Largo de Roma, na capital.

Com o veículo, será possível realizar 160 preventivos e 80 mamografias por dia. As pacientes dos municípios pelos quais a carreta irá passar poderão conferir o resultado com agilidade, visto que os laudos são entregues em até 15 dias. “O atendimento na unidade móvel é idêntico ao oferecido em um consultório tradicional”, assegura o diretor-geral do Hospital da Mulher, Marco Antônio Andrade.

Além da carreta do Hospital da Mulher, o governador entregou 31 ambulâncias comuns e outras nove do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que irão atender a população de municípios distribuídos por diversas regiões do estado.

Mais entregas

No campo da agricultura e pecuária, quatro tratores com implementos agrícolas foram repassados a quatro municípios. A Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) também foi beneficiada, recebendo 34 novos veículos, que serão utilizados em 25 cidades baianas.

Diversas autoridades, entre elas deputados federais e estaduais, além do vice-governador e secretário do Planejamento do Estado, João Leão, e os senadores Otto Alencar e Lídice da Mata marcaram presença. Estiveram presentes ainda os secretários estaduais da Saúde, Fábio Vilas-Boas; de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues; de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto; do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Olívia Santana; de Desenvolvimento Urbano, Jusmari Oliveira; da Agricultura, Vitor Bonfim; e de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Carlos Martins.

Fotos: Mateus Pereira/GOVBA

Teixeira: Prefeito passa por cirurgia e senador refuta gravidade de procedimento


temod1-1200x545_c

O prefeito de Teixeira de Freitas, Timóteo Brito (PSD), deve voltar ao cargo ainda nesta semana após ter sido internado em São Paulo. A informação foi passada pelo presidente do PSD na Bahia, senador Otto Alencar (que também é médico).

Antes, circulou rumores de que Timóteo Brito teria se submetido a um procedimento de maior gravidade. “Conversei com ele [Timóteo], nesta segunda, de manhã, e ele está bem. Querem matar meu amigo Timóteo, mas ele continua bem”, brincou.

Segundo Otto, Timóteo se submeteu a uma cirurgia de hérnia inguinal, procedimento realizado pelo urologista Miguel Srougi, no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista. A alta de Timóteo deve ocorrer em poucos dias. (Informações: Bahia Notícias)

Número de mulheres vítimas de abuso sexual e violência doméstica crescem no Brasil


mud-1200x545_c

Juliana* Silva, órfã de pai e mãe, de 29 anos, cresceu envolta ao sonho de construir uma família. Conheceu Paulo*, seu ex-marido, ainda nova, durante as brincadeiras de bola no bairro em que morava com o irmão e o avô, Valparaíso, Goiás. No início do namoro, Juliana teve indícios de que o namorado era um homem agressivo, durante um pequeno desentendimento. Porém, passados alguns dias, o casal fez as pazes e Juliana manteve o relacionamento. “Ele dizia que me amava e queria uma família. Eu acreditei. No entanto, sempre que havia algum tipo de rusga, ele dizia que eu o irritava com indagações sem sentido. Passei a me anular, já não havia diálogo na relação, me calei. Mas mantive o casamento, por acreditar que o amor prevaleceria”, contou.

Foram nove anos de pequenas discussões seguidas de agressões por parte de Paulo. Após a gravidez, Juliana acreditou que o marido se tornaria um homem compreensivo. Enganou-se. Com o nascimento da filha do casal, Paulo tornou-se um homem intolerante ao extremo. As agressões físicas eram uma rotina familiar. Nem a presença da pequena Lilian* (filha do casal), de três anos, era motivo de intimidação para Paulo. Segundo Juliana, a relação já estava abalada.

O estopim foi um sábado, em meados de março de 2016, quando Paulo chegou em casa alcoolizado, ao retornar mais tarde de um dia de trabalho. Juliana o indagou sobre o atraso e foi recebida aos tapas. Ao tentar defender-se do marido, ele passou a esmurrar Juliana, que não resistiu e caiu desacordada. “Acordei de uma série de agressões com um balde de água gelada no rosto. Ouvia a voz da minha filha chorando lá no fundo. Achei que ia morrer ali. Quando consegui me recuperar, ele começou a me bater novamente. Um tempo depois ele cansou e dormiu bêbado, como se nada tivesse acontecido. Eu me deitei com o corpo todo dolorido e uma tristeza sem fim. Eu me sentia um lixo”, disse.

