Vereadores lamentam confusão entre PM e Jovens no último Sábado dia 18.


Na noite desta terça feira dia 21 de março foi realiza mais uma sessão na câmara de vereadores de Prado.

Todos os 11 vereadores estiveram presente e fizeram seus requerimentos verbais.

O primeiro a falar na tribuna foi o Vereador Professor Hilton que iniciou sua fala mostrando bastante preocupação com a avenida atlântica que fica no fundo do colégio Anísio Teixeira.

Segundo o vereador, vem acontecendo muitos acidente no local e pediu para que a prefeitura construa um quebra molas para evitar que os alunos ou pedestres tenham mais segurança ao passar pelo local. Uma vez que os motoristas reduziram a velocidade ao passar pelo local.

jose-hilton-vereador-em-prado

O Vereador Professor Boloca em suas solicitações pediu que o poder executivo construa 2 quebra molas na Avenida Antônio Gonçalves Lima localizado no bairro São Brás, A troca de 2 lâmpadas nos postes da rua tancredo neves no mesmo Bairro.

Pediu também que seja reativados os campeonatos municipais e que a agricultura familiar seja inserida na merenda escolar.

professor-boloca-vereador-em-prado

Parentes e amigos lotaram o plenário da Câmara de Vereadores do Prado para pedir justiça ao caso dos dois jovens atingidos por disparos de arma de fogo, durante operação com dois policiais lotados no 3º Pelotão do Prado e jovens que utilizavam uma carretinha de som, na Praça de Eventos, no centro da cidade.

plenario-lotado-pedindo-justiça-em-prado-696x326

Com faixas e cartazes, os familiares pediam medidas duras na apuração do caso ocorrido durante a noite do último sábado (18). Os dois jovens foram atingidos – um na perna e outro na região da virilha. Ambos foram socorridos em unidades da rede municipal de saúde do Prado e depois transferidos para hospital da cidade de Teixeira de Freitas.

Todos os vereadores que subiram na tribuna lamentaram o conflito ocorrido entre a PM e os jovens.

O vereador Jorginho disse que os vereadores estão tristes e lamenta profundamente o ocorrido. Ainda finalizou dizendo que a câmara sempre vai está ao lado do povo para ajudar no que for preciso.

Veja em primeira mão uma entrevista com o Vereador Prefessor Boloca

 

Polícia Civil da cidade do Prado elucida Homicídio


Por volta do meio-dia dessa quarta-feira (22), na cidade do Prado, um adolescente identificado como Caio Henrique Costa, foi morto a golpes de pauladas.

a5cbea55-c9fd-46ab-8b38-40a05476b761

A Polícia Civil esteve no local, levantou algumas informações e iniciou diligências pela cidade. Os Investigadores conseguiram chegar a um adolescente, também de 16 anos, que já era desafeto da vítima, contudo esse adolescente negou qualquer envolvimento e apontou o envolvimento de um maior de idade, para quem a vítima supostamente deveria um valor como divida de drogas, sendo esse maior de idade localizado e conduzido até a Delegacia.

IMG-20170322-WA0274

A equipe da Polícia Civil não satisfeita, e mediante algumas contradições nas primeiras oitivas informais, efetuou outras diligências, inclusive na residência do menor de idade, investigado como Autor, onde conseguiram encontrar a mochila de escola usada por ele e nessa, foi detectada a presença de uma mancha de sangue.

IMG-20170322-WA0273

Com a localização dessa mochila e retornando a Unidade da Polícia Civil onde estsva recolhido o Adolescente Infrator na presença dos irmãos, ele acabou por confessar o crime, inclusive dando a motivação, ou seja, Vingança, porque na data de ontem tinha sido ameaçado de morte e tinha recebido panadas de facão desferidas pela vítima (Caio) Assim, mediante as provas a Polícia Civil elucidou esse crime em menos de duas horas após o seu cometimento.

O adolescente infrator foi encaminhado para a Unidade da 8ª Coordenadoria de Polícia, aonde ficará à disposição do Ministério Público até determinação de sua medida Sócio-Educativa.

Prado: Menor é morto a pauladas na praia do Novo Prado


Prado: O menor identificado como C. H. Ferreira Costa (16 anos), foi morto a pauladas no início da tarde desta quarta-feira (22), na praia do Novo Prado. De acordo com informações da Polícia Militar, o adolescente já era um velho conhecido da polícia pela prática de vários atos infracionais.

a5cbea55-c9fd-46ab-8b38-40a05476b761

Ainda segundo informações, populares acionaram a polícia depois que encontraram o corpo no local. A polícia informou que próximo ao corpo foi encontrado pedaços de madeiras, que podem ter sido usados para assassinar o rapaz. Seu rosto estava desfigurado.

