Jovem é executado com tiros de pistola Ponto 40 em bairro da região central de Teixeira de Freitas


vargasd-1200x545_c

Na tarde desta terça-feira, dia 7 de março, após informações através do telefone 190, policiais da 87ª Companhia Independente de Teixeira de Freitas (CIPM), deslocaram-se à Rua Aurelino J. de Oliveira, no Vila Vargas, bairro da região central da cidade, onde depararam-se com um jovem morto vítima de disparos de arma de fogo.

Em seguida os próprios militares trataram de repassar o ocorrido à Polícia Civil e ao Departamento de Polícia Técnica (DPT).

A vítima foi identificada como Uagdon Oliveira dos Reis, o “U”,de 22 anos de idade, que residia na Rua Laranjeiras, no Bairro Tancredo Neves. No corpo do jovem foram notadas diversas perfurações, sendo no tórax, pernas,  costas, cabeça e braços. Próximo ao corpo os peritos Danilo Bastos e Danilo Mattos, do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT) e responsáveis pela perícia de local, recolheram cinco estojos e quatro projéteis calibres Ponto 40, além de um projétil amassado que aparentava ser de calibre 38.

Segundo moradores próximos que foram ouvidos pelo delegado Manoel Andreeta, titular da Polícia Civil no município de Teixeira de Freitas e autoridade responsável pelo levantamento cadavérico, dois elementos numa moto e usando capacetes aproximaram-se da vítima que caminhava na via pública e começaram a efetuar os disparos em sequência, característicos de arma automática. Logo depois os criminosos fugiram em alta velocidade.

Após o levantamento cadavérico e perícia de local, foi autorizada a remoção do corpo ao IML de Teixeira de Freitas, para exames de necropsia. Autoria e motivação do assassinato são desconhecidas e o fato da vítima supostamente não possuir envolvimento com coisas erradas, intriga ainda mais a polícia. (Por Ronildo Brito)

Consumidores pagarão R$ 1,1 bilhão a mais nas contas de luz


energ

Uma decisão publicada na última sexta (3) vai obrigar o consumidor brasileiro a pagar mais R$ 1,1 bilhão nas contas de luz em 2017. O valor equivale aos Contratos de Confissão de Dívidas da Eletrobras, que serão incluídos no orçamento de 2017.

Esses contratos se referem às dívidas que a Eletrobras tem com fornecedoras de combustível usado em usinas termelétricas que geram energia para regiões do Norte do país, que ainda não tem a rede nacional de transmissão de energia. O dinheiro que abastece esse fundo vem dos consumidores.

Mulheres são presas furtando lojas em Itabela; uma já cumpriu pena em Teixeira de Freitas


tresd1-1200x545_c

Foram presas pela Polícia Militar de Itabela, Juliana Silva Prates, de 27 anos, Luci Dayane Dias Limeira, 26 e Simone Novais de Oliveira, 18, apontadas como autoras de um furto de roupas em um estabelecimento comercial da cidade. As três foram detidas, segundo a polícia, quando tentavam implementar um segundo furto, também contra uma loja de roupas no centro de Itabela.

Conforme os policiais militares responsáveis pela ação, as três mulheres, após serem presas, foram apresentadas à Delegacia da Polícia Civil de Itabela (DEPOL), juntamente com os materiais recuperados. De acordo com a polícia, uma delas já cumpriu pena por tráfico de drogas na cidade de Teixeira de Freitas.

Com as três acusadas foram apreendidas diversas peças de roupa adultas que tinham sido furtadas da loja Bela Dona, localizada na Avenida Santos Dumont, no centro da cidade. Na saída da Uni, segunda loja furtada, as três, que residem em Eunápolis, acabaram sendo abordadas e presas. (Por Ronildo Brito)

Ônibus da Brasileiro derrapa e por pouco na cai em ribanceira na BA-283


brad.-1200x545_c

Um ônibus da empresa Brasileiro, que fazia o transporte de passageiros na rodovia BA-283, entre Itabela e Guaratinga, saiu da pista na tarde da última quarta-feira, dia 22 e por pouco não desceu uma ribanceira. O ônibus seguia para o povoado de São João do Sul.

De acordo com informações do motorista, ele tentou desviar de um veículo que vinha na contramão e por conta do lamaçal acumulado no acostamento da rodovia, o veículo derrapou e saiu da pista. O ônibus não desceu a ribanceira porque ficou seguro por uma cerca.