Após o ocorrido, a vida de Juliana virou um terror. Ela conta que não dormia com medo do esposo, que a ameaçava constantemente para que ela não o denunciasse. “Certa vez, tive um corte profundo na perna. Não fui ao hospital por medo de descobrirem a agressão. O pior foi quando ele resolveu forçar relações sexuais comigo. Ele dizia que eu devia aceitar, pois eu era a esposa dele. É claro que eu deixava e ao fim chorava pelos cantos”, afirmou. No entanto, o relacionamento já estava ruim. Paulo, que já traía Juliana, um dia partiu para agressões físicas na rua, ao ela se deparar com ele e a amante. Neste dia, Paulo foi preso. “Quando o levaram para a delegacia, ganhei minha vida de volta”, desabafou. Porém, o fantasma da violência ainda paira sob a vida de Juliana, que nunca deixou de ter medo do ex-marido. Atualmente ele responde as agressões em liberdade.

Números da violência

A história de Juliana reforça a triste estatística de mulheres vítimas de violência doméstica e sexual. No Brasil, a cada hora, são 503 vítimas de agressão física, segundo o Datafolha. No DF, houve um crescimento substantivo das vítimas de violência no ultimo ano. Dados da Secretaria de Segurança Pública do DF mostram que, até o mês de Outubro, foram registrados 97 estupros, contra os 56 casos do ano passado. Destes, 64 vítimas eram meninas com idade entre 10 e 14 anos.

Segundo a secretária-adjunta da Mulher, Igualdade Racial e dos Direitos Humanos do Distrito Federal, Márcia de Alencar, 72% dos casos acontecem dentro da própria casa da vítima. “Sabemos que, em 93% dos casos, a vítima tem vinculo com o agressor. Estamos falando de uma violência que é intrafamiliar, que está diretamente ligada à banalização da cultura de violência contra a mulher”, explicou.

No sábado,  dia 25 de Novembro, o Orange Day chama para o Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher. No GDF, foi lançada a campanha “Meninas, Mulheres & Respeito”, que conta com atividades nas cidades do entorno. Houve também o lançamento do Aplicativo Viva Flor, ferramenta que pretende auxiliar no combate aos casos de violência contra a mulher. Segundo a secretária adjunta da mulher, a proposta é chamar a sociedade para os vários fatores que determinam as agressões às mulheres, por pessoas do sexo masculino, que inclui companheiros, pais e parentes próximos. “Estamos tentando responsabilizar o agressor, que passa por um processo de conscientização ao receber punição da justiça. Eles são acompanhados, no sentido de compreender o efeito nefasto da sua conduta e, assim, poder ressignificar a sua relação com o feminino”, definiu Márcia.

Hoje, existem três números para denúncias de violência contra mulheres: o disque 100, voltado para meninas vítimas de abuso e exploração sexual. Além do 180, para casos de violência doméstica. Aos moradores do Distrito Federal, discar 156, opção 6. (Por Karenina Moss)

Em nota de pesar, Ifba divulga lista de vítimas de acidente na BR-324


csm_26112017_acidente_3_br-324_funcionarios_ifba_7f7b537453

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) divulgou nota oficial sobre oacidente que vitimou uma servidora e deixou outros funcionários feridos na tarde deste domingo (26), na BR-324, em São Sebastião do Passé, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

A van, que pertence ao Ifba, era ocupada por 11 servidores, que se dirigiam para os Jogos dos Servidores, em Simões Filho, também na RMS.

A servidora Francineide de Sá Nascimento morreu no local do acidente. Em agosto do ano passado, ela havia sido promovida. Deixou o cargo de assistente de diretor de Administração e passou a diretora de Administração e Pagamento do Campus Paulo Afonso.

Segundo o Ifba, os feridos foram encaminhados para o Hospital do Subúrbio, em Salvador, e para o Hospital de Simões Filho. “Permanecem internados Luan Philipe Herculano Braz, Celso Melo Araújo e Ivone Gonsalves dos Santos. Os demais ocupantes do veículo foram atendidos e liberados”, diz a nota.