Após ter matado o jovem, os criminosos fugiram tomando destino ignorado. O corpo do adolescente será removido para o IML – Instituto Médico Legal, de Itamaraju.

PradoNoticia

Apresentado à imprensa acusado de matar cabeleireiro teixeirense


assad-1200x545_c

A polícia Civil apresentou na manhã desta terça-feira (21) os participantes da tentativa de homicídio contra o investigador de polícia Roberto Avelino e também da morte do cabeleireiro Wamevo Santos. O policial foi baleado na tarde de segunda-feira (20), na Serra-ES., enquanto atuava na investigação de outro crime.

Foram presos Welinton de Souza Barbosa, de 22 anos e André Jânio de Souza, de 24 anos. Além disso, estão foragidos os irmão gêmeos Douglas Coutinho da Silva e Danilo Coutinho da Silva, de 18 anos.

De acordo com a polícia, Welinton de Souza Barbosa é o autor do disparo que matou o cabeleireiro baiano Wamevo Santos Cardoso no último dia 15, em Manguinhos, e também assaltou um casal no dia 11, em Carapebus.

As prisões foram realizadas por policiais da Divisão de Crimes Contra o Patrimônio, sob coordenação do delegado titular Jordano Leite e do delegado Fabiano Rosa. Welinton de Souza Barbosa vai responder pelos crimes de tentativa de homicídio; latrocínio e roubo majorado. Os outros três vão responder por tentativa de homicídio. Todos os detidos serão encaminhados para o Centro de Triagem de Viana.

assad1

Segundo a Polícia Civil, o investigador Roberto Nunes Avelino, 57 anos, e um colega buscavam informações sobre os autores do latrocínio (roubo seguido de morte) do cabeleiro Wamevo Santos Cardoso, ocorrido no último dia 16, em Manguinhos.

O tiroteio aconteceu quando os policiais entraram na Rua Rouxinol. “Os dois estavam em uma viatura descaracterizada quando se depararam com um grupo de indivíduos envolvidos com o tráfico de drogas. Houve troca de tiros e um dos disparos atingiu o nosso policial”, contou o delegado-chefe da Divisão de Segurança Patrimonial (DSP), Jordano Bruno Leite.

A viatura, um Astra de cor preta, foi atingida por dois disparos no para-brisa. Avelino, como é conhecido na corporação, estava no carona do veículo. Ele e o colega saíram da viatura e revidaram os disparos. Um dos bandidos também foi baleado, mas conseguiu fugir.

Avelino foi ferido por um tiro no peito, que perfurou o pulmão e também atingiu o coração. O outro policial civil, que não se feriu, colocou o investigador na viatura e o levou para o Hospital Jayme Santos Neves.

Ao dar entrada no hospital, o policial sofreu uma parada cardíaca. A equipe médica conseguiu reanimar Avelino. Em seguida, ele foi levado para o centro cirúrgico. Até a noite desta segunda-feira (20), o estado de saúde dele era considerado grave, segundo amigos. (Informações: A Gazeta)

‘Esperando um milagre’, diz mãe de menina sumida há 2 meses


milag

A mãe de Gabrielly Gomes Santana, de 7 anos, desaparecida quando brincava na porta de casa, em Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, há dois meses sofre com o sumiço da filha, que segue sem explicação. A criança foi vista pela última vez no dia 21 de janeiro, no bairro Gabriela, e o paradeiro da menor é desconhecido.

“[A polícia] disse que não divulga informações para não atrapalhar a investigação. A gente fica na expectativa, que aumenta a cada dia. A gente confia em Deus, esperando um milagre”, apela Jeisa Costa Gomes, que é mãe ainda de outros dois meninos.

Um homem que inicialmente era suspeito do crime chegou a ser preso 11 dias após o sumiço, mas após realização de perícias, a polícia descartou a participação dele, que foi solto. O coordenador da Polícia Civil em Feira de Santana, João Uzzum, responsável pelo caso, disse que não tem informações sobre a localização da garota e continua investigando o desaparecimento.

O sentimento de esperança da mãe de Gabrielly é o mesmo da avó materna da menina, Maria da Glória Costa Gomes, que estava em casa quando a garota sumiu. A avó morava com a menor desde que a criança tinha dois anos, porque a mãe da garota trabalha.