Ninguém se feriu e os passageiros seguiram viagem em outro ônibus da mesma empresa. (Informações: Estevão Silva)

Cavalo e cavaleiro morrem após serem atingidos por carreta na BR-101, entre Teixeira de Freitas e Itamaraju Cavalo e cavaleiro morrem após serem atingidos por carreta na BR-101, entre Teixeira de Freitas e Itamaraju


cavalod-1200x545_c

Na madrugada deste último sábado, dia 25 de fevereiro, o motorista de uma carreta, placa ETU-7850, licenciada em São José dos Campos-SP., foi surpreendido por um homem montado em um cavalo na rodovia BR-101, próximo à Fazenda Café Norte Agrícola, em território de Itamaraju e mesmo tendo sido alertado pelos sinais de faróis de outros veículos que também trafegaram no mesmo trecho, acabou não entendo e o atropelamento foi inevitável.

Com o forte impacto da batida o cavaleiro acabou sendo arremessado, enquanto o cavalo caiu debaixo do eixo traseiro do veículo. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), esteve no local, chegou a prestar os primeiros atendimentos, mas a vítima acabou não resistindo e veio a óbito

Logo depois, com ajuda de um serviço de guincho, a carreta foi removida. A Polícia Rodoviária Federal (PRF), informou que o animal sofreu vários ferimentos e também não resistiu.

O corpo do cavaleiro foi removido ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML), onde aguarda identificação para posterior realização da necropsia. (Da redação TN)

CARNAVAL: VEJA A PROGRAMAÇÃO DESTA SEXTA FEIRA EM PRADO


Prefeitura Municipal de Prado, através da Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura, divulgou a programação desta sexta-feira (24), o início da segunda parte do carnaval 2017 do Prado.

De acordo com a divulgação, tem atrações na praia, bloco de carnaval infantil e mais shows durante a noite, no Trio Carreta Me Leva e no Palco da Praça de Eventos no centro da cidade. Fique atento à programação:

programacao-sexta-feira-do-carnaval-de-prado

 

Aneel aprova indenizações a elétricas e prevê impacto médio de 7,2% nas tarifas


chove-menos-e-conta-de-luz-volta-a-ter-cobranca-de-taxa-extra-em-novembro-1477988616640_615x300

A diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou, nesta terça-feira (21), aumentar a receita das empresas transmissoras de eletricidade para quitar cerca de R$ 54,4 bilhões em indenizações devidas a elas pela União desde o final de 2012, quando elas aceitaram renovar antecipadamente contratos de concessão em condições propostas pelo governo.

Na época, a então presidente Dilma Rousseff prometeu indenizar as elétricaspor investimentos ainda não amortizados em troca de um novo contrato com forte corte de tarifas para impulsionar a indústria e o consumo, mas uma definição sobre o pagamento efetivo das compensações foi sendo adiada por anos –em parte, justamente, devido ao enorme impacto tarifário.

Indenizações têm juros e correção financeira

A interminável discussão sobre as indenizações também desagradou investidores, que praticamente desapareceram dos leilões para concessão de novos projetos de transmissão entre 2013 e 2016, quando o governo publicou uma portaria que prometia começar os pagamentos neste ano.

Essa demora ajudou a piorar o problema, uma vez que as indenizações contam com direito a correção financeira, como juros.

Conta ficou para o consumidor

Além disso, a previsão original era de que as compensações fossem quitadas com um fundo do setor elétrico criado especialmente para isso, a Reserva Global de Reversão (RGR), mas outros usos já drenaram os recursos dessa conta e levaram o governo a optar pelo repasse às tarifas.

“Isso era para ter sido pago em 2013, e não foi pago. O fato de não ter sido pago naquela época imputou um valor para o consumidor, que não teve nenhuma gestão na decisão de pagar ou não pagar”, disse o diretor da Aneel Reive Barros, responsável pelo processo sobre as compensações na reguladora.

Ele disse que o valor original das indenizações é de R$ 19,2 bilhões e que outros R$ 35,2 bilhões serão pagos somente em componentes financeiros devido ao adiamento.

Pagamento em oito anos

Os pagamentos às elétricas começarão em julho e se estenderão por oito anos, com os recursos sendo arrecadados por meio de um encargo cobrado nas contas de luz para remunerar a atividade de transmissão de energia.

A Aneel estimou que a alta nesse encargo deverá ter um impacto médio de 7,2% no momento dos reajustes tarifários das distribuidoras neste ano, embora outros itens possam pesar para cima ou para baixo nas tarifas.

Entre as principais empresas beneficiadas pelas indenizações estão subsidiárias da Eletrobras, a privada Cteep e as estaduais Cemig e Copel.

Indústria ameaça ir à Justiça

O alto valor das indenizações foi alvo de pesadas críticas por parte da indústria eletrointensiva, representada pela associação Abrace, que participou da reunião da Aneel nesta terça-feira e ameaçou ir aos tribunais para evitar um forte aumento de custos com os pagamentos.

