Torcedores dizem que viraram sócios do Vasco de graça para votar em Eurico


RJTV conversou, com exclusividade, com dois torcedores que votaram na eleição para presidente do Vasco, que é investigada com suspeita de fraude. Os dois são vascaínos de coração, mas nunca pagaram uma mensalidade do clube.

Dizem que ganharam o direito de votar de presente, com a contrapartida de votarem em Eurico Miranda. Revelam também que um ex-candidato a vereador de Magé, que é flamenguista, captava torcedores do município e, irregularmente, os tornava aptos a participarem do pleito.
Otávio dos Santos Pires foi um dos eleitores designado para votar na urna 7, que teve 90% dos votos para a chapa do atual presidente, Eurico Miranda. A disputa muito acirrada nas outras urnas levantou suspeita sobre a 7.
A oposição, então, foi à Justiça para tentar anular a eleição, que terminou com 2.111 votos para Eurico e 1.975 votos para o seu concorrente, Júlio Brant.

PHOTO JORNALISMO / Com informações de RJTV 

Prado realiza 8ª Copa de Handebol.


torneio_de_handebol_de_prado_em_2016-2-696x288

 

Desportistas de várias cidades do extremo sul baiano participaram do Torneio de Handebol em Prado. O evento aconteceu neste final de semana e reuniu atletas de várias partes.

Os jogos foram disputados na Quadra Poliesportiva do bairro São Sebastião. A Copa de Handebol de Prado, em 2016 realizada em sua 8ª edição, atrai times de várias cidades. Os jogos aconteceram na fase de mata-mata, classificando os melhores. A final aconteceu neste domingo (14).

torneio_de_handebol_de_prado_em_2016-4-960x420 torneio_de_handebol_de_prado_em_2016-7-1019x420 torneio_de_handebol_de_prado_em_2016-8-887x420

 

primeiro jornal

Rio 2016: após ganhar medalha, judoca da Bélgica briga com recepcionista de hotel


IMAGEM_NOTICIA_5 (1)

O judoca belga Dirk Van Tichelt se envolveu em uma confusão e foi à delegacia poucas horas depois de ganhar a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. De acordo com o jornal Extra, ele discutiu com o recepcionista do Hotel Best Western, em Copacabana. Segundo informações do 19º BPM (Copacabana) e do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTUR), o atleta tentou entrar no hotel para procurar uma garota de programa que teria roubado o seu celular. Em depoimento à polícia, o recepcionista afirmou que deu um soco no olho do judoca depois que foi puxado pelo colarinho. Van Tichelt foi atendido em uma UPA e depois foi à delegacia prestar queixa.