“Nenhuma resposta chegou até hoje. A gente não tem nenhuma explicação de como ela sumiu. A polícia não dá notícia nenhuma para ninguém da família. A gente fica com a esperança de que vão trazer [ela] de volta, mas não dão notícia nenhuma para a gente”, reclama.

Desaparecimento: Logo após o sumiço, Maria havia relatado que a neta sempre brincava na porta de casa com as amiguinhas, mas que no dia do sumiço, brincava sozinha. “Eu fiquei de olho nela, mas em um momento fui lavar o banheiro e disse: ‘não saia daí, não vá na casa de ninguém’. Quando saí na porta, não a encontrei e fui na casa das vizinhas que ela costuma brincar. Quando cheguei, as crianças estavam dormindo e, em algumas casas, a família nem estava. Foi aí que vimos que ela tinha desaparecido. Estamos desesperados”, contou a avó.

Ainda segundo a avó da criança, uma testemunha relatou ter visto um carro rondando a região no dia do desaparecimento. De acordo com Maria, assim que a menina sumiu, ela e a mãe da criança foram à delegacia registrar a ocorrência. Os pais de Gabrielly são separados, mas o pai é presente na rotina da criança e a guarda é compartilhada.

Fonte: G1

“Fala Fina” morre durante confronto com a RONDESP Sul no interior de Itabela


falad-1200x545_c

No início da noite desta terça-feira, dia 21 de março, uma ação de policiais militares do Batalhão de Rondas Especiais (RONDESP Sul) em Monte Pascoal, distrito pertencente ao município de Itabela, terminou em uma troca de tiros, a qual um indivíduo, considerado de alta periculosidade, acabou morrendo durante o confronto.

Trata-se de Audimar Serafim, o “Fala Fina”, de 35 anos de idade, que residia na Rua Paraguai, no Bairro Tancredo Neves, em Teixeira de Freitas. “Fala Fina” havia sido preso pela última vez em outubro de 2016 por investigadores da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), juntamente com outros dois comparsas, acusados de tráfico de drogas. Em setembro de 2014, segundo a polícia, “Fala Fina”, também tinha sido preso em uma operação da polícia capixaba, com farto armamento e munições.

Após a troca de tiros ocorrida em Monte Pascoal, a RONDESP socorreu Audimar ao Hospital Municipal de Itabela, onde ele acabou não resistindo e veio a óbito. Outras diligências ainda estão em curso, pois a polícia possui a informação que outros comparsas de “Fala Fina” estariam agindo em Monte Pascoal e na própria cidade de Itabela. (Por Ronildo Brito)

Guarnição da 89ª CIPM prende traficante com 63 pedras de crack


pedrasd-1200x545_c

Na tarde desta última segunda-feira, dia 20 de março, após denúncia anônima, policiais da 89ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), prenderam Fábio Silva de Oliveira, morador do Bairro Triângulo Leal, em Itabatã, distrito de Mucuri, flagrado em posse de 63 pedras de crack e R$ 110,00 em espécie, dinheiro que segundo a polícia seria proveniente do tráfico de entorpecentes.

O acusado foi preso no momento em que saía para vender a droga, sendo que naquele instante estava apenas com três pedras de crack. Questionado o mesmo confessou que o restante da droga estava guardada na casa da própria mãe.

Logo depois que o restante das pedras de crack foi encontrada, Fábio recebeu voz de prisão e acabou apresentado à Subdelegacia da Polícia Civil de Itabatã, onde permanece à disposição da Justiça. (Por Ronildo Brito)

TRAGÉDIA: Bandidos matam aluna com 12 tiros durante treinamento em academia


Criminosos levaram pânico entre alunos de estabelecimentos no interior da Bahia

15871936_935182206616924_5718710597006368935_n

Uma academia de ginástica da pequena cidade de Catu, na Bahia, viveu cenas de horror na última quinta-feira (16). No local uma das alunas que estava treinando no período noturno foi alvejada com 12 tiros, levando pânico aos frequentadores e aos moradores das proximidades.

A vítima tinha 18 anos de idade, e morava no município, localizado a 85 quilômetros de capital, Salvador. De acordo com o que foi apurado até o momento, dois homens pararam uma motocicleta na porta do estabelecimento, invadiram o prédio e já saíram atirando diretamente no alvo com pistolas automáticas.

Testemunhas contam que não foi possível reconhecê-los, pois eles não tiraram o capacete.