“Parece que estamos sendo induzidos a ir à Justiça, que é o que não se quer, sequer temos um advogado contratado, mas parece que o caminho é esse”, lamentou o presidente da Abrace, Edvaldo Santana.

O dirigente, que era diretor da Aneel na época em que o governo Dilma prometeu reduzir as tarifas, em 2012, não poupou ataques ao resultado das medidas tomadas à época e disse que sempre se posicionou contra o caminho adotado pelo governo.

Já a Abrate, associação que representa as empresas de transmissão, comemorou a decisão da Aneel.

“São valores devidos. A segurança jurídica reposiciona-se com esse ato. Questionar a legitimidade das indenizações é questionar o direito dos fatos, o direito líquido e certo de recuperar os investimentos realizados”, disse o presidente da entidade, Mário Miranda.

(Por Luciano Costa, de São Paulo)

Vídeo: Mulher flagra marido em bar com outra e bate nos dois; assista


As redes sociais foram tomadas nesses dias pelo vídeo de uma briga generalizada nas dependências de um bar. Nas imagens, registradas pelas câmeras de segurança do estabelecimento, um homem e duas mulheres estão sentados em uma mesa, quando são surpreendidos por uma terceira mulher, que seria a esposa do rapaz, e a confusão é iniciada.
O caso aconteceu no último domingo (19), conforme data registrada no vídeo, mas ainda não se sabe o local do ocorrido. No vídeo, é possível ver outros homens, que seriam seguranças do bar, tentando encerrar a briga, mas o “quebra-quebra” continua

Vídeo: Homem é atingido por pneu perto de rodovia em MG


Roberto Carlos Fernandes, de 50 anos, foi atingido na cabeça por um pneu que se soltou de um veículo na BR-381, em Ipatinga (MG), na última sexta-feira (17). O momento foi registrado por uma câmera de segurança.

Nas imagens é possível ver o homem caminhando ao lado de uma mulher, quando o pneu cruza a rua, bate no asfalto e atinge a cabeça do homem, que vai ao chão com o impacto. Em seguida, outras pessoas se juntam para ajudar o homem.

Levado para o Hospital Márcio Cunha, o homem continua internado nesta terça-feira (21), porém seu estado de saúde não foi informado devido a pedido da família.

O carro ao qual o pneu pertence não foi identificado. O item foi apreendido pela polícia

ITAMARAJU | Após demora em atendimento, mãe de criança flagra médica em rede sociais no celular


Uma situação coloca em cheque a capacidade de fiscalização, além da falta de respeito diante de uma portaria, aceita pela população com aplausos.

A direção do Hospital Municipal de Itamaraju demonstra não possuir autoridade sob os funcionários da instituição, tendo que utilizar de subterfúgios de uma portaria publicada a menos de 10 dias, mas descumprida na primeira oportunidade.

Itamaraju-in-celular1

Recentemente o hospital vem aparecendo com grande freqüência nos meios de notícia da cidade, sempre com situações que apontam ingerências.

Uma internauta registrou uma nova situação e utilizou das redes sociais para disseminar a informação, onde uma profissional da saúde, que jura solenemente cuidar e salvar vidas acima de tudo, trocando o atendimento por um momento nas redes sociais.

“Gostaria de compartilhar neste (18 de fevereiro) que estive com a minha filha no HMI, me deparei com várias mães com seus filhos que estavam quase na mesma situação que minha filha, fiz a ficha para ser atendida e depois de 40 minutos esperando fui tentar saber o pq a minha filha não tinha sido chamada para passar pela triagem e varias pessoas chegaram depois e tinham passado, ai veio a surpresa a técnica de enfermagem simplesmente sumiu a ficha da minha filha o engraçado é que ela já tinha uns 20 minutos batendo papo com uma outra funcionária ai fiz outra ficha e 2:40 que eu estava ali aguardando para ser atendida sendo que a Minha filha estava com 39 graus de febre e nada da medica chamar… quando fui chamada para aguardar no pronto Socorro infantil me deparei com outra cena de mais crianças passando mau e a médica estava sentada no consultório 39 com uma celular na mão batendo papo, enquanto estávamos ali com crianças precisando de Socorro médico. Só mais um detalhe, a médica relatou não ter razão para passar um remédio para a criança, pois apenas estava com 39 de febre e depois de esperar 5 horas pra ser atendida ela me fala q ñ vai passar nem um paracetamol”. Desabafou a cidadã Itamarajuense Ingrid Docílio.

Com base nos fatos, ligamos para o Hospital municipal de Itamaraju, falamos com a atendente “Vera”, que nos forneceu o telefone do diretor da unidade. No entanto, tentamos  contato  por várias vezes, mais não tivemos êxito.