“O IFBA lamenta profundamente o ocorrido, ao tempo em que, informa que está prestando assistência às vítimas, bem como, aos seus familiares”, conclui o comunicado.

Uma fonte do Ifba, que preferiu não se identificar, informou que psicólogos da instituição foram deslocados para o Sesi, de Simões Filho, sede do evento, para atender vítimas do acidente, que ficaram traumatizadas.

Uma funcionária de uma empresa que prestaria serviços durante os Jogos dos Servidores informou que o evento não deve mais ocorrer. “A coordenadora do SESI responsável pelo evento dessa semana no SESI Simões Filho acabou de me avisar que o evento dia 26, 27 e 28 está cancelado devido a um acidente trágico com a delegação de Paulo Afonso que participaria desse evento”, dizia a mensagem recebida pela funcionária. No entanto, a decisão final só sairia após uma reunião na noite deste domingo.

Van capotada levava 11 servidores do Ifba de Paulo Afonso (Foto: Divulgação/SSP

Resgate

Um helicóptero do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar foi usado no resgate dos feridos mais graves, entre eles, um homem e uma mulher, que foram socorridos para o Hospital do Subúrbio pelo helicóptero Guardião 05.

“Encaminhamos as duas vítimas mais graves para o Hospital do Subúrbio, unidade mais próxima do acidente. Ficamos felizes em poder salvar vidas”, contou o tenente Edson, comandante da aeronave.

A van envolvida no acidente – modelo Peugeot Boxter, placa NZQ 5687 –, é de propriedade do Governo Federal, e, segundo uma fonte do Ifba, que preferiu não se identificar, o veículo levou uma fechada de um caminhão, o que teria provocado o acidente.

Confira a lista de ocupantes da van:

Arleno José de Jesus
Celso Melo Araújo
Francineide de Sá Nascimento
Ivone Gonsalves dos Santos
João de Pontes Belo
Josinaldo Manoel Cardoso
Linsmar Vinícius de Santana Luz
Luan Philipe Herculano Braz
Marcus Vinícius Magalhães Lima
Micael Siqueira Silva
Wagner da Silva Teixeira
Linsmar Vinícius de Santana Luz
Luan Philipe Herculano Braz
Marcus Vinícius Magalhães Lima
Micael Siqueira Silva
Wagner da Silva Teixeira

VÍDEO: Prefeito filmado recebendo propina é preso e levado para o presídio


O prefeito da cidade de Campo Grande – Alagoas, Arnaldo Higino Lessa, preso pelo em flagrante pelo Mistério Público nesta sexta feria (24), recebendo propina, já foi encaminhado para uma cela do Sistema prisional de Alagoas depois de passar por exames de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) em Maceió. O gestor foi preso em flagrante em uma operação do Ministério Público de Alagoas (MPE/AL) recebendo propina. Segundo o MPE, o dinheiro era fruto de esquema entre a Prefeitura e uma empresa cujo nome não foi revelado.

O gestor municipal começou a ser investigado após denúncia do desvio de recursos públicos e benefícios que chegavam em notas frias adquiridas. O valor total recebido pelo prefeito ainda não foi contabilizado, mas há provas de que pelo menos R$ 500 mil já teriam sidos retirados dos cofres públicos.

Segundo o procurador geral de justiça Alfredo Gaspar de Mendonça, o prefeito já vinha sendo investigado pelo MP  “O Ministério Público já fazia o acompanhamento da ação criminosa e na manhã desta sexta-feira tivemos a oportunidade de flagrar o prefeito recepcionando o dinheiro ilícito. No esquema, ele estava sendo contumaz ao receber notas frias e em troca se beneficiar com o valor total de cada uma delas”, declara o procurador-geral.

Conforme Alfredo Gaspar, o prefeito responde num primeiro momento por corrupção passiva e, possivelmente, organização criminosa, mas há ainda uma segunda denúncia em desfavor de Arnaldo Higino.