17362684_1205596189539727_6381445579692795302_n

A academia chama-se Max Fitness e a vítima era Diná Carvalho da Silva. Ela tinha chegado no local havia meia hora e estava malhando em um do aparelhos de musculação quando foi atingida. Os alunos que estavam presentes contaram em depoimento que ouviram os gritos dos dois assassinos ordenando que os alunos largassem os aparelhos e imediatamente deitassem no chão com as mãos na cabeça.

Os comandos foram cumpridos e havia o sentimento geral de que os marginais estavam assaltando o estabelecimento. No entanto, vários tiros foram disparados para desespero geral. Testemunhas viram quando a dupla se dirigiu diretamente à Diná e abriu fogo. Baleada nas costas e em várias partes do corpo a vitima morreu na hora e os dois bandidos fugiram rapidamente,

Tudo aconteceu tão rápido que não houve tempo de anotar a placa da motocicleta. Minutos depois, a #Polícia chegou para preservar o local para perícia, enquanto outros agentes seguiram em diligências para tentar localizar os assassinos.

Ainda não há pistas concretas que levem à identificação e localização dos mesmos. Segundo as investigações preliminares, a vítima tinha boas relações com várias alunos e profissionais da academia. Entretanto, era vista como inimiga de traficantes locais por manter amizade com alguns policiais da cidade.

O corpo da jovem foi levado na quinta-feira mesmo para o Departamento de Polícia Técnica de Alagoinhas.

garota-tinha-apenas-18-anos-de-idade_1217101

Jovem é presa com 30 kg de maconha dentro de mala em ônibus na Bahia


Flagrante ocorreu na BR-116, no trecho da cidade de Vitória da Conquista.
Segundo suspeita, mulher relatou que destino da maconha era Salvador.

apreensao_maconha

Uma jovem de 22 anos foi presa em flagrante com 30 quilos de maconha dentro de uma mala durante abordagem a um ônibus no Km-830 da BR-116, trecho do município de Vitória da Conquista, região sudoeste do estado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a prisão ocorreu na noite de segunda-feira (20).

O ônibus fazia a linha Campinas/SP X Salvador/BA, quando os policiais realizaram fiscalização no veículo e nos passageiros. Ao verificarem o compartimento de cargas, foram encontrados, dentro de uma mala, aproximadamente 30 kg de maconha. A passageira de 22 anos assumiu a propriedade da droga e relatou que o recebeu na rodoviária de São Paulo.

A jovem disse que ganharia uma quantia em dinheiro para transportar a maconha até Salvador. Após o flagrante, a mulher foi detida e encaminhada com a droga para a delegacia de polícia judiciária local, onde responderá por tráfico de entorpecente.

 

21 de Março é o dia Internacional da Síndrome de Down


zdiamundial

O Dia Internacional da Síndrome de Down é celebrado anualmente em 21 de março.

A data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários, o seu bem-estar e a inclusão dos portadores de Down na sociedade.

A Síndrome de Down não é uma doença, mas sim uma mutação do material genético humano, presente em todas as raças.

Os motivos para a ocorrência da Síndrome de Down ainda são desconhecidos, mas o que se sabe é que começa na gestação, quando as células do embrião são formadas com 47 cromossomos, sendo que o normal seriam 46 cromossomos.

Origem do Dia Internacional da Síndrome de Down

O Dia Internacional da Síndrome de Down é celebrado em 21 de março (21/03), fazendo alusão aos 3 cromossomos no par número 21, característico das pessoas portadoras da Síndrome de Down.

A data foi escolhida pela Down Syndrome International, através da ideia do geneticista Stylianos E. Antonarakis, da Universidade de Genebra.

O Dia Internacional da Síndrome de Down está no calendário oficial da Organização das Nações Unidas, sendo comemorado pelos 193 países-membros da ONU.

Atividades para o Dia Mundial da Síndrome de Down

O principal objetivo da celebração desta data é de informar e conscientizar as pessoas sobre o que é a Síndrome de Down. Para isso, escolas e instituições aproveitam para promover algumas atividades, como:

  • Palestras sobre a Síndrome de Down;
  • Peças de teatro com pessoas portadoras da Síndrome;
  • Workshops para os pais das crianças com Síndrome de Down;
  • Campeonatos esportivos entre os portadores da Síndrome.
  • Caminhada ou corrida solidária para divulgar as campanhas de formação da criança com Síndrome de Down.Combate ao Racismo