“Temos denúncias de fatos paralelos a esse crime e com o Ministério Público já existem provas materiais de outros delitos cometidos pelo prefeito Arnaldo Higino. O que ocorreu nesta manhã é o desdobramento do combate permanente da instituição que já vem agindo em mais de doze municípios, pedindo diversas prisões e medidas cautelares em desfavor de agentes públicos e não somente dos gestores municipais, a exemplo de secretários, vereadores, entre outros”, ressalta.

O chefe do Ministério Público reforçou o compromisso da instituição em defesa dos direitos da sociedade, repudiando quaisquer ação ilícita que cause prejuízos direta ou indiretamente ao cidadão.

“Não vamos, de forma alguma, permitir que o povo seja maltratado pela irresponsabilidade e pelos crimes cometidos por pessoas que foram escolhidas como seus representantes. Elas têm a obrigação de ser honestas, respeitar a sociedade e administrar dentro dos princípios da legalidade”, conclui o procurador-geral.

Flagrante

Para flagrar o prefeito recebendo propina, um empresário da cidade se dispôs a colaborar com as investigações do Ministério Público. Na manha desta sexta-feira, equipes do Grupo de Combate Estadual às Organizações Criminosas (Gecoc), e do Gaesf, comandadas diretamente pelo procurador-geral de Justiça, interceptaram mais uma negociação criminosa, na qual o prefeito receberia o valor de R$ 10 mil.

No entanto, conforme depoimento do colaborador, outros valores mais altos que chegaram até R$ 300 mil, já haviam sido repassados ao chefe do Executivo de Campo Grande.

Após a prisão, o prefeito foi levado ao Instituo Médico Legal (IML), onde fez exame de corpo de delito, de lá seguiu para a sede do MPE/Al, no bairro do Poço, onde foi ouvido pelo procurador-geral de Justiça e pelo delegado Felipe Caldas. Durante as oitivas ele esteve acompanhado por dois advogados. Terminada a sessão de oitivas, durante toda a tarde, Arnaldo Higino foi levado para o presídio Baldomero Cavalcanti.

Motociclista morre ao se chocar contra eucaliptos em Linhares-ES


eucad1-1200x545_c

Um homem morreu ao colidir a moto que conduzia contra eucaliptos às margens da ES 245, em Linhares, Norte do Espírito Santo. O acidente foi registrado pela Polícia Militar às 16h30 desta quinta-feira (23), no quilômetro 12, localidade de Chapadão do 15.

De acordo com o boletim policial, Elton Vargas de Alvarenga, 27 anos, conduzia sua Honda CG no sentido Linhares – Rio Bananal. Ao passar pelo quebra-molas, perdeu o controle do veículo e chocou-se de frente com os eucaliptos. O motociclista morreu no local.

O corpo foi levado para o Serviço Médico Legal de Linhares. A moto da vítima foi liberada para familiares. (Informações: A Gazeta)

Polícia Militar apreende 85 quilos de maconha em Arraial d’Ajuda


oiten

Porto Seguro: 85 quilos de maconha foram apreendidos pela Polícia Militar, nesta terça-feira (21), no distrito de Arraial d’Ajuda, litoral sul de Porto Seguro. A droga, segundo o comandante do 8º Batalhão, major Anacleto França, foi localizada dentro de uma casa na Rua das Águias.

O dono da droga resistiu à abordagem policial e conseguiu fugir. “O identificamos, posteriormente, pois, ao escapar, ele deixou para trás um documento pessoal”, afirma o major, acrescentando que o suspeito já está sendo procurado.

Mulher encontra recém-nascido dentro de lixão


aba9cd63cc105bd7cbf5ade305f9a02a359331a8

Na noite deste sábado, 18 de novembro, uma mulher identificada como Carol Aquino, que é mãe de um bebê, encontrou outro bebê de apenas 3 dias de nascido dentro de um lixão na Rua do Pilão, bairro Brasília, em Feira de Santana.

Carol informou que achou que o choro que ela estava escutando era do seu filho. Mas, depois ela percebeu que o choro vinha do lado de fora a sua casa. Carol seguiu o choro e encontrou a criança no lixão.

O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, prestou os primeiros socorros e encaminhou o recém-nascido, um bebê do sexo masculino para o HEC (Hospital Estadual da Criança). O bebê foi atendido e passa bem. 

A polícia civil está investigando para identificar a mãe da criança.